user_mobilelogo
  • Elegante e espaçoso, o novo Grandland X destaca-se com proporções ideais;
  • Equipamento completo com modernos sistemas de assistência à condução;
  • Classificação máxima de cinco estrelas nos testes Euro NCAP;
  • Motores eficientes, a gasolina e a gasóleo, que já cumprem a norma Euro 6d-TEMP;
  • Edition e Innovation, com equipamento de série completo;
  • Preços a partir de 29.090 euros (1.2 Turbo) e 32.090 euros (1.5 Turbo D).

O novo Opel Grandland X faz a síntese da elegância e do espírito de aventura, através de linhas dinâmicas, aparência moderna ‘off-road’, posição elevada dos bancos característica de um SUV e conceito de segurança abrangente que valeu a classificação máxima de cinco estrelas Euro NCAP. A par de uma longa lista de tecnologias, o novo Opel oferece habitáculo muito espaçoso e bagageira de grande capacidade. São estes argumentos que fazem do Grandland X uma proposta especialmente competitiva no segmento SUV. O novo Grandland X é o terceiro modelo da linha X da Opel, a par do Opel Mokka X e do Crossland X, e foi concebido para exceder as mais elevadas expetativas.

O Grandland X está equipado com modernos motores que já cumprem a exigente norma de emissões Euro 6d-TEMP e com tecnologias avançadas como o Alerta de Colisão Dianteira Iminente com deteção de peões e Travagem Automática de Emergência, bem como faróis AFL compostos por LED e o ‘Advanced Park Assist’ com câmara 360º. Os bancos dianteiros forrados a couro, certificados pelos especialistas alemães da associação AGR, contribuem, por seu turno, para atingir o máximo conforto.

Outras tecnologias disponíveis no Grandland X são o Alerta de Saída de Faixa, Reconhecimento de Sinais de Trânsito, Programador de Velocidade inteligente, Assistência ao Arranque em Planos Inclinados e infoentretenimento IntelliLink com múltiplas funções, compatível com Apple CarPlay e Android Auto, com ecrãs táteis até oito polegadas. Os telemóveis mais modernos podem receber carga por indução.

Também disponível como opção surge o sistema de som de alta-fidelidade com assinatura Denon, que possui rádio digital DAB+.

Dinâmica avançada

O novo Opel Grandland X é tão dinâmico como parece e garante, acima de tudo, segurança em todas as situações. Do equipamento faz parte um leque alargado de novas tecnologias que prestam muito útil assistência à condução, elevando substancialmente os patamares de conforto e de segurança. São os casos do Alerta de Cansaço do Condutor e do sistema de Programador de Velocidade Automático com função de paragem, que mantém velocidade e distância constante para o veículo da frente e trava (até imobilizar) ou acelera o Grandland X quando necessário. Os padrões referenciais de segurança do novo SUV da Opel foram corroborados pelo Euro NCAP, que lhe atribuiu a classificação máxima de cinco estrelas. O Grandland X teve notas altas em todas as quatro categorias de segurança: proteção de ocupantes adultos, proteção de ocupantes infantis, proteção de peões e sistemas de assistência à condução.

O reconhecido papel de liderança desempenhado pela Opel ao nível da iluminação está, uma vez mais, espelhado em mais um novo modelo. O Grandland X possui faróis dianteiros AFL (Adaptive Forward Lighting) integralmente compostos por LED. Funções como luz de curva, comutação automática médios-máximos e nivelamento automático garantem a melhor iluminação da estrada em todas as situações.

No que diz respeito a motorizações, o novo Opel Grandland X oferece à escolha propulsores que se destacam pelas baixas emissões de CO2 e já cumprem a futura norma Euro 6d-TEMP, o que representa, entre outros, um importante contributo em matéria de pegada ambiental, tributação fiscal e economia de utilização. Estes motores podem ter acoplada uma moderna caixa manual de seis velocidades ou uma muito eficiente caixa automática de oito velocidades.

