user_mobilelogo

Aos 21 anos, Kalle Rovanperä tornou-se o mais jovem vencedor de sempre nas 55 edições do Vodafone Rally de Portugal. Na (elogiada) prova do ACP, o prodígio finlandês voltou a mostrar toda a sua classe: ganhou pela terceira vez consecutiva no WRC e reforçou a candidatura a mais jovem campeão mundial de sempre, pois tem agora 46 pontos de avanço sobre Thierry Neuville. Elfyn Evans, vencedor em Portugal no ano passado, confirmou a dobradinha da Toyota, marca que chega ao sétimo triunfo em solo luso. Num rali com emoção até ao último quilómetro, Dani Sordo garantiu o derradeiro lugar do pódio para a Hyundai, enquanto Armindo Araújo (Skoda) voltou a ser o melhor português.

Os pilotos do Team Hyundai Portugal estiveram em destaque nesta edição do Rally de Portugal, culminando com a vitória da dupla Ricardo Teodósio/José Teixeira na quarta prova da temporada do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR).

A cidade de Águeda receberá já no próximo fim-de-semana toda a caravana, para mais uma jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Enduro 2022. Inserido nesta competição, o troféu monomarca GasGas Portugal contará desta forma com a sua quarta ronda pontuável - última de um dia. Com organização a cargo do experiente ACTIB - Águeda Action Club, antevê-se mais uma grande prova para esta temporada.

Fantástica estreia da Super Especial de Coimbra no Vodafone Rally de Portugal, com uma multidão a vibrar com o espetáculo proporcionado pelos melhores pilotos e mais competitivos carros da modalidade. No plano desportivo, a cidade do Mondego coroou Thierry Neuville (Hyundai i20 N) como o primeiro líder da 55ª edição da prova organizada pelo ACP, enquanto Armindo Araújo (Skoda Fabia) foi o melhor português. Mas o espetáculo estendeu-se, também, às exibições dos carros que marcaram a história do WRC nos últimos 50 anos, com destaque para os saudosos ex-Grupo B e para o desempenho de pilotos como Walter Röhrl ou dos mais improváveis André Villas Boas e Filipe Albuquerque.

  • A dupla do Citroën Vodafone Team apresenta-se no Vodafone Rally de Portugal com dois objetivos distintos: por um lado discutir os lugares de topo da jornada pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis 2022; por outro, lutar pelo sempre apetecível lugar de “Melhor Equipa Portuguesa” naquele que é o rali nacional de maior prestígio, pontuável para o WRC.
  • Em termos de estrutura do CPR, José Pedro Fontes e a sua navegadora Inês Ponte têm pela frente um percurso total de 589,02 quilómetros, integrando 9 Especiais que, no seu conjunto, traduzem 124,73 quilómetros cronometrados. Esta secção corre-se entre quinta e sexta-feira, representando a quarta prova do Nacional de Ralis 2022.
  • Depois, a dupla do Citroën C3 Rally2 com as cores da Citroën e da Vodafone, patrocinador principal do rali, irão continuar em prova, lutando pelos melhores tempos com o restante plantel internacional da categoria Rally2, ao longo das etapas de sábado e domingo. No total, a dupla lusa pretende cumprir a totalidade de um percurso de 1.522,89 quilómetros, com 21 Especiais e 338,34 quilómetros cronometrados.

Por muitos, tida como a “Festa dos Ralis” por excelência no nosso país, atraindo uma moldura humana fora do comum, o Vodafone Rally de Portugal é, por isso, diferente dos demais ralis nacionais, quanto mais não seja pelo facto de ser uma jornada do calendário do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC). Tal dá-lhe um cunho especial face a outros eventos, igualmente importantes, que se realizam no nosso país, seja na vertente Continental ou nas Regiões Autónomas dos Açores e Madeira e que, à sua dimensão, merecem também destaque pelo trabalho das respectivas organizações.

Já na sua segunda metade da época desportiva os campeonatos nacionais de mini-enduro e enduro chegam já no próximo fim‑de‑semana à carismática cidade de Águeda, aquela onde se realizou o primeiro enduro na era FNM/FMP. Com apenas um dia de duração a prova organizada pelo ACTIB poderá ser decisiva no que ás contas do cameonato diz respeito, sendo que ficarão ainda a faltar mais dois dias de competição a realizar em Valpaços no próximo mês.

  • Hyundai i20 N Rally2 afinados para as 22 classificativas

É com otimismo e grande determinação que o Team Hyundai Portugal vai encarar o Rally de Portugal, a prova portuguesa do Campeonato do Mundo, com os seus Hyundai i20 N Rally2 conduzidos pelas duplas de pilotos Ricardo Teodósio/José Teixeira e Bruno Magalhães/Carlos Magalhães.