user_mobilelogo
  • Motor 1.4 Turbo e caixa manual de seis velocidades otimizados para estradas sinuosas;
  • Precisão dinâmica recebe contributo de componentes de chassis OPC;
  • Bancos Recaro e volante especial no interior; elementos a imitar carbono no exterior;
  • Corsa GSi segue a mesma filosofia de eficiência dinâmica do Insignia GSi;
  • Encomendas a partir de julho; primeiras unidades chegam em setembro.

Na mesma linha de eficiência dinâmica e elevadas prestações que deram origem ao topo de gama Insignia GSi, a Opel criou uma versão GSi do seu popular modelo Corsa, selecionando o motor 1.4 Turbo de 150 cv de potência e 220 Nm de binário[1]. O novo ‘pocket-rocket’ não é somente rápido em aceleração (0-100 km/h em apenas 8,9 segundos) como também se destaca em elasticidade, com a recuperação 80-120 km/h em quinta velocidade a requerer apenas 9,9 segundos, a caminho da velocidade máxima de 207 km/h. Simultaneamente, o Corsa GSi engrossa a lista de modelos e versões da Opel que já cumprem a futura norma Euro 6d-TEMP.

A Alpine chega a Portugal, num espaço único e exclusivo, que ostenta todo o ADN da marca automóvel de Dieppe. O prodigioso e “viciante” desportivo A110 faz as “honras da casa” e já está à venda, prometendo incansáveis momentos de prazer de condução para quem não sabe viver sem paixão!  

  • SEAT Ibiza e Arona
  • Identificada solução ténica
  • Campanha de Recall terá início nas próximas semanas
  • Segurança continua a ser prioridade máxima para a SEAT

A SEAT confirmou uma questão técnica no Novo Ibiza (modelos 2017 e 2018) e no Arona (modelo de 2018): há a possibilidade de em raras situações (por exemplo, mudanças súbitas de faixa de rodagem com cinco passageiros a bordo) e quando o assento central traseiro e o assento traseiro esquerdo estão ocupados ao mesmo tempo, o cinto de segurança esquerdo ser inadvertidamente liberto.

  • Opel dá início à transição dos motores do Astra para a norma Euro 6d-TEMP;
  • Ciclo inicia-se com os motores turbodiesel e o mais potente 1.6 Turbo a gasolina;
  • Otimização dos sistemas de tratamento de gases de escape: catalisador de redução seletiva e filtro de partículas de gasolina;
  • Medição de emissões em condições reais incluída pela primeira vez numa norma de certificação.

A Opel continua a renovar as suas motorizações à luz da futura norma Euro 6d-TEMP. Cabe agora a vez ao modelo Astra, cuja gama de motores a gasolina e a gasóleo transita para o futuro padrão que entra em vigor só em setembro de 2019. Registe-se que esta é a primeira vez que uma norma de certificação prevê medições em condições reais, efetuadas em estradas públicas. O ciclo de renovação no Opel Astra arranca com o motor a gasolina 1.6 Turbo de 200 cv de potência e o turbodiesel 1.6 Turbo D. A estreia está prevista na variante de carroçaria de cinco portas, seguindo-se a ‘station wagon’ Sports Tourer volvidas poucas semanas. As encomendas abrem em junho.

  • CITROËN CELEBRA O 50º ANIVERSÁRIO DO MODELOCOM UM “ART CART” E-MEHARI

O Citroën Méhari comemora meio século de vida. Cinquenta anos após o seu lançamento e 2 após a estreia do E-MEHARI, este descapotável atípico continua um símbolo da ousadia do automóvel francês.

  • A IVECO acaba de lançar no mercado japonês a sua vasta gama de veículos comerciais de mercadorias e passageiros movidos a gás natural, tendo marcado presença no “Japan Truck Show” (10 a 12 de Maio) onde expôs o Stralis NP 400 e a gama Daily Blue Power.
  •  
  • O Stralis NP 400 é o primeiro camião a gás natural especificamente concebido para transportes de longo curso e o primeiro do seu género a ser comercializado no Japão. A família Daily Blue Power também está disponível comercialmente, nas suas versões Daily Hi-Matic Natural Power e Daily Minibus Natural Power
  •  
  • A IVECO assinou um contrato com a Fuji Transport para a venda do primeiro camião IVECO Stralis NP 400 a Gás Natural Liquefeito (GNL), que será utilizado nas operações da empresa junto de clientes seleccionados e em colaboração com Grupo de Trabalho de GNL formado pelo governo local

  • Presente na região há 30 anos, a Luís Simões presta serviços a Cazorla, Italagro o Arrocerías Pons.

José Luís Simões, presidente do Conselho de Administração da Luís Simões, acompanhado por três administradores da empresa familiar Luís Simões – Leonel, Jorge e Daniela Simões – foi galardoado ontem em Badajoz com o Prémio ROS Internacional, que cada ano reconhece a trajetória profissional de um empresário, cuja empresa tenha uma grande relevância na região da Extremadura.