user_mobilelogo

Uma vez o bonito Autobianchi A 112 de Domingos Fernandes vai marcar presença em mais uma edição da rampa da Falperra, segunda jornada do Campeonato Nacional de Montanha deste ano.

Miguel Lobo mostrou um forte andamento na primeira ronda da temporada de 2017 do Single Seater Series, que se realizou este fim-de-semana no Autódromo do Estoril, mas inúmeras contrariedades acabaram por o impedir de garantir os resultados que estavam ao seu alcance.

O jovem de Paços de Ferreira iniciou bem a sua passagem pelo histórico circuito português, tendo conquistado o terceiro posto na grelha de partida, depois de ter estado na luta pela pole-position, o que lhe abria boas perspectivas para o restando fim-de-semana.

As expectativas eram elevadíssimas e 2017 confirmou-as: pelo quarto ano consecutivo a etapa do Campeonato Nacional de Trial 4x4 em Mação foi um verdadeiro sucesso. Com uma enorme lista de inscritos e público a condizer, a etapa de Mação afirma-se já como uma prova de referência dentro do calendário desportivo do Campeonato Nacional de Trial 4x4 e o MAC TT-Clube TT de Mação como um clube exemplar.

Grande recuperação da dupla Luso-Dinamarquesa que partindo do 14º lugar da grelha sobem até ao 5º lugar no final da prova deste domingo no Estoril.

A corrida de sábado foi muito difícil para o Ferrari #488 pois uma qualificação pouco conseguida fez com que saíssem do 12ºlugar da grelha. Como consequência, ficar no meio do tráfego provoca consequentes atrasos que não permitem um corrida limpa. “Arranquei com algumas cautelas pois estava no meio do pelotão e uma corrida de 70 minutos não se vence na primeira curva. No inicio perdi duas posições que acabei por recuperar ainda na primeira parte do meu stint. Contudo a partir de determinada altura fiquei preso atrás do BMW e como ele se preocupava mais em defender a posição, acabou por prejudicar tanto a corrida dele como a minha pois atrasou-nos irremediavelmente. Senti que estávamos realmente mais rápidos, mas foi impossível passar”, foram as palavras de Miguel Ramos no final da prova, analisando a frente do Ferrari com alguns estragos. Quando da troca de pilotos e com Mac ao volante, o #488 ainda conseguiu recuperar mais alguns lugares, tendo terminado no 8º lugar.

Manuel Gião e Ricardo Gomes tiveram um fim-de-semana muito positivo no Estoril, onde começou a temporada de 2017 do TCR Ibérico e TCR España, tendo evidenciado um bom ritmo competitivo que se traduziu em resultados importantes.

Depois dos azares de ontem, hoje Álvaro Parente, na companhia de Ben Barnicoat, inverteu a sua fortuna e assegurou um importantíssimo segundo lugar na segunda corrida do programa da Virginia do Pirelli World Challenge, que foi o palco do início da vertente SprintX da competição.

Segunda corrida, segunda vitória, num pleno para a Veloso Motorsport na jornada de abertura do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos – TCR e TCR Ibérico 2017, competições que este fim-de-semana se disputaram no Autódromo Internacional do Estoril, onde se desenrolou também o International GT Open e outras competições nacionais. Com três carros nesta competição, a equipa comandada por Luis Veloso não deixou os seus créditos por “mãos alheias”, saindo do Estoril na liderança do Campeonato.