user_mobilelogo

Elisabete Jacinto vai participar na 10ª edição do Rallye Oilibya du Maroc, competição que decorre em Marrocos entre 4 e 10 de Outubro. Apesar de este rali existir desde 1999, em 2017 celebra a 10ª edição organizada pela actual equipa da NPO que, por essa razão, prepara uma versão especial da competição. A equipa Bio-Ritmo® aposta em mais uma presença num dos maiores e mais importantes ralis de todo-o-terreno da actualidade o qual marca o final do campeonato da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) e da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

Após uma longa ausência, Joana Barbosa e Sofia Mouta estão de regresso à competição para alinharem nos dias 22 e 23 de Setembro no Rali de Mortágua, penúltima etapa do calendário 2017.

  • Piloto do Rakar Team perto do título na Classe Stock do Troféu Yamaha

Veja aqui o vídeo do Rakar Team na Baja TT Idanha-a-Nova.

A dupla Fernando Pinheiro/Gonçalo Félix do Rakar Team foi a grande vencedora da classe stock da Taça YXZ 1000R na Baja TT Idanha-a-Nova, reforçando com este resultado a liderança da classe desta animada competição promovida pela Yamaha Motor Portugal.

Tiago Monteiro regressa hoje a Portugal depois do acidente da semana passada em Montmeló que o levou a permanecer hospitalizado todos estes dias.

O piloto português, líder do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo, teve alta médica e será hoje transferido para um hospital no Porto onde continuará a sua recuperação nos próximos dias, até regressar finalmente a casa.

O Constálica Rallye Vouzela continua a primar pela diferença. Apesar de alguns avanços e recuos, a lista oficial dos inscritos da prova organizada pelo Gondomar Automóvel Sport tem um total de 60 equipas, o que traduz bem do excelente trabalho desenvolvido pela Promolafões na divulgação e promoção da competição, viajando de norte a sul do país para o impulsionar.

Num rali em que já não tinha grandes aspirações a dupla Paulo Ferraz /António Alexandre em Subaru terminou no 4º lugar a prova a apenas um segundo do terceiro.

No final da prova falamos com o piloto da Freixianda : “o rali correu bem pois nós apenas queríamos fazer um bom rali, pois em termos de classificação já não tínhamos grande ambição, entrámos cautelosos na super especial que estava com muito pó e não se via mesmo nada acabando por se refletir no tempo que fizemos, apenas o 9º. No domingo partimos mais confiantes e com um bom ritmo, mas a primeiro especial foi anulada devido a avaria do primeiro concorrente e quando partimos para a segunda PE já não me sentia tão confiante. Mesmo assim terminámos em quarto lugar da geral a apenas um segundo do terceiro.”

Depois da pausa de Verão, Fábio Mota regressa à competição no próximo fim-de-semana em Zolder, onde se disputa a quinta ronda da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo – ETCC, uma pista que desconhece, mas que nem por isso o atemoriza.