user_mobilelogo
Recorde-se que este novo porta-estandarte da Mazda iniciou, oficialmente, a sua comercialização em Portugal no passado mês de Setembro, altura em que começaram a chegar aos salões dos Concessionários Mazda as primeiras unidades, entregues aos clientes que, meses antes (a partir de Fevereiro), o haviam pré-encomendado, uma carteira que, desde então, continua a registar um gradual crescimento.
“É com enorme orgulho que inscrevemos o nosso novo Mazda CX-60 PHEV como candidato a ‘Carro do Ano 2023’ em Portugal”, refere Luis Morais, Director Geral da Mazda Motor de Portugal. “Trata-se de um automóvel que, pelas suas características premium, permite colocar a Mazda num patamar muito representativo do que tem para oferecer em termos de conteúdos e de tecnologias, ao mesmo tempo que nos permite, pela primeira vez, lutar pelas vendas no crescente mercado plug-in híbrido”.
No domínio das vendas deste que é o primeiro de dois novos modelos, do denominado grupo dos Grandes Produtos da Mazda a serem gradualmente introduzidos na Europa ao longo dos próximos dois anos, “o Mazda CX-60 PHEV tem cumprido com os objectivos que definimos quando delineámos a sua estratégica para o nosso mercado, permitindo-nos, não só expandir a nossa oferta no chamado segmento da moda, dos SUV, como, também, iniciar a nossa oferta no crescente sub-segmento das propostas PHEV.”
“As vendas do modelo têm sido muito promissoras, contribuindo para reforçar a nossa oferta e que, até à data, se estendia do Mazda2 ao Mazda CX-5, modelos que o mercado reconhece e que há alguns anos a esta parte fazem parte do nosso catálogo, sendo comercializados através da nossa Rede de Concessionários Mazda”, acrescenta este responsável.
A belíssima história do Mazda CX-60 teve início em 2019
Aquando do Mazda Global Technology Forum, realizado em Oslo, em 2019, no canto da sala de conferências expunha-se um chassis para um veículo de grandes dimensões, elemento que causou uma enorme agitação entre os participantes. A presença de engenheiros japoneses e a sua disponibilidade para entrevistas com os meios de comunicação social levaram à conclusão de que a Mazda tinha um futuro muito interessante pela frente.
Passados cerca de dois anos, a Mazda desvendava um novo SUV topo de gama a um grupo de convidados seleccionados, demostrando a validade dessa mesma conclusão, modelo que sublinhava uma mensagem abrangente – “Crafted in Japan” – que enaltecia, em simultâneo, as suas origens e o cuidado artesanal com que havia sido concebido. Ainda não mostrado ao público, o novo Mazda CX-60 já registava um parecer positivo entre as partes interessadas, o prenuncio de se tornar num automóvel de sucesso, confiantes de que os clientes o iriam adorar.
“A sua estreia mundial ocorreria em Março deste ano, de imediato seguida pela possibilidade de se encomendar o novo CX-60 PHEV, modelo que, como era expectável, gerou um enorme interesse por parte do público”, acrescenta Luis Morais. “Hoje, passados pouco mais de oito meses, esta nova proposta regista já mais de 20.000 unidades comercializadas, das quais 57 em Portugal, em linha com as expectativas iniciais definida para estes últimos meses de 2022 para o nosso país. num interessante registo de encomendas dos muitos clientes, da Mazda e oriundos de outras marcas, que pretendem ser proprietários do novo Mazda CX-60 PHEV, certos de que este veículo iria corresponder às suas elevadas expectativas“.
O Mazda CX-60 satisfaz, assim, as crescentes necessidades do segmento SUV e do sub-segmento PHEV, combinando um excelente desempenho ambiental associado ao prazer de condução inerente a cada modelo Mazda. Integrando aquela que é a primeira motorização híbrida plug-in da Mazda, é, também, o automóvel de maior importância introduzido no mercado desde há cerca de uma década pela Mazda, um novo topo de gama que representa tudo o que tem vindo sustentado o seu ADN ao longo dos últimos 100 anos, do design exterior e interior ao melhor do artesanato japonês, sem esquecer as mais recentes inovações tecnológicas centradas no condutor e demais ocupantes, tudo isto associado a uma motorização de estatuto mundial.
São múltiplas as novas tecnologias que se estreiam no Mazda CX-60 PHEV, com especial destaque para o sistema See-Through View, um monitor de 360 graus de próxima geração com um campo de visão alargado e operável a baixas velocidades; o Hill Descent Control (HDC), que ajuda o condutor em declives descendentes mais íngremes, com superfícies escorregadias ou de mais difíceis; o Cruise Control (i-ACC), que pode agora incorporar os limites de velocidade a partir do sistema de Traffic Sign Recognition; ou ainda o Vehicle Exit Warning (BSM), sistema de alerta de outros utilizadores da estrada que se aproximem da sua rectaguarda, aquando das manobras de saída de estacionamento.
“Crafted in Japan” e candidato aos mais conceituados galardões nacionais
Como em todos os modelos da marca, há que conduzir o novo Mazda CX-60 PHEV para o poder experienciar e desfrutar em pleno, um processo em que os 20 jurados da iniciativa ‘Seguro Directo Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2023” se encontram envolvidos desde a inscrição do modelo, avaliando-o não só para esse galardão máximo, como também para duas das categorias de suporte, os paralelos ‘Troféus do Automóvel’ de ‘Híbrido do Ano’ e de ‘SUV/Compacto do Ano’.
