user_mobilelogo
  • Mazda acelera electrificação da sua gama para atingir a neutralidade carbónica em 2050
  • Mazda alarga gama de tecnologias avançadas de segurança com a introdução do Mazda Co-Pilot Concept

Caminhando rumo a um futuro neutro em carbono em 2050, a Mazda Motor Corporation anunciou hoje que vai acelerar os seus planos globais de electrificação. A um horizonte de 2030, a Mazda assume que um quarto dos seus produtos irá ser totalmente eléctrico e que todos os restantes modelos se verão de alguma forma electrificados.

Entre 2022 e 2025, a Mazda irá introduzir uma gama de novos produtos utilizando a denominada SKYACTIV Multi-Solution Scalable Architecture, em especial para o Japão, Europa, EUA, China e região ASEAN. A mesma abrangerá cinco modelos híbridos[1], cinco modelos plug-in híbridos e três modelos EV. Pormenores adicionais sobre estes novos produtos e os seus lançamentos nos mercados serão anunciados oportunamente.

A Mazda está também a desenvolver uma plataforma dedicada para veículos eléctricos – SKYACTIV EV Scalable Architecture – que será utilizada para EV de diferentes dimensões e tipos de carroçarias, produtos que serão lançados entre 2025 e 2030.

Redução das emissões de CO2: A Abordagem Multi-Soluções da Mazda

A Mazda continua empenhada em reduzir as emissões de CO2 de cada viatura que produz e acredita que todas as opções disponíveis devem ser usadas de modo a alcançar-se a neutralidade climática. Através da SKYACTIV Multi-Solution Scalable Architecture, o contínuo processo de electrificação irá andar lado a lado com o desenvolvimento da avançada tecnologia inerente aos motores de combustão interna, como por exemplo o multi-premiado bloco e-Skyactiv X e através de novos motores de seis cilindros em linha.

Em muitas regiões, a Mazda está a investir em diferentes projectos e parcerias de modo a promover o desenvolvimento e a utilização de combustíveis renováveis nos automóveis. No Japão, está envolvida em vários projectos de investigação e estudos conjuntos como parte de um processo colaborativo em curso entre a indústria, as cadeias de formação e o Governo, para a promoção da adopção generalizada de biocombustíveis com base no crescimento de microalgas. Na Europa, a Mazda aderiu à eFuel Alliance em Fevereiro último, sendo o primeiro OEM[2] a integrar a aliança. 

Sistemas de segurança avançada feitos para o condutor: Mazda i-Activsense

Os automóveis Mazda são feitos para os condutores. De modo a continuar o seu apoio aos objectivos da indústria para uma sociedade sem acidentes rodoviários, a Mazda anunciou que irá expandir o leque de tecnologias de segurança avançadas com a introdução do seu sistema de condução autónoma centrado no ser humano, denominado Mazda Co-Pilot Concept. Primeiramente e a partir de 2022, irá surgir uma versão Mazda Co-Pilot 1.0, integrada na gama de Grandes Produtos Mazda.

Através do Mazda Co-Pilot Concept, a Mazda irá gradualmente introduzir um sistema que monitoriza constantemente o estado e condições do condutor. Se for detectada uma alteração súbita na condição física do condutor, o sistema alterna para uma condução autónoma, direccionando a viatura para um local seguro, imobilizando-a e realizando uma chamada de emergência.

Juntamente com cinco empresas japonesas de OEM[3], a Mazda irá co-desenvolver especificações de engenharia de série para dispositivos de comunicação de próxima geração in-vehicle, impuslsionando um sistema de comunicação padronizado que permita assegurar serviços conectados mais seguros e relaxantes. 

[1] Excepto modelos mild hybrid, mas incluindo modelos equipados com o Toyota Hybrid System (THS), fornecido pela Toyota

[2] OEM – Original Equipment Manufacturer / Construtor de Equipamentos Originais

[3] Mazda Motor Corporation, Suzuki Motor Corporation, Subaru Corporation, Daihatsu Motor Co., Ltd. and Toyota Motor Corporation