user_mobilelogo
  • Para garantir o sucesso da sua estratégia em matéria de Veículos Comerciais Ligeiros (VCL), o Groupe PSA necessita de capacidade de produção suplementar
  • Convergência dos modelos VCL Opel/Vauxhall nas plataformas do Groupe PSA para otimizar a eficiência
  • Plano de performance para adaptar a fábrica de Gliwice à produção de veículos comerciais

“Esta boa notícia para a fábrica de Gliwice demonstra que o nosso Programa Fábrica de Excelência está a ser implementado em toda a Europa com sinergias e eficiência. A performance industrial será uma ferramenta essencial ao serviço das nossas ambições no mercado de veículos comerciais e permitir-nos-á garantir aos nossos clientes a melhor oferta neste segmento para todas as nossas marcas [1]”, acrescentou Yann Vincent, Diretor Industrial e da Cadeia de Aprovisionamento.

 

“Acolher a produção dos grandes furgões é uma grande etapa para o futuro da fábrica de Gliwice e um importante desafio para se alcançar os mais elevados níveis de eficiência e de qualidade para os clientes profissionais. Ao longo dos próximos anos iremos comprovar a nossa agilidade na adaptação dos nossos processos para a produção deste tipo de veículos, mostrando estar à altura da confiança que é em nós depositada”, acrescentou Andrzej Korpak, Diretor da Fábrica de Gliwice, do Groupe PSA.

Líder europeu no mercado VCL, o Groupe PSA pretende reforçar as suas quotas de mercado neste continente e acelerar o seu desenvolvimento nas restantes regiões.

A fábrica de SevelSud (joint-venture FCA/PSA, situada em Val di Sangro, em Itália) ultrapassou as suas capacidades de produção no decurso dos últimos 3 anos, com a produção dos grandes furgões Peugeot Boxer, Citroën Jumper e Fiat Ducato.

A convergência das marcas Opel/Vauxhall sobre a plataforma dedicada aos grandes furgões requer, agora, uma capacidade de produção adicional. O Groupe PSA decidiu estender a sua presença em Gliwice, na Polónia, para fazer uso pleno do seu savoir-faire e da sua competitividade. A fábrica sofrerá um processo de transformação de modo a acomodar veículos comerciais e será adaptada para a plataforma dedicada aos grandes furgões.

Este investimento visa aumentar a capacidade de produção da fábrica para 100.000 furgões por ano. O aumento das capacidades de produção no segmento dos grandes furgões das marcas Peugeot, Citroën, Opel e Vauxhall irá permitir ao Grupo prestar um melhor serviço aos seus clientes no final de 2021, garantindo uma visibilidade industrial de mais 10 anos ao complexo de Gliwice. 

[1] Peugeot, Citroën, Opel, Vauxhall