user_mobilelogo

Todos os novos modelos da Maserati serão totalmente concebidos, desenvolvidos e construídos em Itália, e adotarão sistemas de propulsão híbridos e totalmente elétricos que proporcionarão toda a inovação e excecionais performances típicas do ADN da marca.

No seguimento do anúncio dos testes das novas motorizações totalmente elétricas, a serem instaladas em futuros modelos da Maserati, são agora apresentados os planos de desenvolvimento e produção para a gama eletrificada da Marca do Tridente.

O programa de eletrificação da Maserati inicia-se este ano, e o primeiro automóvel híbrido a ser fabricado será o novo Maserati Ghibli.

A produção dos novos Maserati GranTurismo e GranCabrio, os primeiros modelos da Marca a adotar soluções 100% elétricas, iniciar-se-á em 2021.

A Maserati decidiu construir o GranTurismo e o GranCabrio no polo de produção de Mirafiori, com um investimento de 800 milhões de euros. A última geração do GranTurismo e do GranCabrio, dois modelos emblemáticos para a Marca do Tridente, totalizou mais de 40 000 unidades vendidas de 2007 a 2019.

Ao longo de 2020, Mirafiori reforçará a sua posição enquanto polo mundial dedicado a eletrificação e à mobilidade do futuro, com grande parte da sua capacidade alocada à produção dos novos automóveis eletrificados da Marca.

Contudo, o coração da Maserati continua a estar sediado em Modena, onde está instalada a sua sede, onde os modelos da sua gama são desenvolvidos e testados, e onde o novo modelo superdesportivo será construído. Para a Maserati, Modena é o local onde têm sido produzidos automóveis extraordinários há mais de 80 anos, todos extraordinários pelo seu luxo, elegância, estilo, performance e qualidade, e os quais são vendidos em mais de 70 mercados.

En 2020, o primeiro dos novos modelos da Maserati fabricados em 2020 será o superdesportivo, repleto de tecnologia e evocativo dos valores tradicionais da Marca. Profundos trabalhos de modernização estão a ser realizados na linha de produção na fábrica de Modena, em parte para acolher a versão elétricado novo modelo superdesportivo. Simultaneamente, já começaram os trabalhos numa linha de pintura, uma adição completamente nova a estas instalações. 

Modena é, também, a sede do Innovation Lab, o coração da pesquisa tecnológica, do desenvolvimento e do design da Marca. É nesta instalação de excelência que todos os atuais e futuros modelos da Maserati são concebidos. Aqui, os processos digitais suportam o desenvolvimento de produto, aplicando a fórmula exclusiva da Maserati que adota uma abordagem integrada para dar prioridade ao fator humano logo desde as fases iniciais: o foco no cliente é incorporado no mundo da simulação virtual com uma exclusiva combinação de hardware-software. Os processos digitais que suportam o desenvolvimento de produto têm lugar em três áreas principais: o Simulador Estático, a nova geração do Simulador Dinâmico com tecnologia DiM (Driver-in-Motion), e os laboratórios para o desenvolvimento da “User eXperience”.

Também a caminho está um novo “veículo utilitário” da Maserati, a ser produzido em Cassino e destinado a desempenhar um papel de primeira importância para a Marca, graças às suas tecnologias inovadoras. Cerca de 800 milhões de euros serão investidos na construção da nova linha de produção, que tem início previsto para o primeiro trimestre de 2020. Espera-se que as primeiras unidades de pré-produção saiam da linha em 2021.

Como é referido por um dos mais recentes e já célebre slogan da Marca, “a música está a mudar”, e tal será ainda mais notório em maio deste ano, quando o passado e o futuro se reunirão para colocar firmemente a Maserati no panorama mundial da mobilidade do futuro.

3ccedf09 f67b 9d96 214e 543f6b88a799