user_mobilelogo

Alberto Pires e o Team Clássico Racing/ Isvouga regressam à competição este fim-de-semana no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, aos comendos de uma Yamaha TZ 350/ Spondon.

O shakedown marcou o início do espectáculo do Vodafone Rally de Portugal. Apesar dos tempos realizados não contarem para a classificação, foi possível ver as equipas a colocarem-se à prova. Os primeiros sinais foram muito positivos com os três primeiros a ficarem separados por apenas meio segundo. Dani Sordo, da Hyundai, foi o mais rápido. O piloto espanhol estabeleceu o melhor tempo à terceira passagem pelo troço de 4,6 quilómetros. Marcou 3m06,9s e deixou o campeão do Mundo, Sébastien Ogier (Ford) a uma décima de distância. O francês dispõe de um novo Fiesta WRC e também efetuou três passagens pela classificativa. Jari-Matti Latvala, em Toyota mostrou rapidez na terceira e na quarta passagens e estabeleceu como melhor marca o tempo de 3m07,1s, ou seja, apenas mais duas décimas. 

Num formato um pouco diferente do habitual na medida em que incluía duas provas de resistência com uma hora de duração cada, o Troféu Yamaha foi até ao Alentejo para a sua terceira jornada desta temporada.

Os dois dias de reconhecimentos para o Vodafone Rally de Portugal chegaram ao fim. Terminado este processo, as equipas preparam-se para o início da competição. Antes disso, alguns pilotos dizem o que acham das classificativas desta edição. Há troços iguais, mas também há novidades.
Duas “especiais” da secção de sexta-feira – Caminha e Ponte de Lima – são percorridas no sentido inverso, enquanto Viana do Castelo tem 10,9 quilómetros completamente novos.

À partida do Vodafone Rally de Portugal, sexta das 13 provas do calendário do Mundial’2017, Thierry Neuville, da Hyundai, é o piloto mais rápido do campeonato, depois de ter sido o vencedor do maior número de classificativas (27), contabilizando Monte Carlo, Suécia, México, França e Argentina. Na segunda posição, e a uma diferença considerável, surge o galês Elfyn Evans, da Ford, que esteve em plano de grande evidência há duas semanas, no rali sul-americano (venceu sete troços), quando discutiu metro a metro a vitória com Neuville, tendo sido derrotado por apenas por 0,7 segundos, a terceira diferença final mais curta na história do Campeonato do Mundo de Ralis.

A ‘Braga Street Stage’, que se realiza esta Sexta-feira, 19 de Maio, será o ponto de encontro de grandes nomes do automobilismo mundial. Na zona VIP, instalada na Praça do Pópulo, estarão a assistir à prova Carlos Sainz, Luís Moya, Tiago Monteiro, Michèle Mouton e Ari Vatanen, entre outras personalidades convidadas.

A piloto Elisabete Jacinto participou ontem como oradora no encerramento do Concurso de Ideias “Mentes Brilhantes… Para o Turismo Militar”, que decorreu durante a abertura do Congresso Internacional de Turismo Militar, evento que se realiza até ao próximo dia 19 de Maio.