  • A opção Diesel está a cargo do novo 1.5 Turbo D, que debita 130 cv e entrega o binário máximo de 300 Nm às 1750 rpm, estando disponível com caixa automática de oito velocidades (consumo WLTP convertido para NEDC: urbano 4,5-4,4 l/100 km, extraurbano 4,0-3,9 l/100 km, misto 4,2-4,1 l/100 km, 109-108 g/km CO2) ou caixa manual de seis velocidades (consumo WLTP convertido para NEDC: urbano 4,7-4,7 l/100 km, extraurbano 3,9-3,8 l/100 km, misto 4,2-4,1 l/100 km, 110-108 g/km CO2);
  • O 1.2 Turbo com injeção direta de gasolina, construído em alumínio, debita 130 cv de potência e binário máximo de 230 Nm logo às 1750 rpm. Pode ter caixa manual de seis velocidades (consumo WLTP convertido para NEDC: urbano 6,1-6,1 l/100 km, extraurbano 4,9-4,8 l/100 km, misto 5,3-5,2 l/100 km, 121-120 g/km CO2) ou caixa automática de oito velocidades (consumo WLTP convertido para NEDC: urbano 6,1-6,0 l/100 km, extraurbano 4,9-4,8 l/100 km, misto 5,3-5,2 l/100 km, 121-119 g/km CO2);

Dinâmico, elegante e confortável. Eis um SUV moderno

A elegância das linhas da carroçaria e do habitáculo partem, primeiro que tudo, de proporções certas que tornam este SUV da Opel particularmente atraente. Com 4,477 metros de comprimento, 1,856 m de largura (sem espelhos) e 1,609 m de altura, o Grandland X exibe uma grelha dianteira com duas barras salientes que ‘seguram’ o logótipo da Opel e alargam-se para os faróis para rematar em luzes diurnas LED que dão forma à tradicional assinatura de ‘dupla asa’ da Opel. No capô dianteiro, o também tradicional vinco central é uma expressão da filosofia de ‘design’ da Opel “Arte escultural aliada à precisão alemã”.

No perfil lateral destaca-se a articulação de detalhes musculados de ‘offroad’ com linhas elegantes. Os grandes arcos de rodas e as proteções de carroçaria em plástico, nomeadamente ao nível das embaladeiras, contrastam com linhas e formas bem definidas que identificam este automóvel com os restantes elementos da família de produtos Opel. A carroçaria pode assumir pintura a duas cores, com tejadilho em preto. Um dos pormenores de ‘design’ marcantes do novo Grandland X é o formato do pilar C, criando uma ligação dinâmica entre as secções superior e inferior da carroçaria. Na traseira, o porte largo é acentuado por grupos óticos estreitos, colocados horizontalmente em posição elevada.

A elevada qualidade é transposta igualmente para o interior. O tabliê e a consola central, com um grande ecrã tátil no tipo, formam um conjunto harmonioso que está orientado para o condutor. A consola possui três níveis distintos de comandos, dispostos horizontalmente, para acesso rápido e intuitivo às principais funções de infoentretenimento, climatização e dinâmica.

Os materiais são de qualidade superior, contribuindo decisivamente para o excelente ambiente que se vive a bordo. Condutor e ocupantes sentam-se em bancos em posição elevada, tipicamente SUV, o que facilita entradas e saídas, além de garantir excelente visibilidade para o exterior. O Grandland X pode ser encomendado com um grande tejadilho panorâmico em vidro. Outro importante equipamento de conforto são os bancos ergonómicos certificados pela agência alemã de especialistas AGR. E no inverno torna-se especialmente útil o aquecimento do volante e dos bancos dianteiros e traseiros.

O espaço a bordo ganha com a longa distância entre eixos, que faculta cinco lugares confortáveis e uma grande bagageira com capacidade que vai de 514 a 1652 litros. Neste domínio, o novo SUV da Opel rivaliza com as ‘station wagon’ compactas com as maiores malas. O comando da tampa pode ser elétrico, com sensor de pé para abrir e fechar automaticamente.

Tal como em todos os Opel, o Grandland X está equipado com sistemas avançados de informação e entretenimento Radio R 4.0 IntelliLink e Navi 5.0 IntelliLink, compatíveis com Android Auto e Apple CarPlay. Os telemóveis podem ser recarregados por indução, sem fio. Para os mais exigentes, a Opel desenvolveu, em parceria com a Denon, um conjunto de oito altifalantes e ‘subwoofer’.

O Opel Grandland X em Portugal

O novo Opel Grandland X apresenta-se com dois níveis de equipamento à escolha - Edition e Innovation -, numa gama formada com motores 1.2 Turbo e 1.5 Turbo D, ambos disponíveis com transmissões manual de seis velocidades ou automática de oito velocidades.

