user_mobilelogo

Com o número 315 nas portas do Duster, Carlos Sousa estará amanhã (sábado) à partida da edição 2018 do Dakar. O português admite estar “muito expetante e curioso” com este regresso ao mais duro e apaixonante rali do mundo. Afinal, para além de se estrear com o Duster e de ter um novo navegador, há dois anos que está afastado das competições. Mas apesar dos condicionalismos, o piloto de Almada sonha com um resultado final entre os dez primeiros. O Dakar 2018 decorrerá entre amanhã e o dia 20 de janeiro, com passagem pelo Peru, Bolívia e Argentina.

Comunicado

Vimos por este meio confirmar a ausência do piloto português Paulo Gonçalves à partida para a 40.ª edição do Rali Dakar, prova que tem início no próximo sábado em Lima, no Peru, e que perde assim um dos seus principais favoritos à vitória final nas motos.

A gama de propostas da PEUGEOT SPORT reforça-se em 2018 com a chegada do novo PEUGEOT 308TCR. Evolução importante face ao 308 Racing Cup, este último derivado do PEUGEOT 308 GTi by PEUGEOT SPORT, esta nova máquina de competição destina-se à muito dinâmica categoria TCR, agora integrada no novo campeonato WTCR.

Elisabete Jacinto concluiu hoje mais uma etapa do Africa Race 2018, desta feita a terceira que se cumpriu entre Agdal e Assa, em Marrocos. O dia começou bem para a equipa Bio-Ritmo® que registou um andamento muito rápido durante grande parte da especial. Até ao CP2, os portugueses figuravam em segundo lugar entre os camiões e estavam a discutir de perto a liderança com o húngaro Micklos Kovacs. Mas, a poucos quilómetros do CP3, o diferencial da frente do MAN TGS partiu dificultando, desta forma, o andamento dos portugueses que terminaram a jornada no 10º posto da sua categoria.

  • O Team PETRONAS De Rooy IVECO colocou os seus dois camiões IVECO Powerstar entre os 10 primeiros classificados na 1ª etapa desta exigente competição de rali-raid.
  • Gerard De Rooy cruzou a linha de meta na 3ª posição, enquanto Wuf Van Ginkel foi 6º, depois da ambos terem conseguido ultrapassar as dificuldades das pistas pedregosas e poeirentas.

Com reconhecimento a nível nacional e muitas dezenas de jovens pilotos a passarem pelas suas instalações o Off Road Camp Yamaha e a Federação de Motociclismo de Portugal assinaram no final do ano de 2017 um protocolo de parceria que visa não apenas promover a prática segura do motociclismo de competição ou lazer mas também captar jovens pilotos com potencial para enveredar por uma carreira desportiva.

O ano 2018 ainda agora começou e a agitação normal da vida de um piloto profissional não tem descanso. Depois de mais de 160 voos ao longo do ano 2017, António Félix da Costa não descansa e inicia amanhã um mês "non stop", com três dias de testes de preparação para as 24 Horas de Daytona, seguindo depois directamente para a corrida de Marraqueche da Formula E, voltando depois a passar o Atlântico para participar nas míticas 24 Horas de Daytona.