user_mobilelogo
  • Ao combinar baterias com uma pilha de combustível a hidrogénio, o Citroën ë-Jumpy Hydrogen permite uma maior autonomia em modo elétrico, preservando todas as capacidades do veículo.
  • Com uma autonomia superior a 400 km e reabastecimento de hidrogénio em menos de três minutos, o Citroën ë-Jumpy Hydrogen prefigura os Veículos Comerciais Ligeiros (VCL) elétricos do futuro.
  • Toda a gama VCL da Citroën estará eletrificada até final de 2021, com o ë-Jumpy já na estrada e os modelos My Ami Cargo, ë-Berlingo Van, ë-Jumpy Hydrogen e ë-Jumper a chegar ao mercado no segundo semestre
  • A Citroën demonstra, assim, total capacidade para oferecer soluções modernas, tecnológicas e acessíveis, indo ao encontro das múltiplas utilizações e necessidades de mobilidade dos clientes. Mais do que nunca, a Citroën oferece a solução ideal para os profissionais. 

"O ë-Jumpy Hydrogen completa a nossa gama de veículos comerciais ligeiros. Com a sua arquitetura que combina uma pilha de combustível de hidrogénio e uma bateria, o nosso furgão propõe o melhor de ambas as tecnologias. Os componentes foram integrados de acordo com uma conceção engenhosa, em que as dimensões e formato dos componentes não tem qualquer impacto na capacidade de carga, um fator crucial para os profissionais neste segmento. O ë-Jumpy Hydrogen corresponde às necessidades e utilizações dos profissionais, proporcionando uma autonomia superior a 400 km, um reduzido impacto da temperatura exterior na autonomia, um tempo de carregamento de apenas três minutos e a capacidade de recuperar mais energia durante a desaceleração”, refere Laurence Hansen - Diretora de Produto e Estratégia da Citroën. 

A INOVAÇÃO AO SERVIÇO DOS PROFISSIONAIS

Desde 1928 que a Citroën tem inovado constantemente no sentido de se adaptar às mudanças da sociedade e oferecer aos profissionais maior tranquilidade e facilidade de utilização no seu trabalho diário. Em resposta aos novos desafios ambientais e sociais, a Citroën propõe, em 2021, novas energias com o ë-Jumpy Hydrogen e novos conceitos com o My Ami Cargo, formando, assim, a gama elétrica mais completa do mercado. 

NOVAS ENERGIAS: CITROËN JUMPY A HYDROGEN

A Citroën está a complementar a sua gama de VCL elétricos com a tecnologia de hidrogénio de forma a satisfazer as necessidades de 8% das empresas que necessitam de efetuar deslocações superiores a 300 km, ou que não dispõem de tempo para efetuar o carregamento do seu veículo durante o dia. A gama da Marca irá, portanto, satisfazer todas as necessidades do segmento.

O ë-Jumpy Hydrogen, um furgão elétrico com pilha de combustível e bateria recarregável, é o primeiro Citroën alimentado por esta forma de energia. Embora acomodando esta nova tecnologia, mantém o seu volume útil e a sua capacidade de carga. O novo modelo, prático e versátil, tem uma autonomia superior a 400 km[1] e os seus três depósitos de hidrogénio de 700 bar, em fibra de carbono e alojados ao lado da bateria sob os bancos dianteiros, podem ser abastecidos em apenas três minutos. Com zero emissões de CO2, os profissionais e empresários por conta própria poderão continuar a utilizar os trajetos urbanos regulamentados com total liberdade.

O ë-Jumpy Hydrogen é totalmente elétrico e beneficia de duas fontes de energia: uma pilha de combustível de 45 kW, que produz eletricidade ao consumir o hidrogénio armazenado num depósito de três cilindros a uma pressão de 700 bar, e uma bateria de 10,5 kWh, que atua como reserva para 50 km e que assume automaticamente o controlo quando o depósito de hidrogénio está vazio. A pilha de combustível de hidrogénio assegura a autonomia do veículo, sendo a bateria necessária em fases de transição, tais como em fortes acelerações e subidas que requeiram mais energia. Estas duas fontes de energia combinam-se para alimentar o motor e animar o grupo propulsor. A bateria, que recupera energia durante a desaceleração, é automaticamente carregada utilizando a eletricidade gerada pela pilha de combustível de hidrogénio, para assegurar um nível de carga suficiente. Também pode ser carregada por cabo nas estações de carregamento para veículos elétricos.

