user_mobilelogo

É já no próximo fim de semana, que o Kartcross regressa às pistas, após a pandemia.

A nova aposta da Motor Sponsor para este ano viu o seu primeiro fim-de-semana de corridas realizar-se no Algarve, com 14 pilotos a responderem “presente”.

O bicampeão nacional de Ralis GT abriu a sua época nos ralis com um triunfo em Castelo Branco, resultado que Vítor Pascoal dedicou à memória de Domingos Mota. Piloto do Porsche 991 GT3 Cup, navegado por Ricardo Faria, superou condições difíceis no asfalto da Beira Baixa.

  • Luta pela vitória interrompida logo na primeira especial da segunda etapa após falha da suspensão
  • Apesar do resultado à geral, José Pedro Fontes venceu duas das sete especiais do rali e terminou no 10º lugar à geral em castelo Branco
  • CPR está de regresso, novamente com troços de asfalto, com o Rali Vinho Madeira

Depois da excelente exibição de ontem, esta segunda etapa do Rali de Castelo Branco tinha tudo para ser palco de uma muito animada luta pela vitória, tal o empenho e nível competitivo revelado em especial pelos três primeiros classificados, respetivamente, Armindo Araújo, José Pedro Fontes e Bruno Magalhães. Sobre eles recaía a responsabilidade de lutar pela vitória nas rápidas especiais de alcatrão do Rali de Castelo Branco, que neste segundo dia levaram as equipas até a zona de Sarzedas para uma dupla, passagem por Dáspera e Santo André das Tojeiras.

Ao conquistar a sua segunda vitória neste ano de 2020 Diogo Ventura assegurou em Souselas, junto a Coimbra, a renovação do título nacional de enduro em termos absolutos, o terceiro na carreira do piloto de Góis depois de ter conseguido feito idêntico em 2017 e no passado ano.

Depois de Luis Correia ter conseguido levar a Beta até ao topo do enduro lusitano em 2016, Diogo Ventura conseguiu este Domingo em Souselas colocar de novo a marca italiana no 'trono' da disciplina ao alcançar o título nacional absoluto, o segundo para a casa defendida em Portugal pela Moto Espinha.

Álvaro Parente terminou esta madrugada a segunda etapa do IMSA SportsCar Championship, 240 at Daytona, num bom quarto posto, que marcou o seu regresso às pistas.

Depois de mais de cinco meses sem competição, o piloto português estava ansioso por voltar a sentar-se num carro de corridas, o que acabou por acontecer este fim-de-semana no traçado tradicional da Daytona International Speedway.