user_mobilelogo
  • Na próxima temporada, a DS TECHEETAH volta a apostar em António Félix da Costa e Jean-Éric Vergne para defender os seus títulos
  • Após conquistar os campeonatos de Pilotos e de Equipas na passada temporada, a DS Automobiles manteve ambos os títulos em 2019-2020 graças à DS TECHEETAH, a António Félix da Costa e a Jean-Éric Vergne.
  • António Félix da Costa, Campeão em título, e Jean-Éric Vergne, que terminou a temporada em terceiro, registaram novos recordes com os seus DS E-TENSE FE20.
  • Estas vitórias, conquistadas perante o maior conjunto de construtores jamais visto num campeonato FIA, espelham o estatuto de liderança da marca na transição energética, que adicionalmente apresenta as menores taxas de emissões de CO2 na Europa em comparação com as outras marcas com ofertas multienergéticas. 

A DS Automobiles, o primeiro construtor automóvel Premium a envolver-se no Campeonato de Fórmula E, tem vindo a bater recorde após recorde desde que a modalidade 100% elétrica foi aberta aos construtores. Tendo já vencido os campeonatos em 2018-2019 com a DS TECHEETAH e Jean-Éric Vergne, a marca manteve os dois títulos esta temporada com a DS TECHEETAH e António Félix da Costa. Pela primeira vez, estes títulos foram conquistados antes da última ronda do calendário.

A DS Automobiles detém agora o recorde de maior número de títulos consecutivos (2 de Equipas e 2 de Pilotos), o maior número de pole-positions (13) e o maior número de duas primeiras posições na grelha para uma única equipa (2 com a DS TECHEETAH). A DS Automobiles é também é o único construtor com vitórias em E-Prix todos os anos desde 2016.

No final da temporada 2019-2020, com quatro vitórias e nove pódios, cinco pole-positions e três voltas mais rápidas em onze E-Prix, os DS E-TENSE FE20 derrotaram o Nissan IM02, o Mercedes-Benz EQ Silver Arrow 01, o Audi e-tron FE06, o BMW i.FE20, o Jaguar I-Type IV, o Porsche 99X Electric, o Mahindra M6Electro, o PENSKE EV-4 e o NIO FE-005. Nunca uma equipa (+ 77 pontos) e um piloto (+ 71 pontos) terminaram a temporada com tanta vantagem na liderança na competição.

Tornando-se campeão um ano após o título conquistado por Jean-Éric Vergne, António Félix da Costa também marcou diversos recordes, com três pole-positions consecutivas e três vitórias consecutivas numa única temporada, e o primeiro hat-trick (pole position, vitória e volta mais rápida) em Berlim.

Desde 2015 que a DS Automobiles tem vindo a aplicar as suas competências na Fórmula E no desenvolvimento de modelos eletrificados que são reconhecidos como referências nos respetivos segmentos. A sua seleção de tecnologias para motores elétricos, baterias e monitores de energia, bem como o seu sistema de gestão de software, foram integralmente extraídos da sua experiência em competição. O DS 3 CROSSBACK E-TENSE (um modelo 100% elétrico que possui um nível de requinte incomparável num veículo do seu tipo), bem como o DS 7 CROSSBACK E-TENSE 4x4 300 e o DS 7 CROSSBACK E-TENSE 225 (híbridos plug-in com emissões de CO2 a partir de 30 g/km), colocaram já a DS Automobiles no grupo da frente entre as marcas multienergias.

A aplicação de tecnologias elétricas em veículos de estrada gera eficiências significativas, transformando o luxo topo de gama em elevado desempenho... A DS Automobiles continua no caminho da eletrificação com o próximo DS 9 E-TENSE, uma gama de modelos híbridos plug-in capazes de proporcionar até 360 cavalos de potência. Em 2025, todos os novos modelos da marca serão exclusivamente eletrificados.

Béatrice Foucher, CEO da DS Automobiles: “O envolvimento da DS Automobiles na Formula E tem sido um enorme sucesso. Em 2015, o objetivo foi acelerar o desenvolvimento dos nossos modelos eletrificados. Desde o ano passado que a nossa gama conta com versões 100% elétricas ou híbridas plug-in. Estes títulos, conquistados perante uma forte concorrência alemã – entre outros – vão reforçar o nosso estatuto e contribuir para conquistarmos mais quota de mercado. Só tenho a elogiar o excecional desempenho apresentado por esta equipa de campeões, que representam o nosso know-how tecnológico e estratégico.
Parabéns à DS TECHEETAH pela conquista destes dois títulos FIA, e à DS Performance for ter concebido o melhor carro de competição 100% elétrico.”

Na próxima temporada, a DS TECHEETAH volta a apostar em António Félix da Costa e Jean-Éric Vergne para defender os seus títulos.

DS TECHEETAH Winning team 2020