user_mobilelogo
António Félix da Costa subiu hoje ao pódio, nas 6 horas de Fuji (Japão), segunda prova do WEC (campeonato Mundial de Resistência). Um excelente 2º lugar final na classe LMP2 para o piloto Português, ao volante do Oreca 07 da equipa JOTA Sport, que mostrou uma vez mais todo o seu talento, apenas na sua época de estreia nesta categoria.

  • Franco Sport com os seus dois Yamaha no Top 10
  • Vídeo com declarações de Rui Serpa e Nuno “Matias” Guilherme aqui.

A estreia de Rui Serpa navegado por Nuno “Matias” Guilherme na competição SSV do Rally du Maroc foi extremamente positiva com o ex-campeão nacional a averbar o 3º melhor tempo na primeira etapa a apenas 3m35s da estrela americana Casey Currie.

José Pedro Fontes e Inês Ponte Grancha ao volante do Citroen C3 R5 da Sports & You venceram o Rallye Vidreiro Centro de Portugal por escassos 0,6 segundos para os segundos classificados, os líderes do Campeonato de Portugal de Ralis, Ricardo Teodósio e José Teixeira num Skoda Fabia R5. O duelo foi aceso ao longo de toda a prova mas intensificou-se nas últimas classificativas. José Pedro Fontes consegue assim a segunda vitória da época, depois de ter subido ao lugar mais alto do pódio no Rali Terras D'Aboboreira. Teodósio mantém a primeira posição no Campeonato que se irá decidir na última prova no Rallye Casinos do Algarve.

  • RICARDO TEODÓSIO CONTINUA LÍDER DO CPR
  • CINCO EQUIPAS À PARTIDA E CINCO À CHEGADA 

Não podia ter tido mais emoção a discussão pela vitória no Rali Vidreiro Centro de Portugal. Numa luta à décima de segundo, Ricardo Teodósio e José Teixeira, fizeram tudo para vencer e continuam na frente do Campeonato de Portugal de Ralis, com a discussão do título a ficar guardada para o Rali Casinos do Algarve.

Foi provavelmente o Rallye Vidreiro Centro de Portugal – Marinha Grande mais disputado de sempre. José Pedro Fontes levou a melhor na prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande com uma vantagem de 6 décimos sobre o atual líder do Campeonato de Portugal de Ralis, Ricardo Teodósio.

Bruno Magalhães e Hugo Magalhães estiveram na luta pela vitória no Rali Vidreiro – Centro de Portugal, conseguindo um positivo 3.º lugar no regresso ao asfalto da Marinha Grande. Piloto do Team Hyundai Portugal vai para a última prova com legítimas aspirações ao título.

  • Rui Serpa de Yamaha YXZ1000R na Classe T3S

A Franco Sport está de regresso às provas de todo-o-terreno internacionais desta feita para disputar a 20ª edição do Rallye du Maroc que para a competição SSV terá uma extensão de 2300 quilómetros.