user_mobilelogo
  •  O novo evento português receberá a terceira prova da época, de 2 a 4 de outubro
  •  As espetaculares classificativas de asfalto serão um desafio para as equipas do ERC e do Campeonato Norte de Ralis
  •  Evento adotará o Apêndice S do Código Desportivo Internacional e todos os protocolos locais de COVID-19
O Eurosport Events, promotor do FIA European Raly Championship, tem o prazer de dar as boas-vindas ao Rally Fafe Montelongo pela primeira vez e acolhê-lo na família ERC.

Depois de ter ganho o Rali Alto Tâmega à geral em 2019, Vítor Pascoal voltou a triunfar na prova transmontana, desta feita para o Campeonato de Portugal GT de Ralis. Piloto do Baião Rally Team, que é navegado por Ricardo Faria, ganhou três das cinco classificativas do rali, disputado em condições difíceis para os Porsche.

A dupla Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Hyundai i20) sagrou-se vencedora, na tarde deste domingo, do Rali do Alto Tâmega, quarta prova do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), organizada pelo CAMI Motorsport, ao vencer quatro das seis classificativas e estabelecer, no final, uma diferença de 11.2 segundos para Armindo Araújo (Skoda Fabia).

A campeã nacional ARC Sport subiu ao Alto Tâmega para tentar dar a Ricardo Teodósio e José Teixeira os pontos necessários para manterem viva a chama da defesa do título. Os campeões nacionais subiram ao pódio, mas podiam ter alcançado outro resultado.

Seis classificativas, dois dias de prova e seis competições distintas na luta contra o cronómetro, eis o menu do Rali do Alto Tâmega (29/30 agosto), que foi apresentado, na tarde desta sexta-feira, no Centro de Arte Nadir Afonso, em Boticas, por Nuno Loureiro, presidente do CAMI Motorsport, que esteve ladeado por Fernando Queiroga, presidente da Câmara Municipal de Boticas, e Nuno Vaz, presidente da Câmara Municipal de Chaves.

O ano de 2020 trouxe-nos um conjunto de desafios difíceis e inesperados. A evolução pandémica da transmissão do vírus SARS – CoV 2 e as respostas encontradas para a combater, fizeram recair sobre toda a atividade humana uma nuvem de desânimo e incerteza, forçando-a a adaptar-se para garantir a sua continuidade.

Uma vez mais no passado fim de semana, o Parallel Velocity Club levou a efeito mais um dia de testes no troço em asfalto existente junto ao aeródromo da Maia Desta feita cinco carros marcam presença, e assim Joaquim Bernardes e o seu Volkswagen GTI marcaram presença, para testar travões. A dupla José Azevedo/Sandra Silva trouxeram o Nissan Micra, que no inicio da tarde debateu-se com problemas no motor, sendo assim obrigado a regressar a casa mais cedo. Por outro lado Frederico Castro/André Gaspar, testaram o Renault Clio RS, estando assim pronto para a participação  no Rali Mesão Frio que irá ter lugar no próximo fim de semana. Por ultimo de referir a presença do Fiat Uno 1.2 de Alfredo Lopes, e o Toyota Corolla ex-fábrica de António Ramos que se limitam a rodar o mais possível.