user_mobilelogo
  • Tecnologia desenvolvida pela Hyundai aumenta a eficiência na mudança de velocidades em viaturas híbridas e já está disponível para produção em série 
  • Active Shift Control reduz em 30% o tempo de mudança de velocidades , permitindo melhorar a economia de combustível e aumentar o prazer na condução.

A Hyundai desenvolveu a primeira tecnologia Active Shift Control ASC) no mundo. Esta inovação otimiza a eficiência da transmissão ao monitorizar a mudança de  velocidades 500 vezes por segundo, ajustando a velocidade de rotação de transmissão para reduzir o tempo de mudança de velocidades . A tecnologia vai estar disponível no próximo Hyundai Sonata Hybrid e provavelmente já vai beneficiar as próximas viaturas híbridas da Hyundai.

Há um Novo Renault TWINGO na Rede de Concessionários. Um Twingo que faz jus à histórica primeira geração lançada em 1993 e que, por isso mesmo, tem tudo para marcar o ritmo e ser a moda das cidades. Um Twingo que continua a surpreender pelo prazer de condução, mas também pela sofisticação e modernidade, já que para além da significativa mudança de visual, foi alvo de uma renovação na qualidade percecionada. Para além disso e, como não podia deixar de ser, passa a estar disponível com novas opções de personalização e com as últimas inovações de conectividade, graças ao novo sistema Renault EASY CONNECT. O Novo Renault TWINGO é proposto a partir de 11.760€, com duas motorizações a gasolina: SCe 75 e TCe 95, a última também associada à caixa de velocidades automática de dupla embraiagem EDC. 

No ano em que celebra o 25º aniversário, a BMcar reforça a relação de proximidade com os seus mais de 20 mil clientes regulares, através da inauguração de novos espaços e da BMcar Digital. A marca estima atingir um volume de negócios de 120 milhões de euros até ao final do ano. 

  • Coeficiente de apenas 0.29 Cd coloca o novo Corsa no topo da classe;
  • Cortina ativa na grelha, carenagem inferior e ‘spoiler’ traseiro;
  • Aerodinâmica dá contributo decisivo para reduzir consumos e emissões;
  • Estreia mundial do modelo no Salão de Frankfurt, em setembro.

O Opel Corsa foi, desde sempre, líder em inovação. A nova geração do modelo, que tem estreia mundial marcada para setembro no Salão de Frankfurt, não foge à regra. Para além de tecnologia inédita no segmento, como os faróis de matriz de LED, e de uma lista completa de sistemas de assistência à condução, bem superior à de grande parte dos concorrentes nesta classe, o novo Corsa destaca-se também no capítulo da aerodinâmica.

O lançamento do novo motor diesel Blue dCi, com versões de 120 e 150 cavalos, confirma a aposta da Renault em prosseguir o desenvolvimento de motorizações Diesel mais eficientes, mais amigas do ambiente e, simultaneamente, mais potentes, que se adaptam, na perfeição, às gamas Mégane, Scénic, Kadjar e Talisman.

Integrado no evento R.S. Days que decorreu na mítica pista de Spa-Francorchamps, e depois de já ter batido o recorde no Nordschleife em Nürburgring, o novo MÉGANE R.S. TROPHY-R voltou a estabelecer um novo melhor tempo na categoria de carros de produção com tração dianteira, com 2'48''338 (menos 5s do que o recorde anterior).

  • Campeões em título dominam na corrida mais quente do ano
  • Estratégia de pneus foi a chave para a vitória
  • Luzich Ferrari vence em LMGTE e bate a maioria dos protótipos de LMP3

A G-Drive Racing alcançou a vitória na corrida das European Le Mans Series (ELMS) no Circuito de Barcelona-Catalunha. A corrida de quatro horas teve início durante o calor do final da tarde, e terminou já à noite, o que resultou numa descida de 15 ºC da temperatura da pista, com a escolha e a estratégia de pneus a serem fatores decisivos para a vitória. Nas primeiras paragens nas boxes para abastecimento, após 35 minutos de prova, a G-Drive decidiu confiar na durabilidade dos pneus Dunlop ao não trocar para um novo set, e Roman Rusinov bateu os seus dois rivais mais diretos para assumir a liderança. Apesar de competir com um conjunto de pneus Dunlop que tinham completado já mais de uma hora de corrida, com as temperaturas mais altas da temporada até ao momento (41 ºC), o russo era o piloto mais rápido em pista.