João Pinheiro em Mação de trás para a frente!

O Campeonato de Portugal de Kartcross 2024 teve o seu início, no passado fim-de-semana, em Mação, um circuito sempre muito exigente tecnicamente onde, as ultrapassagens, são sempre difíceis de concretizar. 

Com a chuva a marcar presença esporádica durante todo fim-de-semana, João Pinheiro, o piloto albicastrense da JCP Racing, não tinha tarefa fácil no arranque da temporada, numa lista de 20 inscritos, e frente ao vasto público que marcou presença no Circuito da Bela Vista.

E o sábado começava mesmo da pior forma para João Pinheiro, logo nos Treinos Cronometrados. Com um problema elétrico no La Base RX01, que o obrigaria a parar à terceira volta, sem possibilidade de marcar um bom tempo, e o deixava à partida, para a primeira corrida de qualificação, na posição 15 da geral.

A posição alcançada, colocava João Pinheiro na série A, na primeira corrida de qualificação, junto com os pilotos da nova divisão 2, e o campeão em título. Sabendo que, recuperar da posição onde se encontrava, não seria tarefa fácil, o piloto não baixou os braços, recuperando posições, e alcançando a posição 11 da geral, o que o deixava partir mais confortável na série A para a segunda corrida de qualificação.

Partindo atrás do detentor da pole position, o jovem João Pinheiro saía, da sempre difícil luta da primeira curva, na segunda posição, o que lhe permitiu rodar mais rápido, com menos tráfego, e entrar na terceira corrida de qualificação no quarto lugar da geral.

Seria na terceira, e derradeira, corrida de qualificação, que João Pinheiro mostraria toda a garra, enquanto piloto, e a potencialidade do La Base RX01. Debaixo de chuva intensa, com o piso bastante escorregadia, o resultado alcançado, P3 na sua série, colocava o piloto na segunda posição para a final.

Já na final, com o piso ainda muito escorregadio, e com um arranque menos bem conseguido, João Pinheiro tinha pela frente a difícil missão de ter que se defender na primeira curva, ao mesmo tempo que tinha que evitar cometer erros. De cabeça fria, e com os olhos postos na frente da corrida, piloto e máquina fariam uma corrida brilhante e taticamente bem executada, com a ida a Joker Lap no momento certo, sem cometer qualquer erro. Não obstante a pequena falha no arranque, seria este bom andamento e gestão tática que permitiam a João Pinheiro terminar o fim-de-semana na quarta posição da geral e na terceira posição da Divisão 1. É esta última o foco real do piloto, dada a diferença de andamento revelado nesta primeira ronda do Campeonato.

As atenções viram-se agora para Montalegre, onde, sob a batuta do Clube Automóvel de Vila Real, se organiza a segunda ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross, já nos dias 25 e 26 de maio. Até lá, recuperam-se piloto e carro, para garantir o melhor desempenho possível, com o objetivo de garantir os melhores resultados possíveis.

Scroll to Top

Newsletter

Subscreva a Nossa Newsletter e fique a par de todas as notícias, sobre o desporto motorizado.

Newsletter