user_mobilelogo
Uma semana depois da ronda de estreia da Velocidade 2020 e do Oliveira Cup o complexo do Autódromo Internacional do Algarve volta a acolher uma prova de um campeonato FMP, agora a prova inaugural do campeonato nacional de velocidade.

A Bridgestone quer chegar mais longe do que o segundo lugar alcançado em Le Mans, quando as suas melhores equipas de resistência enfrentarem as 8 Horas de Oschersleben, na Alemanha, no dia 20 de maio.

A equipa oficial do EWC da YART Yamaha, equipada pela Bridgestone, liderou as 24 Horas do Le Mans Moto (15-16 Abril) durante grande parte da corrida e terminou na segunda posição, a menos de 20 segundos do primeiro classificado, também da Yamaha, e 12 voltas à frente das restantes equipas.

Nas hostes da Citroën, cujo piloto mais regular tem sido o irlandês Craig Breen, somando três quintos lugares, Kris Meeke, vencedor da edição anterior do Vodafone Rally de Portugal, reconhece que necessita de conquistar melhores resultados, mesmo que tenha somado a única vitória (México) da marca francesa esta temporada.

Pedro Coelho Saraiva  estava  satisfeito no final da rampa da Falperra, como nos confirmou depois de retirar o seu capacete, isto já em pleno parque fechado da Rampa da Falperra, bem junto ao Santuário do Sameiro, onde nos começou por dizer “  correu da melhor maneira,  mas estive mais lento que há dois anos nesta mesma rampa, e isso em parte por causa da falta de ritmo da minha parte, e este carro ser muito diferente do que utilizei na época passada.Em 2016 utilizei um Mitsubishi Evo IX, e este que corri agora na Falperra é um Evo 9, daí as grandes diferenças entre os dois carros.O resultado aqui alcançado, melhor era completamente impossível, e agora de seguida há que parar para pensar, pois para todos os efeitos venci tres categorias, o Grupo N, Categoria 3, e o  segundo classificado na categoria do Europeu de Montanha, portanto um feito difícil de igualar nos próximos anos”.

No regresso, 18 anos depois, da equipa oficial da Toyota ao Vodafone Rally de Portugal, a equipa nipónica centra as suas atenções em Jari-Matti Latvala, já vencedor esta época do Rali da Suécia e atual segundo classificado no Mundial. Para a sexta prova da temporada, a equipa liderada por Tommi Makinen apresentará o Yaris um pouco mais competitivo…