user_mobilelogo

A PEUGEOT apresenta o protótipo do Hypercar 9X8, o seu modelo de competição de nova geração, que será chamado a estrear-se em 2022 no Campeonato do Mundo de Resistência (WEC) da FIA.

Híper-eficiente, alimentado por um motor híbrido e dotado de tração integral, o PEUGEOT 9X8 faz parte da estratégia de Neo-Performance desenvolvida pela PEUGEOT, que visa proporcionar uma performance mais virtuosa e responsável, tanto em veículos de produção como de competição.

Para dar corpo ao 9X8 foi implementada uma convergência operacional sem precedentes entre a equipa de engenharia da PEUGEOT SPORT e a equipa de Design da PEUGEOT. A nova proposta marca o início de uma nova era no automobilismo, com uma linha de absoluta fluidez, abdicando de um spoiler traseiro, e uma poderosa identidade de marca. Soluções técnicas inéditas e um visual felino: o 9X8 é, assumidamente, um PEUGEOT.

Eis o PEUGEOT 9X8, o novo carro de Endurance (Resistência) da marca do Leão. Trata-se do sucessor, na disciplina, do PEUGEOT 905 e do PEUGEOT 908, vencedores das 24 Horas de Le Mans, em 1992 e 1993 e em 2009, respetivamente. Em linha com os seus ilustres antecessores, o PEUGEOT 9X8 é agora chamado a perpetuar a tradição do construtor francês no desporto automóvel, marcada por modelos de elevada performance e uma forte identidade visual, imediatamente identificável.

Com o 9X8, a PEUGEOT implementa um verdadeiro projeto de marca em torno do conceito de Neo-Performance, combinando a essência do desporto, o savoir-faire tecnológico transferível para os modelos de série, a eficiência e excelência de estilo.

A colaboração estreita, e sem dúvida inédita no mundo do automobilismo, entre as equipas de Design e de Engenharia da PEUGEOT e da PEUGEOT Sport foi decisiva na exploração de novas soluções aerodinâmicas e estilísticas, bem como na definição de uma linha absolutamente original. Após meses de intenso trabalho conjunto dos engenheiros de desenvolvimento, liderados por Olivier Jansonnie, Diretor Técnico da PEUGEOT Sport, e dos designers liderados por Matthias Hossann, Diretor de Design da PEUGEOT, são desvendadas as linhas principais e o conceito aerodinâmico deste PEUGEOT 9X8.

O novo regulamento Le Mans Hypercar (LMH), implementado pela FIA e pelo ACO (Automobile Club de l’Ouest) para suceder à categoria rainha LMP1, esteve na base desta abordagem. Oferecendo mais flexibilidade no tratamento de superfícies aerodinâmicas, promove um pensamento radicalmente novo, um design automóvel inovador, e mais aberto à intervenção das equipas de design. Engenheiros e designers aproveitaram esta oportunidade para inventar novos processos de criação, quebrar os códigos e criar um PEUGEOT Hypercar, que é fundador de um novo conceito.

Uma denominação que convoca a herança, projetando-se no futuro

Este Hypercar foi apelidado de PEUGEOT 9X8. O “9” inicial caracteriza, por excelência, os veículos de competição da Marca, como o PEUGEOT 905 (1990 a 1993) e o 908 (2007 a 2011), duas máquinas de Resistência icónicas do construtor.

O “X” evoca as tecnologias de tração integral (4WD) e de hibridização que integram o novo PEUGEOT Hypercar, estendendo à competição a estratégia de eletrificação da Marca.

Quanto ao “8”, trata-se do número que integra toda a atual gama da PEUGEOT: 208 e 2008, 308, 3008, 5008 e, claro, 508, proposta que, recentemente e tal como o Hypercar, passou pelas mãos desta mesma equipa de engenheiros e designers, tornando-se no primeiro modelo sob a nova assinatura PEUGEOT SPORT ENGINEERED.

A PEUGEOT irá inscrever dois PEUGEOT 9X8 no Campeonato do Mundo de Resistência (WEC) da FIA, em 2022.

Design e execução sem precedentes

“PEUGEOT oblige: o esboço que orientou o nosso trabalho representou um felino pronto a atacar”, explica Matthias Hossann, Diretor de Design da PEUGEOT. “Esta atitude resulta num habitáculo que se projeta um pouco para a frente. De um modo geral, o PEUGEOT 9X8 assume os códigos estéticos específicos da marca: é um carro esguio, com garra e elegante, que inspira emoção e dinamismo".

O resultado não deixa de surpreender, deliciando os futuros pilotos do PEUGEOT 9X8: "É a primeira vez que se concebe um carro de competição com este nível de design.", sublinha Kevin Magnussen.

Por seu turno, Gustavo Menezes acrescenta: "Com o 9X8, a PEUGEOT abre uma nova página no desporto motorizado. E nós participamos na escrita do seu futuro.”

