user_mobilelogo
  • Piloto da Ford Ranger é 3º do CPTT, lidera Taça Ibérica e quer vencer Troféu do Grande Lago
Depois de mais de quatro meses de interregno, o Campeonato de Portugal de TT AM48 está de regresso. Nos próximos dias 1 e 3 de outubro em Reguengos de Monsaraz, Redondo e Évora disputa-se a Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal competição também pontuável para Taça Ibérica e para o Troféu Terras do Grande Lago Alqueva.
Depois de ter estado em excelente plano nas três provas que já disputou esta temporada André Amaral, aos comandos de uma Ford Ranger e navegado pelo experiente Nelson Ramos apresenta-se na prova alentejana com objetivos repartido por três frentes distintas.
Liderando a Taça Ibérica o piloto de Barcelos trava um animado duelo com o espanhol Luís Recuenco numa competição que terá a sua quarta e derradeira etapa a 23 e 24 de outubro em Cuenca. No Troféu Terras do Grande Lago Alqueva, que junta esta prova com a Baja da Extremadura onde André Amaral foi 2º classificado, a sua posição é mais favorável já que Felix Macias não vai estar presente na prova alentejana de Reguengos de Monsaraz. Um título que o piloto da Ford Ranger tentará alcançar este fim-de-semana. Mais a longo prazo é a luta pelo CPTT onde André Amaral se apresenta em Reguengos em 3º lugar depois de uma 5ª posição em Beja e um 3º lugar no Algarve. A juntar a todas estas classificações a MMSport, que inscreve André Amaral, lidera o Campeonato por equipas.
“É bom poder regressar às corridas. A prova de Reguengos é habitualmente muito competitiva e com pistas muito interessantes. O nosso foco é fazer uma boa corrida, andando rápido, mas sem cometer erros. Sabendo que estamos em várias frentes poderemos ter de fazer alguma gestão, mas não vamos encarar a corrida com preocupação. Queremos acima de tudo voltar a competir” salienta André Amaral.
A Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal compreende um total de 356,30 km disputados ao cronómetro. O prólogo com 6,3 km, será a disputado na sexta-feira, dia 1 de outubro. No sábado a prova prossegue com a disputa de dois Sectores Seletivos num total de 206,30km e no domingo a prova encerra com um SS de 150 quilómetros disputados ao cronómetro.