user_mobilelogo

Nem tudo foi mau em 2020. Apesar de um inicio tardio devido à pandemia, a ANPAC conseguiu, com um trabalho exemplar, por de pé os principais campeonatos da velocidade nacional. O objectivo era claro para Tiago Ribeiro: lutar pela vitória do campeonato nacional L2000. As duas vitórias na única jornada dupla em que havia participado em 2019, em Braga, deixava antever que a opção pelo Honda Integra Type R seria uma boa decisão.

Assim foi e após quatro jornadas duplas, duas em Portimão, uma em Braga e a ultima no Estoril, o tão desejado titulo foi conquistado. Apesar de não ter sido um objectivo no inicio da temporada, o piloto assume que mais poderia ter sido feito em termos de classificação L99 dada a competitividade demonstrada pelo piloto e o seu Honda Integra ao longo da época. Os erros de opção de pneus de chuva até à segunda corrida do Estoril prejudicaram definitivamente o desempenho nesta categoria.

Ainda assim, cinco corridas ganhas em oito possíveis em L2000 foi de facto um óptimo registo. O campeonato, disputado num ambiente de grande alegria (apesar das circunstancias), interajuda entre as equipas e respeito pelas normas Covid (de notar que não se conhece qualquer caso de contaminação relacionado com a realização das provas do campeonato nacional de velocidade) contou com a participação de muitos carros novos e bem preparados.

“Este titulo deve-se a uma série de pessoas que trabalharam de forma incansável corrida após corrida: a MartinsSpeed, que apesar de todos os contratempos pessoais sentidos pelo Luis Pedro Martins (figura central neste projecto), conseguiu sempre estar ao mais alto nível com os seus elementos Bruno, Nuno, Pedro, Jorge,  António e Filipe. A Ciberfix e toda a sua estrutura, nomeadamente os seus incansáveis colaboradores. A Quinta da Pitarrela - Turismo - Douro, outra presença assídua na velocidade deste 2016. A todos que ajudaram em pequenos grandes detalhes, como equipas concorrentes, fornecedores e amigos da equipa.” afirma Tiago Ribeiro.  

“Quanto a 2021, vamos ver o que o futuro nos reserva. Caso se repita a participação em Legends com o Honda Integra, o seu nível de preparação terá que evoluir consideravelmente, pois os projectos concorrentes mais próximos têm uma base de trabalho muito mais evoluída que a nossa. No entanto, a confiança no trabalho da MartinsSpeed é inabalável e por isso, caso se repita a participação, será com esta equipa certamente.”

1AA4TM