Produzido na fábrica de SevelNord, o Jumpy é convertido no Centro de Investigação e Desenvolvimento de Pilha de Combustível de Hidrogénio do Grupo Stellantis, em Russelsheim, na Alemanha.

Estando disponível em dois tamanhos, M (4,95 m) e XL (5,30 m), as primeiras entregas do novo ë-Jumpy Hydrogen aos clientes frotistas estão agendadas para o outono de 2021. 

“A Citroën iniciou uma ampla ofensiva no campo dos Veículos Comerciais Ligeiros, apresentando em 2021 uma gama completa de modelos eletrificados para o mercado europeu, que regista um acréscimo de 26% face a 2020. Mas a Citroën não fica por aqui. Fiel à sua filosofia de inspiração nos profissionais e nas suas necessidades e tipos de utilização, a sua oferta de furgões elétricos a bateria vê-se, agora, reforçada pela versão a hidrogénio do Citroën ë-Jumpy. Esta nova tecnologia ajusta-se perfeitamente aos clientes que efetuam regularmente longas distâncias ou que necessitam de carregamentos mais rápidos. A Citroën propõe, assim, aos profissionais uma oferta variada de VCL elétricos que lhes permite assegurar a sua atividade de uma forma sustentável, de acordo com as suas utilizações e também em linha com a sustentabilidade ambiental e com o aumento de restrições de circulação nos meios urbanos”, refere Anne-Lise Richard, Diretora da Business Unit de Veículos Eletrificados da Stellantis. 

MY AMI CARGO: O CAMPEÃO DAS ENTREGAS DO TIPO ÚLTIMO QUILÓMETRO

Em resposta às restrições de circulação em zonas urbanas, à necessidade de uma solução zero emissões e ao grande crescimento na área da micromobilidade, particularmente no domínio dos serviços de entregas, a Citroën desenvolveu o My Ami Cargo, uma versão VCL do Ami, cujo lançamento ocorrerá em meados de junho. O My Ami Cargo é uma solução elétrica, ágil, prática e económica, amplamente acessível em termos de licença de condução e preço. Proporciona aos profissionais total tranquilidade na organização do seu trabalho com uma oferta sem precedentes.

Para além dos profissionais de entregas, o My Ami Cargo é o parceiro ideal para empresas de serviços locais, incluindo profissionais independentes, cabeleireiros ao domicílio e prestadores de cuidados pessoais, bem como profissões liberais, tais como enfermeiros, coletividades locais e associações, zonas industriais onde os funcionários fazem múltiplas deslocações internas ou entre instalações, para transportar documentos e ferramentas ou realizar trabalhos, ou ainda para infraestruturas de lazer ou turismo.

A configuração interior do My Ami Cargo oferece um volume total útil de mais de 400 litros. Uma estrutura modular de arrumação com 260 litros está integrada no lugar do banco do passageiro, com capacidade para acomodar 140 kg de carga útil, tendo sido concebida para facilitar as cargas e descargas. A prateleira superior é multifuncional: pode ser utilizada como tampa, suportando um peso de 40 kg, que pode servir de escritório móvel. O piso é igualmente ajustável para oferecer mais de 1,20 m de comprimento útil.

O My Ami Cargo é um fator de redução de custos para os empresários que procuram controlar o seu orçamento. O consumo de energia é, em média, inferior a 2 euros por 100 km, ou seja, cerca de quatro vezes menos do que um pequeno automóvel citadino, e os custos de manutenção são 30% mais baixos. As ofertas (valores em França) são variadas e atrativas, com um PVP a partir de 6.490 euros (IVA incluído, com dedução de 900 euros de bonificação ecológica), ou através de um sistema de Aluguer de Longa Duração a partir de 24,18 euros (IVA incluído, com entrada de 2.508 euros, IVA incluído, dedução de 900 euros de bonificação ecológica, para um aluguer de 48 meses). Este pagamento mensal, que inclui o custo da bateria, pode ser ajustado de acordo com o orçamento do cliente.