“Estamos, naturalmente, expectantes com as avaliações que este amplo grupo de jurados, que representam outros tantos títulos de renome de importantes órgãos de comunicação social portugueses, irão dar ao nosso novo Mazda CX-60 PHEV, mas acreditamos nas valências desta nossa mais recente proposta para o mercado português, modelo que estreia um importante conjunto de tecnologias e de conteúdos, que sublinham o nosso conceito ‘Crafted in Japan’, com elementos tão típicos e identificativos do país em que foi criado e desenvolvido, tendo em mente o cliente Mazda”, sublinha Luis Morais.
Para já apenas disponível com essa mecânica híbrida plug-in, uma estreia absoluta na Mazda, o novo Mazda CX-60 PHEV combina uma versão modificada do conhecido motor de quatro cilindros Skyactiv-G de 2,5 litros, a gasolina e de injecção direta, com um motor elétrico de grandes dimensões (129 kW), associado a uma bateria de iões de lítio (355V e 17,8 kWh) e de elevada capacidade, pacote complementado com uma caixa automática de 8 velocidades, igualmente nova.
Proporcionando uma potência total de 241 kW / 327 cv e um abundante binário de 500 Nm, o CX-60 PHEV passou a ser o modelo de estrada mais potente alguma vez produzido pela Mazda. Igualmente de destacar são as suas credenciais ambientais, ao nível dos consumos de combustível, de apenas 1,5 l/100 km, e das emissões de CO2, de apenas 33 g/km (valores combinados WLTP), num modelo que conta com uma autonomia de 60 km em modo eléctrico, circulando a 100 km/h ou menos.
Criado pelos nossos mestres designers no Japão, sublinhado pelo conceito de “Crafted in Japan”, o novo CX-60 PHEV representa tudo o que a Mazda tem vindo a incorporar no seu ADN ao longo da sua centenária história. A nova e poderosa arquitectura inclui tracção total para um carácter desportivo sem precedentes, juntamente com toda uma gama de novas tecnologias centradas no condutor.
Novo Mazda CX-60 PHEV – Resumo das características para o mercado nacional
• Carroçaria: SUV
• Níveis de equipamento: Prime-Line, Exclusive-Line, Homura e Takumi
• Interiores: Preto; com estofos em tecido preto (Prime-Line e Exclusive-Line); com estofos em pele branca (Takumi); com estofos em pele preta (Homura)
• Motor: de quatro cilindros a gasolina, Skyactiv-G de 2,5 litros, com injecção direta, associado a um motor elétrico de grande dimensão e a uma bateria de iões de lítio de 355V e 17,8 kWh, de elevada capacidade
o Potência total: 241 kW/327 cv; Binário: 500 Nm
 Térmico | Potência: 141 kW/191 cv às 6000 rpm; Binário: 261 Nm às 4000 rpm
 Eléctrico | Potência: 129 kW/175 cv; Binário: 270 Nm às 4000 rpm
o Autonomia em modo eléctrico: 60 km (a 100 km/h ou menos)
• Caixa de velocidades: automática de 8 velocidades (8EAT)
• Tracção: AWD
• Principais registos:
o Reprise dos 0 aos 100 km/h: 5,8 segundos
o Velocidade máxima: 200 km/h (limitada)
o Consumo de Combustível (ponderado, WLTP): 1,5 l/100 km
o Consumo de Energia (ponderado, WLTP): 23 kWh/100km
o Emissões de CO2 (combinadas WLTP): 33 g/km
• Preços de Venda ao Público (o interior escolhido não implica variação no PVP):
o Prime-Line (1 configuração): 57.090 €
o Exclusive-Line (16 configurações): 58.690 € a 66.690 €
o Homura (16 configurações): 61.090 € a 68.690 €
o Takumi (16 configurações): 62.640 € a 70.240 €
• Cores (disponíveis em toda a gama) :
o Arctic White (sólida, sem custo); Sonic Silver, Deep Crystal Blue, Jet Black, Platinum Quartz (metalizadas, PVP: 700 €); Rhodium White e Machine Grey (metalizada, 900 €); Soul Red Crystal (metalizada especial, 1.050 €)
• Packs (PVP varia consoante o nível de equipamento):
o Drive Assistance (excepto Prime-Line); Convenience & Sound (toda a gama); Comfort (excepto Prime-Line); TAE (excepto Prime-Line).
Consoante a diferenciação que cada cliente pretenda para o seu Mazda CX-60 2.5 e-Skyactiv PHEV, no portal www.mazda.pt estão disponíveis diferentes acessórios específicos para o modelo.
Segurança “5 Estrelas” para um modelo que sublinha a estratégia ambiental da Mazda
No domínio da segurança, destaque-se a atribuição ao Mazda CX-60 das “5 estrelas Euro NCAP”, fruto das impressionantes performances registadas nos quatro principais critérios de avaliação desta entidade: Ocupantes Adultos: 88%; Ocupantes Crianças: 91%; Utilizadores Vulneráveis das Estradas: 89%; e Assistência à Segurança: 76%.
Com este lançamento, a Mazda deu novo e importante passo rumo à sua ambição de se tornar totalmente neutra em carbono até 2050, um processo que integrará, ao longo dos próximos anos, outras propostas e novidades, que serão lançadas gradualmente nos diferentes mercados, incluindo o nacional.
No caso do Mazda CX-60, a gama prevê a inclusão adicional de dois novos motores de electrificação mild-hybrid, ambos com seis cilindros em linha, a começar por um bloco diesel e-Skyactiv D 3.3, que chegará ao nosso mercado já no início de 2023, ficando para mais tarde a mecânica a gasolina e-Skyactiv G 3.0, em data a anunciar. Mais detalhes, em termos técnicos e da sua chegada ao nosso mercado, serão anunciadas oportunamente.

SCLogin

SCSocial Find Us

JFBC Social Share