user_mobilelogo

O relatório de Impacto Mediático apresentado pela Cision para o Automobilismo e Karting no primeiro trimestre de 2020 apresenta um valor superior a mais de 3,5 milhões de euros face ao igual período de 2019. Apesar de estarmos com a atividade desportiva suspensa desde o início de março, os valores registados são animadores e mostram o potencial dos nossos campeonatos e do trabalho que tem sido desenvolvido por todos.
Assim, o retorno total do trimestre foi de 14.805.507€ mais 3.552.195€ que em 2019 dividido da seguinte forma por modalidade:

 

  • Ralis 7.775.837€
  • Todo-o-terreno 2.415.747€
  • Montanha 2.028.080€
  • Velocidade 1.296.193€
  • Karting 818.604€
  • Ralicross 258.105€
  • Regularidade 122.434€
  • Drift 90.507€

Trimestralmente, a Cision avalia o impacto de cada disciplina nos vários meios de comunicação, refletindo estes valores, o esforço de todos os envolvidos nas modalidades: pilotos, equipas, marcas, clubes, e também da FPAK, que continuamente tem vindo a estabelecer novas parcerias, que permitem uma maior divulgação do nosso desporto.

Ni Amorim está ciente que estes valores são interessantes, mas vão ter uma quebra brutal nos próximos meses: “Com estes números ficamos a saber que continuamos a evoluir em termos de espaço nos órgãos de comunicação social. Isso é animador pois faz-nos também perceber que a aposta interna em estabelecer novas parcerias dá os seus frutos. No entanto, sem atividade desportiva sabemos que o próximo trimestre vai ser desastroso, mas tentaremos compensar assim que a atividade desportiva retome. O importante é não baixar os braços e continuar a fazer o melhor que podemos e sabemos com as condições que nos são apresentadas".