user_mobilelogo
  • Impulso decisivo na estratégia de globalização
  • A SEAT tornar-se-á acionista da empresa criada pelo Volkswagen Group China e a JAC e será a marca líder do Grupo na joint venture
  • A companhia participará de forma ativa na criação de um centro de I+D na China que se dedicará principalmente aos veículos elétricos, à conetividade e ao automóvel autónomo
  • A joint venture lançará uma plataforma competitiva para veículos elétricos
  • O acordo também contempla a introdução da marca SEAT na China

A SEAT chega à China. O Volkswagen Group China e a Anhui Jianghuai Automobile Group Corp., Ltd (JAC), constituintes da joint venture JAC Volkswagen Automotive Co. Ltd, e a SEAT assinaram um acordo com o qual a empresa espanhola se integra na joint venture e se torna a marca líder do Grupo Volkswagen neste projeto. O acordo foi assinado hoje pelo Presidente da SEAT, Luca de Meo; o Presidente da Volkswagen Group China, Dr. Jochem Heizmann; e o presidente de JAC, An Jin, na presença da Chanceler Alemã, Angela Merkel, e do Primeiro-ministro Chinês, Li Keqiang, numa cerimónia celebrada em Berlim.

A assinatura deste acordo marca um ponto de viragem para a SEAT. Desde a criação da joint venture em 2017, a SEAT tem contribuído com o know-how nas áreas de design e de I+D. Com este acordo, a empresa será acionista da JAC Volkswagen, o que implicará a introdução da marca SEAT no mercado chinês, prevista para 2020-2021.

Depois da assinatura do acordo, o Presidente da SEAT, Luca de Meo, disse: “A nossa participação nesta fase da joint venture representa um marco para a SEAT. Hoje é um dia que ficará na história, uma vez que iniciamos uma nova etapa que permitirá globalizar a marca e impulsionar o desenvolvimento do veículo elétrico. A China oferece muitas oportunidades para a SEAT e desenvolveremos soluções de mobilidade de acordo com as necessidades dos clientes. Para nós, é também uma oportunidade podermos acompanhar as tendências de futuro que se estão a desenvolver na China”.

A assinatura deste acordo também supõe que a SEAT, em conjunto com a Volkswagen Group China e a JAC, crie um centro de I+D na China que se dedicará principalmente ao veículo elétrico, à conetividade e ao automóvel autónomo, assim como aos componentes e tecnologias envolvidas, abrindo portas em 2021. Em complemento, a joint venture desenvolverá uma plataforma competitiva para veículos elétricos.

SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell, Barcelona, exportando 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países. Em 2017, a SEAT obteve 281 milhões de euros de lucros depois de impostos e vendeu perto de 470.000 veículos.

O Grupo SEAT emprega 14.700 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica o Ibiza, Leon e Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia.

A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo impulsionarem a inovação do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro.

 JV China 1