user_mobilelogo
Um dos mais conceituados eventos de clássicos da Europa está de regresso ao Estoril Classics no fim-de-semana de 08 a 10 de Outubro e a competição Iberian Historic Endurance faz parte desta festa com 44 equipas inscritas, ou seja, com lotação esgotada. O Historic Endurance vai contar este fim-de-semana com uma sessão de qualificação e uma prova de 50 minutos.
O regresso à competição
Depois de uma paragem de verão, o Iberian Historic Endurance regressa aos circuitos no Estoril, depois de ter visitado o Algarve em Maio, Jarama em Junho e Spa no final de Junho, a Competição ibérica regressa agora ao evento de enorme dimensão como é o Estoril Classics.
Com uma lista de inscritos provisória de 44 participantes, registo para a presença de um exemplar raríssimo, um Ferrari 365/4 GTB Daytona, que se estreia na grelha do HE e faz um total de dois Ferrari na competição.
Com um Datsun 1200 preparado pela Antero Competição, a dupla João Neves/Paulo Santos são a primeira entrada para a categoria Gentleman Driver Spirit. O fiável carro japonês terá como adversário o Ford Cortina Lotus de Luís Sousa Ribeiro, mas não só. Uma dupla de Alfa Romeos GTA estará também na disputa pela vitória da categoria. O primeiro Alfa Romeo GTA surge inscrito pelos franceses Xavier e Olivier Tancogne assistidos pela Gelscoe Motorsport, ao passo que o segundo carro italiano é conduzido por uma dupla nacional, falamos de Manuel Melo / João Sardinha com seu exemplar histórico preparado pela RP Motorsport. Alberto e Tomaz Velez-Grilo farão a estreia do seu novo BMW 1800 TiSA preparado ao pormenor pela Best Lap que estará acompanhado por outro clássico alemão, o já habitual Porsche 911 SWB da tripla assistida pela Garagem João Gomes Nuno Nunes, Piero dal Maso e José Carvalhosa. Antevendo-se assim uma disputa muito interessante pela vitória daquela que é a categoria para Turismo Especiais pré-1965 até 2.000cc.
Na bem preenchida categoria dedicada apenas a veículos até 1965 há carros espetaculares como o AC Cobra Daytona dos pilotos francês Xavier e Olivier Tancogne, o Porsche 904/4 do dinamarquês Thorkild Stamp que chega ao Estoril com o britânico Michael Holden como companheiro de equipa. A categoria H-1965 é a categoria mais internacional da grelha. Rhea Sautter/Andrew Newall, dupla anglo-germânica forte candidata à vitória, surge ao volante de um Jaguar E-Type, carro idêntico ao do piloto alemão residente em Portugal, Robert Frowein. O piloto holandês Bart Uiterwaal volta ao Estoril Classics com um potente Ford Mustang. A terminar esta internacional lista de inscritos da H-1965 estão 3 Porsches 356. Guillermo Velasco/ Francisco Freitas, François Guerin, Pedro Moriyon/José terão o prestigioso papel de assumir o volante do elegante carro alemão.
A categoria H-71 é uma das que recebe mais participantes. Desde o ágil Lotus Elan de Joaquim Soares aos intemporais Porsche 2.5 ST de Alfonso Garcia/Ildefonso Garcia, a tripla Piero dal Maso/Nuno Nunes/José Carvalhosa e António Castro/Stig Nas. Há ainda uma enorme panóplia de carros que fazem parte dos nossos sonhos para ver, por exemplo, os espetaculares Alfa Romeo GTAm, um inscrito pelos portugueses Jorge Santos/Alcides Petiz e dos alemães Christian Oldendorff e Peter Praller, ambos assistidos pela Fernandes Racing Dept. Miguel Ferreira apresenta-se na quinta edição do Estoril Classic a solo, ao volante do seu habitual Ford Escort RS1600 preparado pela Antero Competição, que terá a forte oposição do Datsun 510 SSS da dupla Alexandre Leal /Nelson Rego assistidos pela equipa mafrense Martinho Sport. A finalizar esta excelente categoria o muito popular Volvo 121, pelas mãos do piloto nacional Jorge Guimarães.
A categoria H-1976 é a mais concorrida, onde os Porsche 911 surgem em maior número. Da variante 911 3.0 RS são sete e a dupla Carlos Brízido/João Pina Cardoso já bem conhecida no pelotão regressa ao Estoril Classics bem assim como as duplas Miguel Vaz/Fernando Soares, Bruno Duarte/Filipe Jesus. Vasco Nina e Eduardo Davila serão os pilotos que ao volante do sonoro carro alemão farão os 50 minutos da prova a solo. Vindos da Dinamarca chegam mais dois 911 3.0 RS, para o casal Annette Rolner e Lars Rolner e inscrito ainda o Porsche 2.8 RSR do português Mário Meireles. Ainda nesta competitiva categoria, o peculiar Saab Sonett III de Paulo Sousa/Francisco Pinto é sempre uma delícia de ver passar. Do Group1 Portugal chega um Ford Escort RS 2000 com a dupla Carlos Dias Pedro/Ricardo Pereira para animarem o pelotão. A fechar esta aguerrida categoria aparecem duas autênticas joias do mundo automóvel, dois exemplares da marca de Maranello. César Freitas no seu elegante Ferrari 308 GT4 e a tripla Thorkild Stamp/Jakob V. Holstein/ Michael Holden no valioso Ferrari 365 GTB/4 Daytona.
Para a categoria rainha H-GTP, o experiente português Carlos Barbot fará alinhar o seu sempre rapidíssimo Merlyn MK4. João Mira Gomes/Nuno Afoito continuam leais ao Lotus Seven e Paulo Rompante traz o seu bonito e elegante Alfa Romeo TI Super que se revela cada vez mais competitivo.
A terminar esta incrível lista de inscritos surge a categoria H-INV, dedicada a carros que não se encaixam no regulamento da competição ibérica mas que recebem um convite. Nesta categoria figuram dois pilotos nacionais, Jorge Cruz num BMW 323i e o experiente Manuel Ferrão que nos brinda com um Lotus Elan Racing Ex-Team Palma.
Com a pista esgotada com 44 carros em pista vai ser certamente uma corrida fantástica e uma das melhores deste ano, mas para Diogo Ferrão, responsável pelo Iberian Historic Endurance, "estar perante uma lista deste calibre e a poder receber este grande número de pilotos é um enorme orgulho. Todos sabemos das dificuldades de hoje em dia em organizar corridas de automóveis, ou qualquer outro evento, por isso esta grelha com quantidade e qualidade é motivo de orgulho e do nosso trabalho ao longo dos anos.”
O evento terá uma qualificação, Sábado (dia 09 de outubro) às 16H00 e a corrida será realizada no domingo (dia 11 de outubro) às 17h45 recebendo a honra de ser a corrida de encerramento deste grande evento.