user_mobilelogo

Álvaro Parente não pára e no próximo fim-de-semana disputa o Grand Prix of Utah, a nona ronda do Pirelli World Challenge, que terá como palco o Utah Motorsports Campus.

O português continua o seu Agosto de competição intensa e, depois de mais uma etapa do IMSA SportsCar Championship no domingo passado, nos próximos dias terá nova etapa do “Campeonato da América de GT”, preparando-se para um mês durante o qual não terá qualquer folga.

O calendário de provas nacionais do desporto automóvel chegou a Paredes com a “Especial Sprint” que irá decorrer no próximo mês de setembro, sábado, dia 8, entre as 15h00 e as 23h30, numa pista montada junto ao Parque da Cidade.

Uma semana depois da intensa ronda da Poutena o campeonato nacional de Supercross está já a caminho de Fafe para em Arões serem discutidos os pontos da terceira - e penúltima - paragem do calendário 2018.

Mário Patrão inicia hoje a sua participação na Hungarian Baja terceira e derradeira jornada pontuável para a Taça do Mundo de Bajas, competição na qual o consagrado piloto português aspira lutar por uma das primeiras posições.

Enquanto muitos pilotos e equipas envolvidos nos diversos campeonatos aproveitam o período de Verão para um merecido período de férias, Ivo Lopes e a estrutura técnica da Pequeno Motos preparam de forma cuidada a sua próxima prova, a décima do campeonato do mundo Supersport a realizar na pista algarvia do Autódromo Internacional do Algarve entre os próximos dias 14 e 16 de Setembro.

  • Dovizioso e Lorenzo com ‘a carga toda’

Dobradinha da Ducati no GP da República Checa com Andrea Dovizioso e Jorge Lorenzo nos lugares mais altos do pódio da 10.ª prova do Mundial de MotoGP. No regresso das curtas férias depois da passagem por Sachsenring e uma semana antes da visita ao austríaco Red Bull Ring, as Ducati Desmosecidi, equipadas com baterias Unibat, dominaram no traçado de Brno, um dos mais antigos do campeonato, com Dovizioso a ser o mais rápido nos treinos de qualificação, saindo da pole-position para o degrau mais alto do pódio. E, com este resultado, numa das mais renhidas chegadas da história de MotoGP onde os 3 primeiros terminaram separados por 368 milésimos de segundo, o italiano ascendeu ao 3.º lugar da tabela pontual, mantendo intactas aspirações ao título mundial.

Desta feita quase  tudo correu de feição para Leonel Brás, que ao volante dos eu Citroen Ax apoiado pela Motul, venceu a rampa de Murça.Logo na subida da warmup, Leonel Brás faria um tempo de 2.40.228, correspondendo ao 14º melhor tempo à geral, e o primeiro na Taça Portugal de Montanha .