user_mobilelogo
  • Piloto da Yamaha foi 5º entre os Rookies

António Maio iniciou de forma muito positiva a sua participação a 41ª edição do Rali Dakar, a décima que se disputa na América do Sul sendo o quinto mais rápido entre os estreantes na prova das motos – os Rookies – e  com um 40º tempo na etapa inaugural do Rali Dakar 2019 que hoje se disputou entre a capital Peruana Lima e Pisco.

Pelo terceiro ano consecutivo a Federação de Motociclismo de Velocidade promove um troféu de iniciação à velocidade com o nome de Velocidade 2020. Em 2018 foram cerca de três de dezenas os jovens pilotos que cresceram aos comandos das pequenas IMR da Classe 1 ou as MIR da Classe 2, categorias que em 2019 vão estar no mesmo programa evento após evento, sendo que as Moto 5 têm duas etapas exclusivas para a classe e que serão realizadas nos circuitos do Autódromo Internacional do Algarve e Estoril.

  • AMSPORT no Rally Serras de Fafe, a decorrer nos dias 22 e 23 de Fevereiro.

Com o objetivo de reforçar a imagem e promover o crescimento da estrutura de competição automóvel, a AMSPORT pretende disponibilizar em 2019 o aluguer de vários veículos de competição assim como serviços de assistência, assegurando as melhores condições para os pilotos atingirem os seus objetivos.

A direção de prova do Africa Eco Race tomou a decisão de cancelar a etapa de hoje, a sexta jornada da corrida e a primeira a ser disputada na Mauritânia, por razões relacionadas com as más condições climatéricas que poderiam colocar em causa a segurança dos concorrentes.

Arrancou este fim-de-semana a época desportiva de 2019 para Filipe Albuquerque com a realização dos testes de preparação para emblemáticas 24h de Daytona que acontecem a 24 de Janeiro. O piloto português que fará equipa com João Barbosa, Christian Fittipaldi e Mike Conway aproveitou os 15 minutos de qualificação para colocar o Cadillac com o #5 entre os mais rápidos.

A direção de prova do Africa Race tomou a decisão de cancelar a etapa de hoje, a sétima jornada da corrida e a primeira que deveria ter sido disputada na Mauritânia, por razões relacionadas com as más condições climatéricas que poderiam colocar em causa a segurança dos concorrentes.

Pela segunda vez na sua carreira David Megre enfrenta a mais temida, exigente e mediática prova do TT mundial. Aos comandos de uma KTM o ex-campeão europeu de Bajas (2009) quer terminar a prova sul-americana, algo que não aconteceu aquando da sua primeira participação quando foi forçado a abandonar na quarta etapa da prova.