Todos os Grandland X têm lista de equipamento de série muito completa, onde se incluem sistema de assistência ao arranque em planos inclinados, travão elétrico de estacionamento, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, sensor de luz, sensores de estacionamento, rádio IntelliLink com ecrã tátil policromático, banco traseiro rebatível assimetricamente, fecho centralizado de portas com comando à distância, quatro vidros elétricos, espelhos retrovisores com comando elétrico e jantes em liga leve, para citar os mais relevantes.

O nível de equipamento Innovation é ainda mais completo e acrescenta sensor de chuva, comutação automática de médios-máximos, rádio NAVI 5.0 IntelliLink com sistema de navegação integrado, ar condicionado de duas zonas com controlo eletrónico, bancos forrados a couro e tecido, vidros traseiros escurecidos, bagageira com piso duplo, câmara traseira, tampa da bagageira de comando elétrico com sensor de pé e sistema ‘Open&Start’ de fechaduras sem chave, entre outros.

Também no Grandland X está refletida a tradição da Opel de oferecer equipamento tecnológico opcional a preços especialmente competitivos, como são os casos, por exemplo, do sistema de carregamento de ‘smartphones’ por indução (150 euros), dos bancos AGR (400 euros para condutor e 700 euros para condutor e passageiro), do tejadilho panorâmico em vidro (700 euros) ou dos sofisticados faróis de LED AFL (1200 euros).

Ainda do lado do equipamento opcional merecem destaque os conjuntos de equipamento, nomeadamente o ‘Pack Safety’, proposto por 500 euros, que oferece os sistemas de Alerta de Cansaço do Condutor, Alerta de Colisão Dianteira Iminente, Travagem Automática de Emergência e Alerta de Saída de Faixa com Correção Ativa.

O novo Opel Grandland X tem versões 1.2 Turbo, a gasolina, a partir de 29.090 euros. As opções a gasóleo, com motor 1.5 Turbo D, surgem a partir de 32.090 euros.

«Do ponto de vista de produto, preços e equipamentos, o nosso Grandland X torna-se, indubitavelmente, numa das propostas mais tentadoras do segmento SUV», afirma Armando Carneiro Gomes, Country Manager da Opel Portugal. «Com o novo regulamento de portagens, que confirma o Grandland X em Classe 1, a Opel tem, finalmente, condições para comercializar uma linha completa de modelos SUV. O Grandland X vem juntar-se ao Mokka X - que estamos a relançar, agora como Classe 1 - e ao recém-lançado Crossland X. São três modelos que constituem a ofensiva SUV da Opel num mercado em contínuo crescimento».

Para assinalar a chegada a Portugal do Grandland X, a Opel promove uma campanha especial de ‘upgrade’ de nível de equipamento (de Edition para Innovation), correspondendo a oferta de equipamento no valor de 2400 euros. A campanha é válida até dia 31 de dezembro de 2018.

Opel Grandland X

Em relance 

  • Estreia: Salão de Frankfurt (IAA) 2017;
  • Lançamento na Europa: outubro de 2017;
  • Lançamento em Portugal: final de 2018 (com a alteração da regulamentação de portagens de janeiro de 2019);
  • Motores: 1.2 Turbo (130 cv), a gasolina, e 1.5 Turbo D (130 cv) a gasóleo;
  • Níveis de equipamento Edition e Innovation, com equipamento de série completo;
  • Preços a partir de 29.090 euros;
  • Posicionamento: o maior SUV da família “X” da Opel, moderno, dinâmico e elegante, com tecnologia da mais recente geração.

‘Design’:

  • Estilo que alia modernidade e elegância;
  • As ‘asas’ formadas pelas barras cromadas horizontais alinham-se com o formato dos faróis para dar à secção dianteira do Grandland uma aparência mais larga;
  • Proteções pronunciadas em plástico sublinham o carácter SUV e robustez;
  • Linha de tejadilho descendente em direção a pilares C de desenho original, que parecem deixar o tejadilho a flutuar;
  • Tabliê e consola central orientados na direção do condutor, com materiais de elevada qualidade ao tato;
  • Grande tejadilho panorâmico em vidro em opção.

