user_mobilelogo
Chegou ao fim na Arábia Saudita a edição 2021 do Rali Dakar. Depois de 12 etapas concluídas e mais de 8000 quilómetros percorridos, o "Sr. Dakar" Stephane Peterhansel venceu pela 14ª vez a grande maratona.

Temos o prazer de anunciar que André Villas-Boas treinador do Olympique de Marseille fará uma parceria com o vencedor do WRC2 Monte-Carlo de 2020 e membro do #C3Rally2Family Eric Camilli, para a edição de 2021 do Rally Monte-Carlo com o objetivo de aumentar a consciencialização a favor de causas humanitárias.
Com o apoio da Citroën Racing, a equipa “Race For Good” de André Villas-Boas correrá na categoria WRC2 com o Citroën C3 Rally 2.

O ano de 2020 foi completamente atípico em todas as áreas de atividade e o automobilismo e karting não foram exceção. A não realização de provas e campeonatos pôs à prova a resiliência de todos aqueles que fazem da modalidade um modo de vida.

Terminou hoje em Jeddah, Arábia Saudita, o Rali Dakar 2021. Depois de mais de 8000 quilómetros percorridos, em 12 etapas, a dupla Ricardo Porém - Jorge Monteiro terminou a prova organizada ela ASO na 20.ª posição da Geral.

Tendo iniciado a sua participação no Campeonato de Montanha em 2019, Francisco Milheiro desde cedo revelou-se com um piloto rápido, e se assim pensou, assim concretizou, pois logo no ano seguinte, isto é, em 202, sagrou-se Campeão na sua categoria.

Sobre a época de 2020, o piloto de Vila Real começou por nos dizer “ O ano de 2020, no que concerne ao meu percurso automobilístico foi relativamente diminuto. Participei meramente em duas  provas distintas, a Rampa Porca de Murça 2020 e o Campeonato de Portugal Velocidade Legends prova de Portimão, ambas ao volante do Toyota Corolla Gti 1.6 (AE92) da Brivelsport. Da Rampa Porca de Murça 2020, destaco o excelente desempenho do Toyota Corolla, esta prova foi pautada por alguns contratempos e terminou com um trágico acidente, não havendo lugar a qualquer classificação. Na minha primeira participação no Campeonato de Portugal Velocidade Legends de 2020 ao volante do Toyota Corolla Gti 1.6 (AE92) da Brivelsport no autódromo de Portimão, considerei uma experiência muito fascinante. O carro em circuito, é empolgante e apresentou um desempenho linear e robusto nos diferentes contextos em que competiu. Após estas duas participações, face à pandemia que assolou o nosso país e o mundo, não foi exequível participar nas restantes provas.”

Sem dúvida alguma que a época do Campeonato Portugal de Montanha  JC Group de 2020, foi do mais curto que José Pedro Gomes  participou ao longo da sua  carreira como piloto.