user_mobilelogo

Terminada a renovação da gama com a nova Crafter, a marca acaba o ano com 1790 unidades vendidas.
Após ter introduzido no mercado as novas Caddy e Transporter em 2016, a Volkswagen Veículos Comerciais prosseguiu em 2017 o refrescamento da sua gama com a nova Crafter.

A Audi aumentou as suas vendas em 2017 e estabeleceu um novo valor máximo em Portugal, com um total de 9.614 unidades vendidas Num mercado premium particularmente exigente e competitivo, o excelente resultado de vendas da Audi em 2017 permitiu à sua Rede de Concessionários crescer perto de 6% face a 2016.
Este desempenho assenta na renovação de produto iniciada durante o ano passado, com particular destaque para o SUV compacto Q2, muito bem recebido pelo mercado nacional no seu primeiro ano completo de comercialização, nomeadamente por clientes mais jovens e urbanos.

Uma simples colmeia serviu de inspiração aos engenheiros no desenvolvimento da ‘Prateleira Ninho de Abelha’: um compartimento de carga leve e secreto que pode suportar 100 vezes o seu próprio peso, uma relação peso/resistência mais forte do que o aço.

A Volkswagen terminou o ano de 2017 com 16.473 veículos vendidos, registando um crescimento de vendas na sua Rede de Concessionários.
A Volkswagen termina com uma quota de mercado de 7,4% um ano em que o mercado de ligeiros de passageiros foi muito impulsionado pelo crescimento das vendas a Rent-a-car, que a marca estrategicamente não acompanhou.

  • A Alpine está de regresso com o coupé desportivo A110 Première Edition
  • Fiel ao ADN da Alpine - leve, ágil e oferecendo um enorme prazer de conduzir
  • O modelo de lançamento Première Edition está totalmente reservado
  • O A110 de produção em série será comercializado de seguida

  • O SEAT Ibiza em Ibiza
  • 33 anos separam a primeira geração do SEAT Ibiza da última
  • O design, de linhas vincadas e dinâmicas, é uma das características mais singulares deste ícone
  • Do prestigiado System Porsche ao motor 1.5 TSI, o mais potente e eficiente do segmento

A PEUGEOT voltou a justificar o seu estatuto de referência junto dos consumidores portugueses, que acabam de atribuir-lhe, pelo 5º ano consecutivo, o estatuto de “Escolha do Consumidor” entre um grupo de 15 marcas automóveis. A PEUGEOT foi premiada pelo conjunto dos inquiridos no estudo da responsabilidade do Consumer Choice - Centro de Avaliação da Satisfação do Consumidor, alcançando o melhor índice de satisfação da categoria, de 87,61% (+ 1,88 pontos percentuais face ao alcançado há um ano). Assente na sua estratégia de subida em gama, na qualidade dos modelos que comercializa e na experiência global que propõe aos seus clientes, esta distinção alcançada pelo 5º ano sublinha o sucesso da evolução e da imagem da marca.