user_mobilelogo
  • Mantém-se forte o ritmo de encomendas, com procura em toda a gama de produto

A Automobili Lamborghini anuncia um novo recorde de vendas nos nove primeiros meses de 2021. No período compreendido entre janeiro e setembro, a empresa alcançou o recorde de 6902 unidades entregues a clientes, mais 23% por comparação com o mesmo período de 2020, o que, por seu turno, representa um incremento de praticamente 6% por comparação com os três primeiros trimestres de 2019 (período pré-COVID). As previsões também são positivas: mantém-se o forte ritmo de encomendas, com uma sólida procura em toda a gama de produto.

“A marca Lamborghini encontra-se numa posição muito sólida, com uma gama de modelos completa e muito apelativa, composta pelos V10, V12 e pelo Super SUV Urus”, afirmou o Presidente e CEO, Stephan Winkelmann. “A empresa não só superou o clima difícil dos últimos 18 meses, como manteve, consistentemente, o seu crescimento em termos de volume, o que atesta a força na nossa gama de produto, o permanente apelo da marca em todo o mundo e a solidez da nossa estratégia comercial e da nossa rede de concessionários”.

“No início deste ano, anunciámos um firme roteiro rumo à futura eletrificação de produto, que dá início à hibridização de toda a gama para 2024, e inclui a visão de um quarto modelo, totalmente elétrico, para esta década”, prosseguiu Stpehan Winkelmann. “Entretanto, continuamos a homenagear o motor de combustão atmosférico da Lamborghini: tiveram início no verão as entregas do Huracán STO inspirado na competição, enquanto que duas edições limitadas di V12, o “último” Aventador Ultimae e o Countach LPI 800-4, apresentados este verão, já estão esgotadas, com um prazo de entrega de 12 meses, líder na nossa gama de produtos”.

No que se refere às três principais regiões, durante os nove primeiros meses de 2021, a América aumentou as suas entregas a clientes em 2407 unidades, mais 25% face ao mesmo período de 2020, com a EMEA a alcançar 2622 unidades (17%),  e a APAC a registar um aumento de 1873 unidades e 28% relativamente a 2020. O Super SUV Urus continua a ser o modelo mais vendido (4085 unidades, +25%), com as suas prestações de topo combinada com uma notável versatilidade, sendo seguido pelo Huracán (2136 unidades, +28%) e pelo Aventador, cujas vendas se mantêm estáveis, com 681 unidades, em linha com o planeado para o seu ciclo de vida.