user_mobilelogo
  • Sete novos VE conectados suportam plano de vendas superior a 600.000 unidades VE por ano até 2026
  • A Ford vai introduzir três novos veículos elétricos (VE) de passageiros e quatro novos veículos comerciais elétricos na Europa até 2024; planeia vender mais de 600.000 veículos elétricos na região até 2026
  • Esta dinâmica VE na Europa apoia a aceleração do plano Ford+ e a meta global de produção anual de 2 milhões de VE até 2026 e 10% da margem operacional (EBIT) ajustada pela companhia até 2026
  • Espera-se, agora, que a produção planeada de VE em Colónia, na Alemanha, atinja os 1,2 milhões de veículos ao longo de seis anos, com um investimento total de 2 mil milhões de dólares
  • Em complemento, a Ford assinou hoje um Memorando de Entendimento (MoE) não vinculativo com a SK On Co., Ltd. e a Koç Holding para criar, na Turquia, uma das maiores instalações de produção de baterias para veículos comerciais da Europa
  • Aumento da capacidade em termos de veículos elétricos e comerciais, com a Ford Otosan JV a assumir a propriedade das operações de fabrico da Ford na Roménia, operação sujeita às regulamentares aprovações e análises
  • Em conjunto, estas iniciativas irão ajudar a Ford a alcançar zero emissões em todas as vendas de veículos e a neutralidade carbónica sua infraestrutura europeia de instalações, de logística e de fornecedores até 2035 

A Ford anunciou hoje avanços significativos rumo a um futuro totalmente elétrico na Europa, assistindo-se à transformação da companhia e à oferta de uma nova geração de sete veículos de passageiros e furgões comerciais 100% elétricos e totalmente conectados até 2024.

O anúncio de hoje evoluiu a partir das mais recentes notícias de que a companhia criou uma nova unidade de negócio global – denominada de “Ford Model e” – focada no design, produção e distribuição de veículos elétricos e conectados. Juntamente com a unidade de negócio Ford Pro, focada no negócio de veículos comerciais da Ford, estas duas unidades de negócio vão definir o futuro da Ford na Europa.