Para além da silhueta e do visual geral, a equipa de Design trabalhou na integração dos códigos específicos da marca PEUGEOT em todos os detalhes da execução, num projeto naturalmente dotado de uma eficiência otimizada.

Características da assinatura da PEUGEOT, as três garras luminosas das óticas dianteiras e traseiras ancoram integralmente o 9X8 na gama de modelos da marca. Retroiluminado, o novo brasão, sublimado pela cabeça do Leão, está presente na frente e nas laterais da viatura. A cor Cinza Sélénium, realçada com detalhes contrastantes em Kryptonite (um verde-amarelado ácido), integra o código de cores presente quer na carroçaria, quer no habitáculo, sublinhando a nova assinatura PEUGEOT SPORT ENGINEERED, iniciada com o 508 e o 508 SW.

Esse habitáculo do 9X8 também surpreende pela extrema atenção que lhe foi dedicada pela equipa de designers. "Queríamos propor uma versão muito especial do cockpit", sublinha Matthias Hossan. “Até agora, este elemento era demasiado anónimo, simplesmente funcional e genérico, sem qualquer expressão da marca. Ao injetarmos as nossas cores e o nosso i-Cockpit, assinatura interior da própria identidade da PEUGEOT, refrescámos este espaço. O mesmo deverá permitir aos espectadores identificar de imediato tratar-se de um PEUGEOT quando as imagens das câmaras de bordo forem transmitidas."

No exterior, as jantes foram meticulosamente trabalhadas, pontuando os flancos elegantes e claramente estruturados. As asas são abertas, desvendando a parte superior dos pneus. Os próprios espelhos estão perfeitamente integrados, de modo a que nenhum obstáculo pareça estar no caminho dos fluxos de ar.

"Conheço a qualidade do trabalho e de inovação das equipas de Design da PEUGEOT e da PEUGEOT Sport, mas devo admitir que me surpreenderam com este magnífico 9X8: a combinação da poderosa identidade de Marca com uma linha tão fluida e inovadora revelou-se simplesmente brilhante", comentou Linda Jackson, CEO da Peugeot.

SEM AILERON! As oportunidades da regulamentação LHM (Le Mans Hypercar)

Na secção traseira do PEUGEOT 9X8 destacam-se elementos finamente esculpidos, que integram as três garras luminosas das luzes, enquadrando um difusor largo, sublinhado por uma inscrição humorística: "We need no rear wing” (“Não precisamos de aileron traseiro").

Introduzido pela primeira vez no Chaparral 2F, aquando da edição de 1967 das 24 Horas de Le Mans, o aileron traseiro foi, assim, questionado pela primeira vez em mais de meio século. A inovadora secção traseira do 9X8 resulta dos estudos dos engenheiros da equipa PEUGEOT Sport.

"O novo regulamento Le Mans Hypercar (LMH) foi concebido para que todos os vetores clássicos de desempenho sejam nivelados", explica Olivier Jansonnie, Diretor Técnico do programa WEC da PEUGEOT Sport. “É emocionante, porque cabe-nos inventar, inovar e encontrar oportunidades para gerar performance fora dos esquemas tradicionais. Este tem sido, em particular, o caso da aerodinâmica. O regulamento permite-nos dispor de um único elemento aerodinâmico ajustável, sem que se tenha especificado que o mesmo deva ser a asa traseira. Os nossos cálculos e simulações demonstraram que podemos ter uma performance muito boa sem necessidade de um spoiler traseiro."

Para Jean-Marc Finot, Diretor da Stellantis Motorsport, "esta ausência de um spoiler traseiro no PEUGEOT 9X8 é um grande marco em termos de inovação. Atingimos um nível de eficiência técnica, em aerodinâmica, que nos permite abdicar deste artifício. Mas como, apesar de todas as crenças e hábitos, esta ausência é ditada pela busca por performance, vamos mantê-la em segredo o máximo de tempo possível!”

A ausência deste apêndice aerodinâmico marca a silhueta do PEUGEOT 9X8, dando-lhe uma fluidez que não se via há décadas. Os designers, cúmplices dos engenheiros, aproveitaram ao máximo a oportunidade para esculpir volumes harmoniosos e dinâmicos, bem como para criar superfícies lisas que se liguem às secções laterais ou conduzam aos arcos das rodas dianteiras.

Um grupo motopropulsor Híbrido e híper-eficiente

Desde a oficialização, em setembro de 2020, do compromisso da PEUGEOT para com a categoria LMH (Le Mans Hypercar), que as oficinas de Versailles estão em plena laboração para a criação do 9X8.

Um V6 Bi-turbo de 2,6 litros, com 500 kW (680 cv) aberto a 90° (o motor de combustão interna da mecânica PEUGEOT HYBRID4 500 KW que será instalada na traseira do 9X8) acumula, desde abril e tal como esperado, muitos quilómetros no banco de testes.