Tecnologias, sistemas de assistência e conforto

  • Conceito de segurança exemplar, classificado com a nota máxima de cinco estrelas nos testes Euro NCAP;
  • Inovadores faróis AFL integralmente compostos de LED, com sete modos de funcionamento;
  • Câmara dianteira OpelEye constitui o fulcro de sistemas como o Reconhecimento de Sinais de Trânsito e o Alerta de Saída de Faixa;
  • Programador de Velocidade Automático, com limitador;
  • Alerta de Colisão Dianteira Iminente, com Deteção de Peões e Travagem Autónoma de Emergência;
  • Alerta de Fadiga do Condutor avalia permanentemente o nível de cansaço através do tipo de condução adotado e alerta o condutor quando é necessário efetuar uma pausa de descanso;
  • Alerta de Ângulo Cego recorre a sensores de ultrassons para detetar veículos em torno do automóvel. O aviso é feito através de uma luz amarela colocada em cada retrovisor exterior;
  • Câmara traseira panorâmica 180º ou 360º;
  • Assistência ao Estacionamento consegue identificar espaços de estacionamento paralelos ou perpendiculares e estaciona o veículo automaticamente. O condutor apenas tem de operar os pedais.
  • Sistema ‘Open & Start’ sem fechaduras de portas e ignição;
  • Sistema de aquecimento para volante e bancos dianteiros e traseiros;
  • Bancos dianteiros ergonómicos com o selo de aprovação AGR;
  • Sensor de pé para comando de abertura e fecho elétrico da tampa da mala;
  • Sistemas mais recentes de infoentretenimento IntelliLink são compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto. Ecrã tátil policromático de oito polegadas está colocado no topo da consola central;
  • Recarregamento de telemóveis através de indução.

Motores e transmissões

  • Motores já cumprem futura norma Euro 6d-TEMP;
  • Novo 1.5 turbodiesel de 130 cv e caixa automática de oito velocidades (consumo[1]: urbano 4,5-4,4 l/100 km, extraurbano 4,0-3,9 l/100 km, misto 4,2-4,1 l/100 km, 109-108 g/km CO2) ou caixa manual de seis velocidades (consumo1: urbano 4,7-4,7 l/100 km, extraurbano 3,9-3,8 l/100 km, misto 4,2-4,1 l/100 km, 110-108 g/km CO2)
  • 1.2 Turbo de 130 cv, com injeção direta de gasolina e caixa manual de seis velocidades (consumo1: urbano 6,1-6,1 l/100 km, extraurbano 4,9-4,8 l/100 km, misto 5,3-5,2 l/100 km, 121-120 g/km CO2) ou caixa automática de oito velocidades (consumo1: urbano 6,1-6,0 l/100 km, extraurbano 4,9-4,8 l/100 km, misto 5,3-5,2 l/100 km, 121-119 g/km CO2); 

[1] Valores WLTP convertidos para NEDC para efeitos de comparação

‘Design’

Elegância em estilo SUV

  • Grandland X completa a família X da Opel;
  • Linhas dinâmicas e proporções ideais;
  • Características SUV em harmonia com estilo e funcionalidade;
  • Presença que se faz notar e elevada qualidade.

O Grandland X é um SUV prático, confortável e atraente, ajustado ao estilo de vida dos dias de hoje. O Grandland X faz a síntese da elegância e do espírito de aventura, através de linhas dinâmicas, aparência moderna ‘todo-o-terreno’, posição elevada dos bancos que facilita entradas e saídas, e espaço abundante para cinco passageiros e respetiva bagagem. O modelo da Opel garante condução dinâmica e segura graças a tecnologias avançadas e características sofisticadas, que tornam este novo SUV num produto altamente competitivo. O Grandland X é o mais recente elemento da gama de SUV e ‘crossover’ da marca sedeada em Rüsselsheim, posicionando-se acima do Mokka X e do Crossland X.

Com esta linha completada, a Opel tem argumentos redobrados para ir ao encontro das expetativas de uma vasta base de clientes. O modelo mais pequeno da família X é o Crossland X, apelando a consumidores que procuram um automóvel versátil que alia ‘design’ moderno a características SUV e desembaraço no trânsito citadino. Por seu turno, o Mokka X, ligeiramente maior, apresenta ‘design’ mais musculado, acrescentando maior espírito de aventura e capacidades de todo-o-terreno. Finalmente, o Grandland X é o maior dos três, oferecendo mais espaço e conforto que os outros “X” e representando, igualmente, uma proposta ao nível dos automóveis compactos, juntando-se nesse segmento de mercado aos bem sucedidos modelos Astra e Zafira.