Por fim, os empresários podem personalizar o exterior do My Ami Cargo de acordo com a imagem da sua empresa, utilizando autocolantes disponíveis a pedido através do site especial de vendas online, podendo, também, contar com uma vasta gama de acessórios.

A GAMA MAIS COMPLETA DO MERCADO, 100% ELÉTRICA JÁ EM 2021

O mercado europeu de veículos elétricos está em rápido crescimento, tendo crescido 132% em 2020 em comparação com 2019. Em 2020, quase um em cada dez veículos vendidos era elétrico. Em 2021, espera-se que o mercado venha a crescer mais 53%, com mais de dois milhões de veículos matriculados e um crescimento considerável no mercado dos VCL elétricos (+127%), no qual a Citroën pretende ser um dos principais intervenientes. O objetivo da Marca para 2025 é atingir uma quota superior a 25% em modelos elétricos.

Para além do empenho em reduzir a pegada de carbono das suas gamas, os VCL elétricos da Citroën são essenciais para os profissionais cujas atividades implicam frequentes deslocações a centros urbanos com cada vez mais restrições para serviços de entregas ou para trabalhos em estaleiros de construção. A eletrificação permite ainda modificar as frotas das empresas com vista a uma otimização ambiental e económica. Como exemplo da redução dos custos de utilização, o ë-Berlingo Van consome em média 18 kWh de eletricidade por cada 100 km, o equivalente a 3 euros, enquanto que os custos de manutenção são, em média, 30% mais baixos do que numa versão com motor de combustão interna. Para além disso, a eletrificação proporciona aos funcionários o conforto adicional de uma condução suave e silenciosa que contribui para o seu bem-estar no trabalho, ao mesmo tempo que mantém todos os comprovados atributos do furgão ë-Berlingo, do ë-Jumpy e do ë-Jumper, possibilitando uma produtividade otimizada.

Em 2019, a Citroën anunciou que iria eletrificar toda a sua gama de furgões compactos a partir de 2021, promessa que a marca honrou em pleno, iniciada com o ë-Jumpy, disponível para encomenda desde setembro de 2020. A gama será alargada na segunda metade de 2021 com as primeiras entregas de unidades ë-Berlingo Van, ë-Jumper e ë-Jumpy Hydrogen e, naturalmente, do My Ami Cargo, o qual explora novos territórios no mercado da micromobilidade. A Citroën oferece a gama mais completa capaz de proporcionar uma solução à medida de todos os profissionais.

Ë-BERLINGO VAN: O PARCEIRO DIÁRIO DOS PROFISSIONAIS

Desde 1996, o Berlingo já vendeu mais de 1,6 milhões de unidades em todo o mundo, posicionando-se, no final de abril, como o segundo furgão mais vendido no seu segmento na Europa, e mantendo-se como uma referência no mercado dos furgões compactos ao longo de três gerações. É útil para múltiplas deslocações diárias (cinco, em média, com um tempo de paragem de cerca de 30 minutos e uma distância média percorrida entre 50 km e 100 km, raramente mais de 200 km).

Com a abertura das encomendas para breve, o ë-Berlingo Van proporciona verdadeira liberdade de ação aos profissionais que trabalham em ambientes urbanos com cada vez maiores restrições à circulação, bem como em zonas suburbanas ou rurais, graças a uma autonomia até 275 km[2]. A sua bateria de iões de lítio de 50 kWh pode ser carregada em 80% em apenas 30 minutos através de um supercarregador num posto de carregamento público. Alimentado pelo seu motor de 100 KW (136 cv), atinge uma velocidade máxima de 130 km/h.

As vantagens da propulsão elétrica complementam as qualidades que sustentam o sucesso do Berlingo Van, incluindo cinco configurações de carroçaria, volume útil até 4,4 m3, carga útil até 800 kg, e toda a modularidade da cabine Extenso®. O ë-Berlingo Van integra um total de 18 tecnologias, incluindo head-up display (uma estreia na categoria) e um painel de instrumentos com um novo ecrã digital de alta definição de 10".

