user_mobilelogo
  • Mais uma feito histórico para o piloto português 
Filipe Albuquerque conseguiu mais uma feito histórico para o automobilismo nacional ao conseguir vencer as 24h de Daytona. O piloto de Coimbra levou a bandeira de Portugal ao primeiro lugar do pódio na emblemática prova americana. Uma vitória suada mas muito merecida.

Uma  vez mais  Pedro Poças trouxe para o Campeonato Portugal de Clássicos o seu Porsche 924, e assim fez-nos um balanço daquilo que foi a época de 2020, dizendo:  “Foi uma época atribulada pois inicialmente tínhamos um calendário que a mim me agradou bastante mas infelizmente devido à pandemia ficou tudo de pernas para o ar e á medida que que se iam anulando provas e marcando novas datas e locais, pairava sempre a incerteza da realização das mesmas e inicialmente havia aquele sentimento de estar a fazer provas "avulso", o público ou a falta dele também não ajudou a dar aquele colorido e apoio que todos nós gostamos, assim como alguns apoios ou patrocínios que estavam previstos acabaram por não se realizar  mas dentro de todo o cenário anômalo há que enaltecer o trabalho da ANPAC que tudo fez para proporcionar um campeonato com qualidade mas com menos quantidade como é compreensível. 

Filipe Albuquerque prepara-se para dar início à temporada 2021 do Campeonato Norte Americano de Resistência este fim-de-semana de 30 e 31 de Janeiro com as emblemáticas 24h de Daytona. Depois de duas vitórias na grande maratona americana, em 2013 e 2018, o piloto de Coimbra ambiciona voltar a subir ao lugar mais alto do pódio, desta feita ao volante do Accura ARX-05 da Wayne Taylor Racing.

Com condições extremamente aliciantes e prémios no valor de 600 euros por prova e 4450 euros nos prémios finais, o Troféu Beta 2021 está preparado para mais uma vez enfrentar a temporada lado a lado com o Nacional de Enduro. Um aliciante pacote de condições ao qual se junta pela primeira vez no sexto de existência da competição a cedência de uma moto para as corridas do ano seguinte.

Com o agravar da crise pandémica, o calendário inicialmente previsto do Campeonato Portugal de Todo-o-terreno sofrerá alterações, sendo que para já a FPAK confirma que será composto por sete eventos, conforme mencionado abaixo:

Um ano depois da inauguração das instalações físicas da The Racing Factory, em Santa Maria da Feira, e depois de uma intensa época desportiva de 2020 felizmente recheada de conquistas desportivas, chegou a hora de acelerar também na WEB. A equipa liderada por Aloísio Monteiro, apresenta agora um reforço da presença online que procura complementar a sua já existente actividade nas redes sociais, com a apresentação desta nova página, num trabalho desenvolvido ‘em casa’, uma vez que o website foi integralmente desenvolvido pelo departamento interno de Design, Imagem e Comunicação, em mais uma amostra de que esta estrutura quer apresentar uma gama cada vez mais completa de serviços e soluções que ajude não só os seus clientes a competirem ao mais alto nível, mas que também os apoie no desenvolvimento da sua imagem e consequente reforço de visibilidade do desporto automóvel. 
 

Os pilotos do C3 Rally2 impuseram-se na renhida competição da categoria WRC3 no Rallye de Monte-Carlo e com o seu desempenho evidenciaram o conhecimento e a experiência da Citroën Racing. O desenvolvimento contínuo operado pela equipa e a forma como as formações batalharam nas categorias WRC2 e WRC3 permitiram que este arranque da época 2021 fosse um sucesso.