user_mobilelogo
  • ESTIMATIVAS NOVO ESTUDO DO OBSERVADOR CETELEM AUTOMÓVEL  - (+0,7% face a 2018)

O setor automóvel de veículos particulares novos cresceu 2,8% em Portugal no último ano, o que significa um total de 228 mil veículos, contra os cerca de 222 mil registados em 2017. Refira-se que em 2016 o valor foi de 207 mil. Entre os 13 países europeus analisados, Portugal registou o sexto maior crescimento, ultrapassado pela Hungria, Polónia, Holanda e Espanha – todos acima dos 7 pontos percentuais – e França, neste caso, com crescimento de 3%. A média de crescimento no total dos países analisados foi de 2,2%.

O Novo Renault Kadjar chega a Portugal mais sedutor e mais completo do que nunca. A nova e alargada gama de motores é uma das maiores novidades, com destaque para a estreia do bloco a gasolina 1.3 TCe, desenvolvido em parceria com a Daimler. Mas os argumentos não se esgotam nas diferentes propostas a gasolina e a diesel, com potências entre os 115 e os 160 cavalos… Mais emocional no exterior e com pormenores que reforçam o convite à evasão, o crossover da Renault também beneficia de um interior renovado e de novos equipamentos tecnológicos. Comercializado com três níveis de equipamento – Zen, Intens e Black Edition -, versões 4x2 e 4X4, o novo Renault Kadjar adapta-se aos mais diferentes perfis de utilização, estando disponível a partir de 27.770€.

  • Resultados de Vendas no ano findo premeiam performance da equipa da Hydraplan.
  • Litocar repete subida ao palco para receber o troféu de Marketing.
  • Madeira Autocar conquista galardão da área de Após Venda.
  • Cardan em destaque no sector do Financiamento.

Foi em Belém, no decurso da primeira Reunião de Concessionários de ano, que a Mazda Motor de Portugal realizou o seu tradicional evento de distinção da performance dos seus Concessionários, premiando o trabalho e os resultados alcançados pelas respectivas equipas de vendas, marketing, após venda e financiamento ao longo do ano de 2018.

As vendas do Grupo Renault atingiram 3,9 milhões de unidades, com um crescimento de 3,2%, incluindo as marcas Jinbei e Huasong. 

  • O Grupo Renault obteve o melhor resultado, em Portugal, desde 1989

Um ano histórico para a Renault, em 2018! Pelo 21º ano consecutivo, liderança da tabela de vendas de veículos de passageiros e de comerciais ligeiros, neste caso, com uma quota recorde de 21,4%. Já o Clio, pelo sexto ano consecutivo, foi o modelo preferido dos portugueses. Mas no balanço de 2018 destaque, igualmente, para a Dacia, que ascendeu ao 13º lugar das marcas mais vendidas em Portugal. Para a marca Renault o ano de 2019 marcará o início da renovação do ciclo de modelos. Um ciclo que se iniciou no final de 2012 com a comercialização da 4ª geração do Clio e que colocou a gama Renault como uma das mais atraentes e competitivas do mercado.

  • Unibat lança inovadora gama Lithium Extra
  • A carga mais leve para todas as motos

Reforçando posição de liderança entre os fabricantes de baterias para motos, a Unibat lançou inovadora gama Lithium Extra, cerca de 75% mais leve e 3 vezes mais durável face às equivalentes baterias convencionais de chumbo e ácido. Equipamento desvendado no Salão de Milão e já disponível em Portugal, com garantia de performances mais elevadas, incluindo a capacidade de arranques fáceis, mesmo perante temperaturas extremamente reduzidas ou em arranques consecutivos.

  • Ofensiva de produto
  • O SEAT Ateca, o Arona e o Tarraco percorrem as ruas de Barcelona, a cidade onde foram criados
  • Os três modelos têm uma personalidade própria, mas partilham o mesmo ADN de design e as mais recentes tecnologias de conectividade e de assistência à condução
  • O SEAT Tarraco, o maior e o último a juntar-se à família, já está à venda

- “O novo SEAT Ateca tem um papel protagonista na nossa nova estratégia da marca. O Ateca deu o tiro de partida para a maior ofensiva de produto na história da SEAT”. Foram estas as palavras do presidente do Comité Executivo da SEAT S.A., Luca de Meo, durante o lançamento do primeiro SUV da SEAT, em junho de 2016. Dois anos e meio depois, as suas intenções são uma realidade e a SEAT conta com uma família de três SUV que partilham o mesmo ADN mas com uma personalidade própria e vincada. Agora, rodam juntos pela primeira vez na cidade que os viu nascer.