user_mobilelogo

Depois da implantação do plano de apoio às entidades sanitárias, hoje, a Renault Portugal concretizou mais uma iniciativa de ajuda à luta contra a pandemia de Covid-19: para apoio logístico, oito viaturas de empréstimo foram entregues ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), bem como foram oferecidos 10.000 kits de proteção para equipar as viaturas que compõem a frota do organismo do Estado.

Comprometido desde sempre com a busca incessante de soluções que garantam uma acrescida economia de utilização e a redução de emissões poluentes, o Grupo Renault aumenta a sua oferta com a introdução de versões Bi-fuel – Gasolina e GPL – nos dois modelos mais bem sucedidos comercialmente: o Novo Clio e o Novo Captur. Com esta nova oferta, a marca Renault propõe a mais vasta panóplia de tecnologias, que passam pelos mais modernos motores a gasolina e diesel, soluções bi-fuel, automóveis 100% elétricos e, ainda, no decorrer deste ano de 2020, de inovadoras soluções de modelos híbridos e híbridos plug-in também nos modelos Clio e Captur, mas igualmente no Mégane Sport Tourer.

A Renault Portugal e a sua Rede de Concessionários*, promovem um conjunto de ações que visam apoiar diretamente quem enfrenta, na linha da frente, a pandemia provocada pelo COVID-19. O plano prevê a oferta integral da manutenção a todas as viaturas das marcas Renault e Dacia ao serviço de entidades sanitárias, bem como o desconto de 50% em todas as restantes operações realizadas na Rede de Concessionários.

  • Em plena crise sanitária da COVID-19, o confinamento forçado é uma oportunidade para atividades de relaxamento e de lazer em casa
  • O engenheiro da SEAT Philipp Klein Herrero é o autor do vídeo do momento: um stop-motion de sucesso que mostra Philipp Klein a esquiar na sua sala de estar
  • Para que as horas de confinamento passem mais rapidamente, os colaboradores da SEAT recomendam cinco passatempos com base na sua profissão
  • Costura, puzzles e escultura são alguns dos exemplos propostos pelos profissionais que fizeram dos seus passatempos uma profissão 

Com a atual situação mundial e o confinamento forçado devido à pandemia do COVID-19, ficar em casa é um desafio diário contra o aborrecimento. O engenheiro mecânico da SEAT, Philipp Klein Herrero, sabe bem disso. Apaixonado por automóveis, esqui e fotografia, no mesmo dia em que foi ordenado o confinamento para todo o país, ele planeava fazer uma viagem de esqui com a sua família, mas cancelou-a para seguir as regras de confinamento: "Eu podia ter entrado naquele autocarro, mas quando vi que a situação estava a ficar cada vez mais difícil, decidi ficar em casa".

  • Primeiro protótipo híbrido em 1968: Kadett Stir-Lec 1;
  • Um marco em 2011: Opel Ampera é o primeiro automóvel elétrico para o dia-a-dia;
  • Frota HydroGen demonstra o potencial da pilha de combustível a partir de 2000;
  • Opel liga-se à eletricidade: Corsa-e e Grandland X PHEV seguem o Ampera.

A Opel alargou recentemente a estratégia de eletrificação dos modelos que está a colocar no mercado, tendo iniciado o processo com o novo Corsa-e e o Grandland X PHEV. A marca alemã anunciou que já em 2024 todos os modelos da sua gama de produtos possuirão uma versão elétrica ou híbrida. Mas, há mais de cinco décadas que a Opel efetua trabalho de pesquisa e desenvolvimento em sistemas de motorização elétrica. Isso faz do fabricante de Rüsselsheim um dos pioneiros da indústria nesta área.

  • O novo SEAT Leon é o primeiro modelo da marca integralmente conectado, capaz de manter os passageiros permanentemente ligados às suas vidas digitais
  • O novo Leon inclui um leque alargado de sistemas de conectividade, incluindo Full Link com Android Auto e CarPlay sem fios, navegação, funções e serviços online e conectividade externa à viatura através da SEAT CONNECT
  • O veículo integra um eSIM e um novo sistema de infotainment de até 10’’
  • O número de funcionalidades do automóvel e dos serviços online serão atualizados ao longo da vida do veículo e à medida que o ecossistema digital se expanda numa melhoria crescente da experiência de utilização de condução

O mundo está a mudar, mais digitalizado do que nunca, ao lidarmos com os sistemas conectados. Esta necessidade de levarmos este mundo digital em crescimento para o veículo foi uma parte vital no desenvolvimento do novo SEAT Leon, o primeiro veículo da marca integralmente conectado.

  • O novo SEAT Leon inclui a escolha por cinco motores com tecnologias distintas pensadas para proporcionar aos clientes a combinação perfeita do automóvel com o motor que satisfaça as suas necessidades específicas: gasolina (TSI), diesel (TDI), mild-hybrid (eTDI), híbrido plug-in (eHybrid) e a gás natural comprimido (TGI)
  • No total, há 11 variações distintas, com um leque de potência entre 90 CV e 204 CV
  • A maioria dos motores poderá ser associada à nova caixa automática DSG, que agora passa a ser comandada com tecnologia shift-by-wire

Desde o seu lançamento, em 1999, o SEAT Leon tem sido um dos pilares da SEAT na introdução de novas tecnologias num segmento especialmente competitivo.