O novo Opel Grandland X é um SUV robusto sob todas as perspetivas. À frente, por cima da proteção inferior, a grelha proeminente ostenta orgulhosamente o logo da Opel, que por sua vez é enquadrado por duas aletas estilizadas que evoluem na direção dos faróis assumindo a forma de barras. O efeito de todo o conjunto, incluindo os faróis estreitos, acentua a largura do automóvel, reforçando a postura dinâmica. No capô do motor surge o tradicional vinco longitudinal, que é uma das assinaturas de ‘design’ da Opel, a par das luzes duplas em forma de asa nos faróis.

De perfil, o novo modelo alia num equilíbrio perfeito os elementos de proteção e linhas elegantes. Os arcos de rodas bem pronunciados no desenho dos guarda-lamas e as proteções laterais inferiores dão ao Grandland X um visual ‘todo-o-terreno’ sofisticado. As linhas bem vincadas e a ‘lâmina’ reinterpretada nos painéis laterais identificam o modelo como parte da família Opel. A opção de ter o tejadilho pintado de cor diferente acrescenta um toque adicional de personalização. A junção do tejadilho com a carroçaria é enfatizada pelo formato muito original dos pilares C, contribuindo para reforçar o caráter elegante e dinâmico deste Opel. Na secção traseira destacam-se os elementos de proteção típicos de um SUV mas é a largura da carroçaria - acentuada pelos faróis afilados e pelo volumoso para-choques - que mais salta à vista, conferindo, uma vez mais, uma postura especialmente dinâmica.

As mesmas características e a mesma qualidade de execução estendem-se ao habitáculo. O painel de instrumentos e a consola central, com um generoso ecrã tátil no topo, estão bem alinhados com o condutor. O sistema IntelliLink, que pode ter navegação integrada, é compatível com Apple CarPlay e Android Auto. A consola está dividida na vertical em três secções distintas para facultar o acesso mais intuitivo às principais funções de infoentretenimento, climatização e chassis. Revestimentos e painéis são de qualidade e com linhas simples, proporcionando aos ocupantes um bem-estar inegável de classe superior. Como seria de esperar, a posição dos bancos é elevada, facilitando entradas e saídas, e oferecendo excelente visibilidade em todos os sentidos. Na nova versão Ultimate, os bancos ergonómicos certificados pela AGR, forrados a couro, são de série.

A longa distância entre eixos de 2675 milímetros permite libertar espaço abundante no habitáculo, que consegue acomodar confortavelmente até cinco ocupantes e respetiva bagagem. A bagageira tem capacidade de 514 litros, aumentando para 1652 litros com os bancos rebatidos. Com esta volumetria, o novo Opel Grandland X pode ombrear até com as ‘station wagon’ mais espaçosas da classe dos automóveis compactos.

O Opel Grandland X é a mais recente entrada da Opel no universo dos SUV. Em apenas dez anos, de 2007 a 2017, este segmento cresceu de sete para 20 por cento de quota no conjunto de todos os veículos novos vendidos na Europa. Com ‘design’ elegante e postura simultaneamente dinâmica, soluções de tecnologia avançada e muito espaço e conforto, o Opel Grandland X apresenta-se como uma solução marcadamente competitiva na faixa dos SUV compactos que não cessa de aumentar.

Motorizações

Eficiência e economia num SUV dinâmico

  • Motores sobrealimentados eficientes que já cumprem a norma Euro 6d-TEMP;
  • Suaves e precisas: caixas manuais e automáticas de seis e oito velocidades;

O elegante e prático Opel Grandland X é tão dinâmico como parece. Acima de tudo, oferece o prazer de condução segura em qualquer estação do ano e em qualquer tipo de piso. Este nível de segurança deve-se, em parte, a numerosos sistemas de assistência à condução.

Do lado da motorização estão unidades sobrealimentadas eficientes, a gasolina e a gasóleo, que já cumprem a futura norma Euro 6d-TEMP. A gama de motores do Grandland X é formada por um Diesel 1.5 Turbo D e um 1.2 Turbo a gasolina. Ambos estão equipados de série com caixa manual de seis velocidades, podendo, em alternativa, receber uma caixa automática de oito velocidades. O sistema Start/Stop é de série.

