user_mobilelogo

Ricardo Gomes apostou este ano no CSS Group 1 aos comandos de um Ford Escort Mk2 e, muito embora seja uma categoria nova para si, o piloto de Braga mostrou competitividade e assegurou resultados, fazendo para já, um balanço positivo da sua temporada.

Estamos na pausa estival do CSS Group 1, tendo sido disputadas as provas do Estoril e de Jarama, eventos em que mostraste um andamento muito competitivo e com resultados extremamente positivos. Que balanço fazes?

Ricardo Gomes: Tem sido de facto um campeonato entusiasmante. Os objectivos a que nos propusemos na Old School Ford estão a ser atingidos, e o facto de conseguirmos um posicionamento nos primeiros lugares e disputar claramente o pódio a cada prova, é um feito para nós, que consideramos este um ano zero, na nossa participação neste tipo de campeonatos. Estamos por isso muito satisfeitos e temos agora como objectivo manter este ritmo e melhorar significativamente, incrementando um ritmo cada vez mais forte já nas próximas provas.

O ano passado disputaste o TCR Portugal para este ano passares para o CSS Group 1. Que diferenças encontras entre as duas competições?

Ricardo Gomes: Todas (risos)! Os carros que conduzimos são totalmente diferentes, o ambiente entre organização/equipas/pilotos, etc…a organização dos campeonatos é totalmente diferente, e a forma como cada um está presente, enquanto desportista e enquanto piloto em cada uma destas competições, é também distinta. Contudo, não deixa de ser extraordinário que o fator comum seja o grau de competitividade e de profissionalismo que pilotos e equipas empenham em ambos os campeonatos, sendo ambos extremamente competitivos.

Qual é a sensação de competires numa competição em que as grelhas de partida são formadas por carros que fizeram história no BTCC e nos mais importantes campeonatos de turismos do mundo?

Ricardo Gomes: Sabes, acho que esta é efectivamente uma maior valia para o público e isso é visível de prova para prova. O envolvimento do público com os carros, com as marcas, e com as equipas. A curiosidade de ver de perto carros que realmente fizeram história no automobilismo mundial. Muito para além disto, é um prazer enorme disputar cada metro de asfalto em competição ao volante destes carros, que apesar de clássicos, continuam ainda hoje a ser extraordinários e muito rápidos.

A segunda parte da temporada tem três dos mais importantes eventos de automobilismo do nosso país – Estoril Classic, Algarve Classic Festival e o Estoril Racing Festival. Quais são as tuas perspectivas para estes três fins-de-semana, que normalmente, levam muito adeptos, pilotos e equipas aos respectivos circuitos?

Ricardo Gomes: Não vamos baixar a fasquia. Muito pelo contrário, o objectivo será aproveitar a experiência adquirida nas últimas provas para incrementar mais ritmo e claramente disputarmos os primeiros lugares do pódio. Já percebemos que temos todas as condições para tal. O objectivo da nossa participação visa de igual modo colocar os nossos sponsors em contacto directo com o público e com os eventos desportivos que iremos ter até final do campeonato, seja no Estoril seja em Portimão.

CALENDÁRIO 2018

Estoril 1 de Maio

Jarama 2/3 de Junho 

Estoril 6/7 de Outubro 

Algarve 19/21 de Outubro 

Estoril 17/18 de Novembro

RGomes ENT 1801b

Poucos dias depois de ter vencido de forma categórica a edição deste ano do Rali Vinha da Madeira , Alexandre Camacho vem ao 16Válvulas contar como tal foi possível. Assim nos próximos minutos vão poder o piloto madeirense falar não só da sua performance mas também comentar a diferença para os seus adversários. Em suma : mais uma entrevista exclusiva que não podem perder! 

Na sua primeira entrevista após o terrível acidente na Marinha Grande , Jet Carvalho vem ao 16Válvulas fazer um ponto de situação da sua recuperação. Assim nos próximos minutos vão poder ouvir Jet falar não só do acidente e as suas consequências mas também dos seus planos de regresso aos Ralis que estima ser já em Setembro. No final ficaram os agradecimentos para todos os que acompanharam a dupla no ultimo mês e que ajudaram à recuperação.

Poucas horas depois de ter terminado no 2º lugar da geral do Rali Vinho da Madeira 2018 , Miguel Nunes vem ao 16Valvulas para uma entrevista exclusiva e com o AutoSport. Não percam esta 1ª parte.

Ouça a entrevista AQUI

Oportunidade de ouvirmos em entrevista ao piloto português presente , tal como Bruno Magalhães , no Europeu de Ralis com um Skoda R5 , Aloísio Monteiro. Assim nesta entrevista exclusiva 16Válvulas/AutoSport vão poder perceber as razões da aposta no ER em deterimento do CNR , bem como um primeiro balanço para o seu ano competitivo , com natural destaque para o Rali Acrópole e as suas armadilhas. No final revela planos já para 2019.

Oportunidade de regressarmos ao Desporto Motorizado no feminino. Desta vez fazêmo-lo com uma jovem piloto de Boticas de seu nome Sofia Porfírio. Assim nos próximos minutos vão ficar a conhecer o seu percurso competitivo sempre no mundo das 2 rodas. Oportunidade ainda de auscultarmos objectivos para a sua carreira bem como conhecermos os seus ídolos.

Depois de ter vencido o seu primeiro Rali para o CPR , Ricardo Teodosio aceitou desafio do 16Válvulas/AutoSport para uma entrevista mais longa. Assim nos próximos minutos vão poder ouvir o piloto falar não só da forma como conquistou o Rali de Castelo Branco , mas também sobre a sua carreira ligada aos Ralis e velocidade , sem esquecer as suas opiniões sobre o panorama dos patrocínios e apoios para os talentosos pilotos portugueses. No final deixou a indicação de que refez os seus projectos para este ano , com a aposta em estar presente no Rali da madeira ao contrário do previsto inicialmente. Não percam!