user_mobilelogo

Rafael Cardeira regressa já no próximo fim-de-semana à competição, participando no Rali Casinos de Espinho, prova pontuável para o Campeonato Nacional de Ralis. Navegado por André Couceiro, o piloto marinhense regressa assim à competição depois de, no Rali de Castelo Branco, ter sido obrigado a abandonar a prova devido a despiste.

Apesar dos danos significativos na viatura de competição, Rafael Cardeira e a sua equipa trabalharam arduamente para repor a viatura a tempo da segunda prova da temporada, objetivo que foi atingido com sucesso. “Nos dias seguintes ao acidente, as palavras de incentivo que recebemos de todos os patrocinadores foram uma grande ajuda para as horas extra que fomos forçados a fazer de forma a preparar o Renault Twingo R1 a tempo da partida do Rali Casinos de Espinho. Este esforço financeiro a que fomos obrigados, num projeto como o nosso, é sempre complicado de gerir, mas acredito que serviu para mostrar aos mais cépticos que o Projeto Desportivo que temos é solido”, começa por afirmar Rafael Cardeira.

O Rali Casinos de Espinho, que decorre no norte do país entre os dias 21 e 22 de Abril, é uma prova nova para a dupla marinhense e Rafael Cardeira já antecipou algumas das maiores dificuldades: “Esta é a primeira vez que participo neste formato da prova organizada pelo Targa e, depois dos reconhecimentos, acredito que será uma prova longa e dura. Em Castelo Branco estávamos com um bom andamento e não vamos abdicar desse ritmo por causa de um momento menos positivo. Os nossos objetivos estão bem definidos e vamos continuar a trabalhar para evoluir no Renault Twingo R1.”

O Rali Casinos de Espinho para além das habituais especiais, conta com uma Street Stage em Gaia, disputada no sábado, num momento que irá certamente atrair milhares de fãs dos Ralis para a cidade a sul do Douro. Para o piloto do Clube Automóvel da Marinha Grande esta “é uma ‘montra’ extraordinária em que iremos sem dúvida poder dar aos nossos patrocinadores um retorno importante. Os ralis devem ser disputados em zonas onde interajam diretamente com o público e esta Street Stage é uma das soluções mais interessantes para esse fim.”

O Rali Casinos de Espinho vai para a estrada no próximo fim-de-semana, iniciando-se com uma Super-Especial disputada em Santa Maria da Feira. Já para sábado estão agendadas oito especiais e duas passagens pela Street Stage de Gaia, num rali com um total de 407.02km, dos quais 109.06km cronometrados.

Informações sobre a prova: http://rallyecasinoespinho.com/

Luís Caseiro vence Classe não Turbo

Depois de duas jornadas encharcadas foi com sol, calor e pó que as pistas serranas algarvias receberam a terceira etapa do Troféu Polaris RZR. A dupla João Lopes/Bruno Santos dominou de forma clara a Baja de Loulé e a dupla da JL Racing venceu ainda a classificação geral absoluta.

A dupla portuguesa Nuno Matos/Nuno R. Silva cumpriu hoje as verificações técnicas e administrativas do Morocco Desert Challenge e parte amanhã para a primeira etapa desta dura competição africana que ligará Plage Blanche a Icht, num total de 387km.

Nuno Matos, que vai participar nesta prova africana aos comandos do seu habitual  que sofreu as transformações necessárias para este tipo de provas. O atual campeão nacional de TT faz parte do leque de cerca de 500 participantes de 22 nacionalidades distintas e vai competir na categoria Car/Buggy/SSV, onde se inserem cerca de 80 equipas, 41 das quais em auto. Da lista de participantes fazem também parte 20 camiões e 104 participantes que vão disputar a prova na categoria Moto/Quad.

Os pilotos do Team Peugeot Hansen vão abordar a segunda prova do Campeonato do Mundo FIA de Ralicross com ambição. No traçado de Montalegre, Sébastien Loeb e Timmy Hansen têm como objetivo conquistar o número máximo de pontos.

A piloto Elisabete Jacinto e a equipa Bio-Ritmo® realizaram hoje, em Agadir, as verificações administrativas e técnicas do rali Morocco Desert Challenge. Este é o dia dedicado ao controlo de toda a documentação exigida pela organização assim como da conformidade técnica de todos os veículos admitidos em prova. O trio português, formado por Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho, alinha assim à partida deste grande evento desportivo, tendo o 506 como número de prova.

O Campeão Nacional de Velocidade 2015 e vice-Campeão Nacional de Velocidade 2016, Francisco Abreu, vai regressar ao volante do Volkswagen Golf GTI TCR, do Team Novadriver com as cores da King Tony, Imed, Brisa,Club Sport Maritimo, C.Santos VP, Arango, Diário de Notícias da Madeira, Volkswagen Financial Services, Galp Formula, Panta Racing Fuel, Duoseg Competição, Autódromo Virtual de Lisboa, Publicomp,Cision e Autódromo Internacional do Algarve, para a temporada 2017 do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos/TCR Portugal e do TCR Ibérico.

Mário Franco, acompanhado de Luís Engeitado e Álvaro Oliveira que teve a seu lado Cristina Esteves, foram os vencedores da terceira etapa da Taça YXZ 1000R que se disputou nas pistas serranas da região algarvia.