Ë-JUMPY

O ë-Jumpy é o modelo mais versátil da gama, adaptando-se a todos os tipos de deslocações. A utilização não é necessariamente constante, caracterizando-se antes por algumas deslocações diárias de distância média (três em média, incluindo uma paragem com a duração de duas horas, entre 50 km e 100 km, raramente mais de 200 km). As empresas de serviços podem transportar tanto pequenas como médias cargas e beneficiar de uma capacidade de carga, líder no segmento, ideal para o transporte de objetos volumosos.

O Citroën ë-Jumpy foi eleito “International Van of the Year 2021” pelo seu estilo moderno, conforto a bordo, volume útil até 6,6 m3 e carga útil até 1.275 kg, bem como pela sua modularidade líder na classe (nomeadamente com o sistema multifuncional Moduwork® da Citroën, que proporciona um comprimento útil de 4 m), e sem esquecer as qualidades dinâmicas combinadas com o melhor da tecnologia elétrica. Os profissionais podem eleger a autonomia do seu ë-Jumpy de acordo com as suas necessidades e orçamento, optando por 230 km[3] com a bateria de 50 kWh ou até 330 km3 com a bateria de 75 kWh. Com esta dupla oferta, o ë-Jumpy abrange mais de 91% das necessidades do segmento.

Ë-JUMPER

O ë-Jumper é mais indicado para viagens planeadas, nos casos em que os clientes podem percorrer longas distâncias (viagens nacionais e internacionais) com uma média de 150 km por dia (máximo de 300 km). Os utilizadores fazem, em média, duas viagens diárias, uma das quais envolve uma paragem superior a duas horas. O ë-Jumper foi concebido para transportar cargas mais pesadas e volumosas. É mais indicado para utilização em estrada e autoestrada do que nos centros urbanos.

A gama ë-Jumper é infinitamente adaptável, com quatro versões de carroçaria (furgão, chassis-cabine, chassis-cabine dupla, e cabine com plataforma aberta), quatro comprimentos e três alturas. Está equipado com duas baterias, conferindo-lhe uma autonomia até 340 km3, líder no segmento. O motor elétrico totalmente sem ruído, combinado com oito tecnologias úteis, incrementa o prazer de condução nas tarefas do dia-a-dia. A ë-Jumper adapta-se aos constrangimentos mais difíceis com uma carga útil até 1.590 kg, volume de carga até 17 m3 e duas classes de peso bruto do veículo (P.B.).

E PARA MAIOR APOIO E SIMPLIFICAÇÃO NA CONDUÇÃO ELÉTRICA…

A Citroën recomenda a app Charge My Car desenvolvida pela Free2Move. A app ajuda os clientes a carregar os seus veículos em toda a Europa, através do acesso a mais de 220.000 postos de carregamento públicos, e a planificar, com total tranquilidade, as suas deslocações fora das áreas urbanas. Os condutores têm apenas de aceder ao nível da bateria para visualizar um mapa de estações de carregamento no seu raio de autonomia, compatíveis com o seu veículo e disponíveis para utilização.

O carregamento na Europa é igualmente fácil, através da app ou com o cartão Free2Move, o que permite iniciar e finalizar o carregamento e pagar depois. A app também fornece um resumo do consumo de energia e estatísticas úteis para os gestores de frotas. O planeamento do percurso é fácil, sendo que os clientes apenas necessitam de aceder à autonomia restante do veículo, sendo o percurso automaticamente enviado para o seu touchscreen ou app preferidos, Waze, Map ou Google. 

[1] Autonomia calculada de acordo com a metodologia do protocolo WLTP (R (EC) No. 715/2007, R (EU) No. 2017/1151)  

[2] A autonomia no ciclo WLTP varia de acordo com diversos fatores, tais como estilo de condução, condições exteriores, percurso e utilização do aquecimento.

[3] A autonomia no ciclo WLTP varia de acordo com diversos fatores, tais como estilo de condução, condições exteriores, percurso e utilização do aquecimento.