O novo 1.5 Turbo D debita 130 cv de potência e 300 Nm de binário máximo às 1750 rpm. Tanto com caixa manual como com caixa automática de oito velocidades, este propulsor destaca-se pela eficiência, com consumos médios de 4,2-4,1 l/100 km, em ciclo misto, e emissões de apenas 110-108 g/km CO2 (valores WLTP convertidos para NEDC). O Grandland X 1.5 Turbo D consegue acelerar de zero a 100 km/h em 11,3 segundos e alcançar a velocidade máxima de 195 km/h.

Por seu turno, o 1.2 Turbo de três cilindros, a gasolina, debita 130 cv de potência e 230 Nm de binário máximo logo a partir das 1750 rpm. Este premiado motor construído em alumínio, consegue acelerar o Grandland X de zero a 100 km/h em 10,1 segundos e levá-lo a recuperar de 80 a 120 km/h (em 5ª) em 9,9 segundos. O consumo médio em ciclo misto é de 5,3-5,2 l/100 km e as emissões de 121-119 g/km CO2.

Sistemas de assistência e conectividade

Zelando e conectando

  • Segurança superior com sistemas automáticos como a Travagem de Emergência;
  • Faróis AFL integralmente compostos de LED;
  • Classificação máxima de cinco estrelas Euro NCAP;
  • Informação e entretenimento compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

O novo Opel Grandland X oferece uma combinação única de sistemas de segurança, de conforto, de entretenimento e de conectividade digital. São exemplos o Alerta de Fadiga do Condutor ou a Deteção de Peões com Travagem Autónoma de Emergência[1], a par dos modernos sistemas IntelliLink compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto. Sem esquecer, ainda, os faróis AFL em LED, com várias funções que otimizam a visibilidade à noite, sob diferentes condições meteorológicas. Os faróis AFL são confirmação da liderança da Opel no domínio da iluminação e constituem mais um passo em frente na estratégia da marca de Rüsselsheim de alargar o mais possível, ao maior número de pessoas, o acesso a tecnologia avançada. No conjunto, o conceito integrado de segurança do Opel Grandland X mereceu do Euro NCAP a classificação máxima de cinco estrelas.

Face ao aumento significativo da procura por modelos SUV nos anos mais recentes, o Grandland X foi concebido para ir ao encontro dos desafios da vida urbana, sendo ao mesmo tempo capaz de proporcionar excelentes momentos de descontração quando surge a oportunidade de fazer uma escapadela à praia ou ao campo.

  • Um dos dispositivos de assistência à condução que reforça consideravelmente a segurança no trânsito citadino é o Alerta de Colisão Dianteira Iminente, que integra capacidade de deteção de peões e Travagem Autónoma de Emergência. O sistema recorre à câmara dianteira para identificar automóveis em movimento e estacionados, bem como peões - adultos e crianças. Em situações de risco de colisão, quando a distância para o obstáculo diminui rapidamente e o condutor não reage, surge um alarme sonoro e visual, sendo acionados os travões automaticamente. O sistema funciona de acordo com o tipo de obstáculo e a velocidade a que o Grandland X circula. Obstáculos móveis são detetados entre cinco e 140 km/h; objetos parados são identificados entre cinco e 80 km/h; e os peões são detetados entre cinco e 60 km/h.
  • Ao alerta de colisão iminente surge sempre associado o Alerta de Fadiga do Condutor. Trata-se de um sistema que avalia permanentemente o tempo de duração de condução e a velocidade do automóvel (acima de 65 km/h), fazendo soar um aviso quando o tipo de condução adotado revela padrões associados a cansaço do condutor. O primeiro de três níveis de aviso é emitido quando decorrem duas horas de condução a velocidades superiores a 65 km/h. O alerta é repetido a cada hora se o condutor não fizer uma pausa com motor desligado. O nível é elevado se o sistema detetar padrões de condução perigosa. Neste patamar, depois de três avisos, o alerta sonoro sobe de intensidade. O sistema faz ‘reset’ automático se o automóvel for conduzido durante 15 minutos consecutivos a velocidades inferiores a 65 km/h.
  • Outro contributo muito apreciável para a segurança são os faróis AFL (Adaptive Forward Lighting, Iluminação Dianteira Adaptável) em LED, concebidos para proporcionarem a melhor iluminação sob quaisquer condições. A tecnologia LED permite modificar os padrões dos feixes de luz, ao mesmo tempo que projeta luz de melhor qualidade e mais intensa. Estes faróis AFL possuem sete modos de funcionamento: luz de estrada, luz de autoestrada, luz de cidade/peões, luz de cruzamento, luz de mau tempo, luz de curva e comutação automática de médios-máximos.
  • O Alerta de Ângulo Cego é especialmente útil em condições de tráfego intenso e recorre a sensores de ultrasons para detetar veículos que circulam junto ao Grandland X no campo de visão mais difícil de cobrir com os retrovisores. O aviso ao condutor é feito através de luzes amarelas integradas nos espelhos retrovisores exteriores. Por seu turno, o Alerta de Saída de Faixa emite um aviso sonoro se o automóvel começar a divergir da faixa em que circula, sem reação do condutor.

