user_mobilelogo

Não é só em Fronteira que equipas, máquinas e pilotos passam 24 horas a correr às voltas numa pista de terra. França é um dos países europeus onde esta tradição de resistência TT está mais enraizada e as 24 Horas TT de Paris são um momento alto no calendário anual e um ponto de referência para todos os que competem nesta área.

É mais normal serem vistos em listas de inscritos do Campeonato de Portugal de Ralis, se bem que dois eles também foram presenças assíduas em rondas de velocidade, mas agora surgem nas listas de inscritos de Fronteira.

Arranca este fim-de-semana a grande festa de encerramento da temporada do TT Nacional, as 24 Horas de Fronteira nesta que será a 21ª edição.

Como vem sendo habitual, Rui Marques, que vai já para a sua 11ª participação, estará presente com a máquina com que participou no CNTT, com o “objectivo claro de terminar a prova no TOP-10”, a Nissan Navara que ostentará o número 11, foi alvo de “uma revisão profunda após a Baja de Portalegre e julgamos estar pronta para discutir tanto a vitória na classe com um lugar nos 10 primeiros” refere o Piloto de Mação.

O balanço do Rali de Paredes, que teve lugar no passado fim de semana, não foi de modo algum absolutamente positivo para a equipa da Team MMA na qual Carlos Gonçalves acabaria por ser obrigado a desistir, enquanto Pedro Monteiro chegou ao final, como vencedor da sua categoria.

  • João Dias e Pedro Carvalho no Top 10 final do CNTT

A SGS Car Racing completou no passado fim de-semana a sua participação na temporada de 2018 do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno averbando um excelente 2º lugar no 25º Raide Paraíso Todo-o-Terreno que se disputou em pistas de Góis e Arganil. Apesar de nesta derradeira prova da temporada do CNTT terem tido sortes diferentes, os dois pilotos figuram no Top 10 final da supercompetitiva categoria SSV.

Uma semana depois do MotoGP o circuito Ricardo Tormo em Valência acolheu no passado fim‑de‑semana a ronda final do European Talent Cup.
Com um forte contingente de jovens pilotos o pelotão da categoria contou novamente com a presença do jovem lisboeta Kiko Maria que aos comandos da Honda com as cores da Marinelli queria novamente atingir a qualificação tal como nas duas rondas anteriores.

Há muito que a família Andrade é uma presença assídua nas AFN 24 Horas TT Vila de Fronteira e uma das principais favoritas à vitória com um recorde de nove pódios e cinco triunfos. Por isso, não é de admirar que depois do azar do ano passado, em que perdeu uma vitória mais que certa devido a problemas de embraiagem no A.C. Nissan Proto nos últimos 30 minutos de prova, a equipa luso-francesa venha para esta 21ª edição das 24 Horas com vontade redobrada de vencer.