"Estou muito feliz por ver o ritmo de mudanças na Europa, desafiando toda a nossa indústria a construir veículos melhores, mais limpos e mais digitais. A Ford está a avançar rapidamente para satisfazer a procura na Europa e em todo o mundo", referiu Jim Farley, Presidente e CEO da Ford.
"É esta a razão por que criámos a ‘Ford Model e’, permitindo-nos mover-nos à velocidade de uma ‘start-up’ para construir veículos elétricos que deliciem e ofereçam serviços conectados exclusivos da Ford e que integrem a engenharia e segurança de qualidade Ford."
Com a sua alargada gama de modelos elétricos, entre veículos de passageiros e veículos comerciais, a Ford espera que as suas vendas anuais de VE na Europa ultrapassem as 600.000 unidades em 2026, ao mesmo tempo que reafirma a sua intenção de alcançar uma margem operacional (EBIT) de 6% na Europa em 2023. A aceleração na Europa apoia o objetivo da Ford de vender mais de 2 milhões de VE a nível global até 2026 e proporcionar à companhia uma margem operacional (EBIT) ajustada de 10%.
"A nossa marcha rumo a um futuro 100% elétrico é uma necessidade absoluta para que a Ford consiga ir ao encontro das necessidades de mobilidade dos clientes em toda uma Europa em transformação", referiu Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa. "Trata-se, também, da necessidade premente de um maior cuidado para com o nosso planeta, contribuindo positivamente para a sociedade e para a redução das emissões, em conformidade com o Acordo de Paris sobre o clima."
Em conjunto, estes esforços irão suportar os planos globais da Ford de redução significativa das emissões de carbono. A companhia anunciou hoje que tem como alvo atingir zero emissões em todas as vendas de veículos na Europa e a neutralidade carbónica em toda a sua infraestrutura europeia de instalações, de logística e de fornecedores até 2035.
Sete novos veículos elétricos até 2024
Na sequência da bem-sucedida introdução, na Europa, do Mach-E 100% elétrico em 2021 e do Mach-E GT este ano, para além do lançamento da E-Transit no próximo trimestre, a Ford desvendou hoje que planeia lançar sete veículos 100% elétricos para integrar a família Ford na Europa, três novos veículos de passageiros e quatro novos veículos comerciais.
A partir de 2023, a Ford vai iniciar a produção de um novo veículo elétrico de passageiros, um crossover de média dimensão, construído em Colónia, adicionando em 2024 um segundo veículo elétrico a essa linha de produção. Em complemento, o Ford Puma, o veículo de passageiros mais vendido da Ford na Europa, irá ficar disponível com uma versão elétrica, construída em Craiova, na Roménia, a partir de 2024.
Reafirmando a sua liderança como a marca de veículos comerciais mais vendida da Europa, a icónica gama Transit da Ford irá integrar quatro novos modelos elétricos: o novo furgão Transit Connect de uma tonelada e o veículo multiatividades Tourneo Custom, em 2023, e a nova geração do furgão Transit Courier e do veículo multiatividades Tourneo Courier, de menores dimensões, em 2024.
“Estes novos veículos elétricos da Ford simbolizam uma transformação total da nossa marca na Europa, uma nova e completa geração de veículos com zero emissões, otimizados para um mundo conectado, oferecendo aos nossos clientes experiências de utilização verdadeiramente excecionais”, acrescentou Rowley.
Produção e investimento no domínio VE em Colónia
A Ford confirmou hoje que o primeiro veículo de passageiros totalmente elétrico a sair do Centro de Eletrificação da Ford em Colónia será um crossover de cinco lugares, de média dimensão. Em 2021, os segmentos de sports utilities e crossovers representaram 58% do volume total de veículos depassageiros da Ford comercializados no continente europeu, um aumento de quase 20 pontos percentuais em relação a 2020.
Este crossover 100% elétrico representa a ultrapassagem novos limites para a Ford. Contando com uma autonomia de 500 km com uma única carga, o veículo e o seu nome serão desvendados mais tarde em 2022, iniciando-se a produção em 2023.
A confirmação de hoje de que um segundo veículo totalmente elétrico de passageiros – um crossover desportivo – será construído no Centro de Eletrificação da Ford em Colónia significa que a produção de veículos elétricos nessas instalações irá aumentar para 1,2 milhões de veículos num prazo de seis anos. O investimento nos novos veículos elétricos de passageiros a construir em Colónia deverá rondar os 2 mil milhões de dólares. O investimento inclui uma nova instalação de montagem de baterias que tem previsto iniciar as suas operações em 2024.
Nova joint-venture visa aumentar a produção de baterias na Europa Para apoiar os ambiciosos planos de eletrificação de veículos da Ford, Ford, SK On Co., Ltd. and Koç Holding assinaram um Memorando de Entendimento (MoE) não vinculativo para a criação de uma nova joint-venture líder da indústria na Turquia. Sujeita à execução de um acordo final, os três parceiros planeiam criar uma das maiores instalações de baterias para VE na Europa.
A joint-venture situar-se-á perto de Ancara e irá fabricar células de Níquel NMC para montagem nos módulos de matriz das baterias. A produção deverá arrancar o mais tardar a meio da presente década, com uma capacidade anual que deverá rondar a faixa entre os 30 e os 45 GWh.
O investimento que os três parceiros estão a planear para a joint-venture de baterias – incluindo o apoio do Governo turco – irá beneficiar, diretamente, os grandes e pequenos operadores de veículos comerciais em toda a Europa, reduzindo os custos de energia e de operação, ao mesmo tempo que gera um contributo significativo para a redução de CO2.
Aumento da capacidade de produção de VE em Craiova
A fábrica da Ford em Craiova, na Roménia, irá desempenhar um papel significativo nos planos de crescimento de veículos elétricos e comerciais da companhia na Europa.
A partir de 2024, os clientes europeus poderão adquirir uma versão totalmente elétrica do Ford Puma, o popular crossover compacto da Ford. O Puma foi o veículo de passageiros mais vendido da Ford na Europa em 2021, sendo que o Puma 100% elétrico irá elevar esta que é uma recente gama de sucesso a um leque ainda mais vasto de clientes europeus, quando em 2024 se iniciar a produção em Craiova.
Além disso, a nova Transit Courier, popular veículo comercial ligeiro, e o Tourneo Courier, um veículo compacto multiatividades, também serão produzidos em Craiova a partir de 2023, com as correspondentes versões 100% elétricas a chegar ao mercado em 2024.
Para aumentar, ainda mais, a capacidade em termos de veículos elétricos e comerciais, a Ford anunciou, esta manhã, que a Ford Otosan irá assumir a propriedade da fábrica e do negócio de produção de Craiova, operação ainda sujeita às regulamentares aprovações e análises. A Ford Otosan, joint-venture estabelecida entre a Ford Motor Company e a Koç Holding, é uma das mais longas e bem-sucedidas uniões do género na indústria automóvel a nível global.
"Congratulamo-nos com esta oportunidade de fazer crescer a nossa ‘joint-venture’ com a Koç Holding e aproveitar esta parceria estratégica para melhor conseguirmos utilizar os nossos recursos e conhecimentos na Roménia", acrescentou Rowley. "A Ford Craiova é hoje uma sólida história de sucesso, pelo que acreditamos que através da experiência e especialização da Ford Otosan em matéria de eletrificação e de veículos comerciais pode atingir níveis de realização ainda mais elevados."
# # #
Sobre a Ford Motor Company A Ford Motor Company (NYSE: F) é uma empresa global com sede em Dearborn, Michigan, empenhada em ajudar a construir um mundo melhor, onde toda e qualquer pessoa tenha liberdade de movimentos e ir em busca dos seus sonhos. O plano Ford+ da companhia, para crescimento e criação de valor, combina os atuais pontos fortes, novas capacidades e relações sempre próximas com os clientes, de modo a enriquecer as experiências e aprofundar a lealdade desses mesmos clientes. A Ford projeta, fabrica, comercializa e presta serviços de manutenção a uma ampla gama de veículos conectados e cada vez mais eletrificados, de passageiros e comerciais: trucks, SUVs, furgões e automóveis Ford e veículos de luxo Lincoln. A companhia tem como objetivo alcançar posições de liderança no domínio da eletrificação, serviços para veículos conectados e soluções de mobilidade, aqui incluindo-se tecnologias de condução autónoma, também assegurando serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. A Ford emprega aproximadamente 183.000 pessoas em todo o mundo. Para obter mais informações sobre a Ford, os seus produtos e sobre a Ford Motor Credit Company, visite www.corporate.ford.com
A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 41.000 trabalhadores nas suas instalações e ‘joint-ventures’ consolidadas e aproximadamente 55.000 quando incluídas as empresas não consolidadas. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 14 instalações fabris (10 detidas integralmente e 4 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram enviados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.