Dia-a-dia facilitado

  • A câmara dianteira recolhe inúmeras informações que são processadas em tempo real por diversos sistemas, desde o Reconhecimento de Sinais de Trânsito ao Alerta de Saída de Faixa. O reconhecimento de sinais mostra no painel de instrumentos o sinal correspondente ao limite em vigor no troço em que o Grandland X circula. Igualmente útil para evitar excessos de velocidade é o programador de velocidade com limitador, que acrescenta uma sofisticada função de Adaptação Inteligente de Velocidade. Quando é detetada uma alteração na imposição de limite de velocidade, através do reconhecimento de sinais, surge uma pergunta no ecrã do painel de instrumentos se o condutor quer ajustar a velocidade em conformidade.
  • As manobras de estacionamento tornam-se menos exigentes graças à câmara panorâmica traseira, capaz de aumentar para 180º o ângulo de cobertura para trás. Desta forma, o condutor pode detetar tráfego que se aproxima de ambos os lados. Em alternativa, o novo SUV da Opel oferece um sistema de câmaras que assegura visão de 360º. Ainda mais facilitado fica o estacionamento com a mais recente geração de Park Assist, que identifica lugares e estaciona o automóvel automaticamente. Isto é válido para ambas as manobras de entrada e de saída. O condutor tem apenas que operar os pedais.

O conceito de segurança do Opel Grandland X foi confirmado com a classificação máxima de cinco estrelas nos testes de colisão efetuados recentemente pelo Euro NCAP. O consórcio realizou também testes ao sistema de Travagem Automática de Emergência, concluindo que funcionou bem.

As manobras de marcha-atrás e de estacionamento - tarefas inevitáveis e menos aprazíveis da utilização do automóvel - são facilitadas ao máximo no Grandland X.

  • A Câmara Traseira Panorâmica alarga o ângulo de visão para trás até 180º, o que permite ao condutor ver também o tráfego que se aproxima dos lados quando efetua marcha-atrás.
  • Em alternativa, é possível encomendar um sistema 360º que projeta no ecrã do infoentretenimento uma imagem ‘birds’ eye’ de toda a área circundante do automóvel.
  • Para tornar o estacionamento muito mais fácil, o Grandland X pode ser equipado com o sistema Advanced Park Assist, capaz de reconhecer espaços adequados e de proceder à manobra automaticamente. Isto é válido também para a manobra de saída quando o automóvel está estacionado longitudinalmente. Em ambos os casos o condutor necessita apenas de operar os pedais e a alavanca da caixa.
  • Finalmente, algo muito apreciado no inverno: volante e para-brisas com aquecimento representam contributos importantes para o conforto e para a segurança.

Infoentretenimento e conectividade

O novo Grandland X está equipado com os mais recentes aparelhos de informação e entretenimento IntelliLink, numa gama que se inicia com o Radio R 4.0, que inclui áudio, USB, Bluetooth e comandos por voz, até ao completo Navi 5.0 IntelliLink com navegação integrada, que é de série no nível de equipamento Innovation. Ambos possuem ecrã tátil policromático e são plenamente compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto para permitirem a integração de ‘smartphones’. As baterias destes, quando compatíveis, podem ser recarregadas por indução.

[1] Funciona automaticamente a velocidades entre cinco e 140 km/h. Entre cinco e 30 km/h, o sistema consegue produzir uma desaceleração de 0,9g para minimizar o impacto da colisão. Entre 30 e 140 km/h o sistema trava para reduzir a velocidade num máximo de 50 km/h. Após este limite, o condutor precisa de acionar o pedal de travão para reduzir ainda mais a velocidade.

Opel Grandland X 3073