user_mobilelogo
Decorreu ontem na Câmara Municipal de Santana, numa cerimónia presidida pela vice-presidente daquela autarquia, Élia Gouveia, a apresentação do RALI DO FAIAL - SANTANA 2021. Na ocasião foi destacado o apoio dado por aquela câmara municipal ao desporto em geral bem como assinalado o protagonismo do desporto motorizado junto da população local. Devido a esta cerimónia, esteve em exibição nos jardins da autarquia a viatura de um dos pilotos do concelho, Miguel Nunes, que pode ser vista e apreciada pela comunidade escolar local.
Em nome do Clube Automobilístico 100 à Hora da Madeira e comissão organizadora do evento, Emanuel Pereira destacou todo o apoio e suporte recebido da Câmara Municipal de Santana, juntas de freguesia e casas do povo envolvidas que possibilitam, também pela parceria com os seus patrocinadores, cooperação de autoridades e outras entidades oficiais, a sua missão da coletividade no engrandecimento e enriquecimento do desporto bem como o papel fundamental que as suas iniciativas têm tido no relançamento da economia local.
No que toca aos colaboradores da agremiação, foi enaltecida a sua dedicação que tem igualmente possibilitado que o clube se mantenha na vanguarda desta modalidade a vários níveis. Esse protagonismo da coletividade tem estado nos últimos tempos, e após vários outros itens, muito centrado na segurança e ferramentas muito melhoradas. Estreadas noutro evento, surgirão ainda beneficiadas neste RALI DO FAIAL – SANTANA 2021. Nesta prova será também estreado um novo dispositivo de segurança que possibilitará uma ainda maior rapidez de intervenção em situações que o justifiquem
A fórmula desta prova tem recebido ao longo dos tempos muitos elogios e a sua estrutura surge praticamente inalterada também em 2021. Tal como no passado, o Kartódromo do Faial recebe a cerimónia de entrega de prémios, o parque de assistência e o parque fechado final. A prova organizada pelo Clube Automobilístico 100 à Hora da Madeira terá assim um total de 125,66 km dos quais 70,86 corporizam as sete provas especiais do itinerário comum e que representam quase 60% da distância a ser percorrida pela caravana.
O programa da prova tem início na quinta-feira, 30 de setembro, com a realização dos reconhecimentos da prova especial do Kartódromo CORAL, entrega de materiais aos concorrentes e verificações administrativas. Ao final da tarde de sexta-feira, 1 de outubro, terão lugar na Casa do Povo do Faial as verificações técnicas iniciais. O rali, propriamente dito, tem início e final no, sábado, 2 de outubro, e prevê a disputa de ronda tripla por duas classificativas muito particulares. Faial mantém um traçado muito exigente e técnico enquanto Santana, bastas vezes elogiada, mantém a sua incrível rapidez. O setor seletivo termina com a passagem pelo sempre espetacular Kartódromo.