user_mobilelogo

Conceito inovador e sistemas de tração integral estrearam em 1997
Em 1997, a Volvo Cars estreava no modelo V70, um sistema de tração integral AWD - All-Wheel Drive.
Para a marca sueca, este sistema representava, acima de tudo, uma questão de segurança pois, para além de proporcionar dinâmica de condução, oferecia mais estabilidade e maior controlo em quaisquer condições de piso ou de meteorologia.

  • Rio Tinto junta-se aos quatro espaços da marca neste distrito. 
  • A MIDAS volta a expandir a sua rede com a abertura de uma nova e imponente oficina no distrito do Porto, desta vez em Rio Tinto.
  • A MIDAS oferece aos visitantes um diagnóstico em 80 pontos e 20% de desconto em Peças, Revisão e MIDAS Go*.

A partir de dia 7 de março, Rio Tinto passou a poder contar com a presença da MIDAS. Esta oficina veio reforçar a presença da líder mundial de manutenção automóvel multimarca no Norte do país, juntando-se às quatro oficinas que já soma só no distrito do Porto.

  • Sete novos VE conectados suportam plano de vendas superior a 600.000 unidades VE por ano até 2026
  • A Ford vai introduzir três novos veículos elétricos (VE) de passageiros e quatro novos veículos comerciais elétricos na Europa até 2024; planeia vender mais de 600.000 veículos elétricos na região até 2026
  • Esta dinâmica VE na Europa apoia a aceleração do plano Ford+ e a meta global de produção anual de 2 milhões de VE até 2026 e 10% da margem operacional (EBIT) ajustada pela companhia até 2026
  • Espera-se, agora, que a produção planeada de VE em Colónia, na Alemanha, atinja os 1,2 milhões de veículos ao longo de seis anos, com um investimento total de 2 mil milhões de dólares
  • Em complemento, a Ford assinou hoje um Memorando de Entendimento (MoE) não vinculativo com a SK On Co., Ltd. e a Koç Holding para criar, na Turquia, uma das maiores instalações de produção de baterias para veículos comerciais da Europa
  • Aumento da capacidade em termos de veículos elétricos e comerciais, com a Ford Otosan JV a assumir a propriedade das operações de fabrico da Ford na Roménia, operação sujeita às regulamentares aprovações e análises
  • Em conjunto, estas iniciativas irão ajudar a Ford a alcançar zero emissões em todas as vendas de veículos e a neutralidade carbónica sua infraestrutura europeia de instalações, de logística e de fornecedores até 2035 
  • A oferta da Opel já inclui doze versões eletrificadas
  • Oferta elétrica para toda a gama de veículos comerciais ligeiros
  • Versão eletrificada de cada modelo até 2024, puramente elétrica na Europa até 2028
  • Os sucessores do Opel Crossland e Insignia também serão elétricos a bateria
  • Opel Vivaro-e HYDROGEN com tecnologia de pilha de combustível já em utilização com clientes
  • Novo Opel Manta com motor puramente elétrico até meados da década
  • Produção de baterias de elevada performance na giga-fábrica da ACC em Kaiserslautern, a partir de 2025
  • A Opel foi pioneira na mobilidade elétrica na Europa com o Ampera e Ampera-e

A Opel está a tornar-se uma marca puramente elétrica. Até 2028, o fabricante de automóveis sediado em Rüsselsheim terá feito a transição de toda a sua gama de produtos para motores puramente elétricos. Presentemente, a Opel já oferece uma abrangente seleção de modelos eletrificados, podendo os clientes encomendar doze variantes eletrificadas – desde o pequeno Opel Rocks-e até ao grande furgão de transporte Movano-e. Uma nova proposta elétrica a bateria seguir-se-á até meados da década na nova interpretação do Opel Manta. Também os sucessores do Opel Crossland e do Opel Insignia serão elétricos e, portanto, livres de emissões.

• Jaehoon Chang, CEO da Hyundai Motor, revelou o plano e as estratégias de eletrificação da empresa durante o CEO Investor Day 2022;

• Hyundai tem como objetivo vender 1.87 milhões de BEVs por ano até 2030, reforçando a sua gama através da introdução de 17 novos modelos BEV – 11 dos quais da marca Hyundai;

• Hyundai Motor está a considerar a criação de uma nova unidade de produção dedicada a BEVs, de forma a aumentar a capacidade de produção e dar resposta à alta procura por BEVs;

• Estratégia global de baterias da Hyundai passa por maximizar a eficiência das baterias de iões de lítio e desenvolver tecnologias para baterias de próxima geração;

• Hyundai quer reforçar a competitividade nos BEVs através de capacidades de hardware e software, introduzindo uma Integrated Modular Architecture (IMA) em 2025 e destinando 8.9 mil milhões de euros ao aumento da competitividade do software em áreas como a conectividade e a condução autónoma;

• Hyundai prevê investir mais de 71 mil milhões de euros em negócios futuros até 2030, estando cerca de 14.5 mil milhões de euros reservados para a eletrificação;

• Hyundai prevê atingir 10% ou mais da margem de lucro operacional através de BEVs. Numa base consolidada, visa assegurar uma margem de lucro operacional de 10%; • Jaehoon Chang, CEO da Hyundai Motor, reforçou a aposta no progresso sustentável, através da competitividade do hardware e sofware em EVs.
A Hyundai Motor Company revelou o plano estratégico para acelerar os seus objetivos ligados à eletrificação, à medida que trabalha no progresso sustentável da empresa.
O Presidente e CEO, Jaehoon Chang, assim como outros executivos, apresentaram os planos a acionistas, investidores e outros stakeholders no fórum virtual ‘CEO Investor Day 2022’. Foram também revelados os objetivos de vendas e desempenho financeiro para 2030.

• Hyundai IONIQ 5 vence comparativo da revista alemã Auto Zeitung;
• O midsize CUV 100% elétrico supera outros SUV’s/CUV’s da Kia, Tesla, Polestar e Mercedes;
• Esta vitória soma-se a outras inúmeras conquistas que o Hyundai IONIQ 5 obteve desde o seu lançamento, incluindo sete distinções Car of the Year.

O Hyundai IONIQ 5 venceu comparativo, da revista alemã Auto Zeitung, com a pontuação mais alta. O midsize CUV 100% elétrico alcançou os 3.2 22 pontos mais 44 pontos que o Kia EV6 que alcançou o 2º lugar.

SCLogin

SCSocial Find Us

JFBC Social Share