O motor/gerador elétrico de 200 kW, que será colocado à frente, a caixa sequencial de 7 velocidades e a bateria estão a ser integrados, de modo a respeitar o calendário de validação no banco. A PEUGEOT Sport e a Saft, subsidiária da TotalEnergies, assumem, em conjunto e a cada dia, um desafio tecnológico, codesenvolvendo a bateria de elevada densidade, elevada potência e elevada tensão (900 volts).

"Queremos alcançar uma fiabilidade infalível e um controlo perfeito das nossas necessidades energéticas", explica Jean-Marc Finot. “Le Mans é um sprint de 24 horas que pode ser ganho ou perdido numa única paragem nas boxes. Os Hypercars (LMH) têm uma eficiência energética excecional, antecipando o que em breve iremos encontrar em modelos de produção. É neste sentido que estamos a trabalhar no conjunto do PEUGEOT 9X8: da motorização à aerodinâmica, tudo deve contribuir para essa híper-eficiência.”

Le Mans, um laboratório para a PEUGEOT

Para lá da eficiência aerodinâmica, da mecânica e da eletrónica, é todo o savoir-faire da engenharia PEUGEOT que é validado em competição, acontecendo, mais do que em qualquer outro lugar, no evento extremo que são as 24 Horas de Le Mans. Os 5.400 quilómetros que os carros percorrem em Le Mans, num período de duas voltas completas de um relógio, são tanto ou mais exigentes do que um monolugar de Fórmula 1 ao longo de uma temporada completa. O nível de exigência em termos de fiabilidade e eficiência é, portanto, absoluto.

Linda Jackson sublinha: "O compromisso da PEUGEOT para com a Endurance vai além da competição: é um laboratório extremo para a PEUGEOT. É também por essa razão que a nossa ligação com Le Mans é tão poderosa. O resultado desportivo é importante, mas a validação das nossas tecnologias, da nossa investigação durante uma corrida de 24 Horas disputada em condições finais é-o, talvez, ainda mais. Vamos testar em competição real o sistema de hibridização e as tecnologias relativas à redução do consumo de combustível – e, com isso, as emissões de CO2 – que estamos atualmente a desenvolver para os nossos veículos de produção. É um orgulho para as nossas equipas PEUGEOT Sport ver as suas pesquisas integrarem os modelos na nossa gama. Para os nossos clientes, este laboratório chamado Le Mans é uma garantia da qualidade dos nossos modelos.”

A palavra aos pilotos

Paul Di Resta – Escocês, 35 anos, antigo piloto de Fórmula 1 e campeão de DTM de 2010: “Toda a gente se perguntava o que era um Hypercar. Agora é real. Este olhar, agressivo e inovador, esta identidade da marca, vai surpreender.”

Loïc Duval – Francês, 39 anos, vencedor das 24 horas de Le Mans e Campeão do Mundo de Resistência em 2013: “Há carros em que dizemos a nós mesmos: Ah este é lindo três quartos de frente, este de lado, este na frente, este na parte de trás. Andei à volta do 9X8 e é muito bonito visto de todos os ângulos.”

Mikkel Jensen – Dinamarquês, 26 anos, piloto de Resistência, Campeão de ELMS LMP3 em 2019: “O 9X8 é muito diferente das silhuetas que conseguimos mostrar ou sugerir nos últimos meses. Se conseguirmos tornar este carro vencedor será histórico, porque nunca nada foi feito a este nível.”

Kevin Magnussen – Dinamarquês, 28 anos, ex-piloto de Fórmula 1, piloto de Resistência no IMSA: “Nunca se viu isto. Este é realmente o futuro de um carro de corridas. Esta é a primeira vez que projetamos um carro de corrida com este nível de design. Fiquei surpreendido com a ausência do spoiler traseiro. É toda uma nova era.”

Gustavo Menezes – Americano, 26 anos, piloto do WEC e da ALMS, vencedor em Le Mans e Campeão do Mundo de LMP2 em 2016: “O 9X8 abre uma nova página no desporto automóvel. Os últimos dez anos foram marcados por protótipos LMP1, pelo que chegou a hora de construir um futuro icónico, com o 9X8.”

James Rossiter – Britânico, 37 anos, ex-piloto de Fórmula 1, ALMS e Super GT: “Não esperava este nível de criatividade. É uma verdadeira oportunidade. Com este Hypercar, a PEUGEOT estabelece novos limites.”

Jean-Eric Vergne – Francês, 31 anos, ex-piloto de Fórmula 1, duplo Campeão de Fórmula E: “O PEUGEOT 9X8 é completamente revolucionário. As equipas conseguiram ir numa direção que não víamos no desporto automóvel há muito tempo. É magnífico.”