user_mobilelogo

Os principais pilotos açorianos que competem no Campeonato de Ralis dos Açores vão participar no XXVIII Rali Ilha Azul – Além Mar, prova que vai decorrer entre os dias 16 e 17 de Junho nas estradas do Faial.

A prova, organizada pelo CAF – Clube Automóvel do Faial, foi hoje apresentada em conferência de Imprensa, na sede do clube, e terá uma lista de 19 inscritos, que no entender do presidente do CAF, Bento Leonardo é “muito satisfatória”.

O coração do Vinho do Porto recebe o Campeonato Nacional de Montanha e a Vettra Motorsport tudo faz para ter um características de Ano Vintage.

Santa Marta de Panaguião recebe no próximo fim-de-semana as máquinas do CNM e a Vettra Motorsport irá comparecer com o fabuloso Nissan GT-R GT3, com José Correia ao volante, além dos bonitos Ford Escort e Datsun SSS de Augusto Vasconcelos e Mário Mesquita, respectivamente.

Filipe Albuquerque que completa hoje 32 anos já está em Le Mans, local, onde pelo quarto ano consecutivo celebra o seu aniversário. O piloto português enfrenta com a United Autosports a emblemática prova francesa ao volante do Ligier da equipa partilhando o volante com Will Owen e Hugo de Sadeller.

Carlos Martins e Daniel Amaral voltaram a vencer no Campeonato Nacional de Ralis, arrecadando nova vitória entre os RC2N no Rallye Vidreiro Centro de Portugal, a 6ª ronda da época e que esteve sob a responsabilidade do Clube Automóvel da Marinha Grande.

Joaquim Alves e Luís Ramalho continuam em alta no Campeonato Nacional de Ralis que desta feita regressou aos pisos de asfalto com a realização do Rallye Vidreiro Centro de Portugal.

Naquela que foi a quarta recepção ao campeonato nacional de motocross o traçado de Vieira do Minho assistiu no dia de ontem a um momento histórico do motocross português quando Hugo Basaúla se tornou no quarto piloto a vencer três títulos Elite consecutivos. Campeão em 2015 e 2016 na categoria maior do motocross português Basaúla  voltou a renovar o ceptro e juntou-se a Paulo Gonçalves, Hugo Santos e Luis Correia, o trio que já tinha alcançado um feito que ninguém conseguia desde 2011.

André Rodrigues e Eurico Adão não poderiam ter pior começo no Rallye Vidreiro – Centro de Portugal, depois do Citroen C2 R2 ter apresentado problemas eléctricos logo á saída do parque fechado.