user_mobilelogo
  • Resultados de Vendas premeiam a equipa da Auto Júlio em cerimónia dedicada, realizada em Genebra, no âmbito do Salão Automóvel.
  • A M Coutinho destacou-se na estratégia de Marketing ao longo do ano findo;
  • a Julião & Filhos bisou com a conquista do troféu de Após Venda.

Foi em Genebra que a Mazda Motor de Portugal realizou o seu tradicional evento de distinção da performance dos Concessionários Mazda, premiando o trabalho e os resultados alcançados pelas respectivas equipas de vendas, marketing e após venda ao longo do pretérito ano.

  • “Repsol Racing Tour” vai estar em Lisboa, junto à Ribeira das Naus, de 28 de março a 1 de abril.
  • Circuito conta a história dos mais de 45 anos de presença, compromisso, segurança e qualidade da Repsol nas competições e no apoio ao desporto motorizado.
  • Gratuita, interativa e aberta a todos os públicos, já foi vista por mais de 12 mil pessoas e despede-se assim deste percurso por Portugal que durou mais de 2 meses.

O percurso da exposição móvel “Repsol Racing Tour” em Portugal chega ao fim, esta quarta-feira, dia 28 de março, com a última paragem marcada para Lisboa. A exposição estará disponível até domingo, dia 1 de abril, no CAIS do SODRÉ, junto à Ribeira das Naus. O horário da exposição nos dias úteis é das 9h00 às 18h30 com uma interrupção das 13h00 às 14h30 e durante os fins-de-semana e feriados, a abertura é às 10h00 até às 19h00. O circuito móvel finalizará assim o seu percurso pelo país, onde contactou com milhares de curiosos que ficaram a conhecer melhor a história do desporto.

A DS Automobiles acaba de lançar em Portugal o DS 7 CROSSBACK, num momento forte para marca, que coincide com a abertura das primeiras DS Store de Lisboa e Porto, e do DS Salon de Braga. Proposta que inaugura a segunda geração de veículos DS, o novo SUV DS 7 CROSSBACK apresenta-se como um verdadeiro concentrado da excelência da Marca DS e marca a diferença no panorama automóvel nacional, nomeadamente no segmento dos SUV premium.

  • Aposta na eletrificação, no GNC e na combustão tradicional
  • A marca venderá em 2020 o seu primeiro modelo 100% elétrico, com uma autonomia de 500 quilómetros
  • Luca de Meo: “É o momento de olhar para o futuro com a ambição de crescer”
  • SEAT obtém um lucro, depois de impostos, de 281 milhões de euros, mais 21,3% face a 2016 antes de efeitos extraordinários
  • O volume de negócios cresceu 11,1%, batendo um novo recorde para próximo de 10.000 milhões
  • O investimento total e os gastos em I+D aproximaram-se de 1.000 milhões, o maior valor dos últimos 25 anos
  • O cash flow operativo subiu para 947 milhões, atingindo um nível histórico

– A SEAT lançará um novo automóvel a cada seis meses até 2020. Os dois primeiros veículos serão o SEAT Tarraco e o CUPRA Ateca, com comercialização agendada ainda para 2018. No próximo ano chegará aos concessionários a nova geração do SEAT Leon, em duas variantes: a versão de 5 portas e o familiar ST. E em 2020, o primeiro veículo 100% elétrico da SEAT, com uma autonomia de 500 quilómetros e fabricado sobre a plataforma MEB do Grupo Volkswagen, e, pela primeira vez, a integração de um CUV na gama SEAT (Crossover Utility Vehicle).

5, 7 ou… 6 lugares! O Dacia Lodgy está mais versátil do que nunca, permitindo viagens ainda mais confortáveis e feitas à medida das necessidades de transporte de cada um. Se não precisa de todos os lugares, para quê levá-los consigo?

  • Melhoria da performance das fábricas de motores e de caixas de velocidades, por forma a responder às necessidades dos futuros modelos Opel/Vauxhall, desenvolvidos com base em plataformas do Groupe PSA
  • Preparação das instalações industriais para a evolução do mix de motores de combustão interna, bem como para o incremento da eletrificação
  • Localização em França da produção de caixas de velocidades automáticas para dar resposta às expetativas dos clientes

  • 150 técnicos e engenheiros, 60 testes, 30.000 km e quatro meses de trabalho em condições extremas para por à prova os novos SEAT
  • Todos os anos, até 90 veículos enfrentam a neve, o gelo e temperaturas que podem descer aos -35 graus
  • O objetivo dos testes é o de garantir o correto funcionamento de todos os sistemas antes de um modelo chegar ao mercado

Florestas de abetos e pinheiros gelados, com temperaturas que chegam aos 35 graus negativos e um lago gelado a servir de circuito. A camada de gelo com 60 centímetros cria uma pista ideal para a condução durante os meses de inverno. Todos os anos, num local próximo do Círculo Polar Ártico, os engenheiros da SEAT levam ao limite cerca de 90 veículos. Desta forma, comprovam a fiabilidade de todos os sistemas antes da chegada do novo modelo ao mercado. As rigorosas provas de inverno, a que também foi sujeito o SEAT Ateca FR, são as seguintes: