user_mobilelogo

É a segunda confirmação da NJ Racing para o Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. Nuno Pinto vai voltar a encantar o público com o espetacular Mazda MX5.

Aos 43 anos de idade, o piloto de Peso da Régua entra na sua sétima época.

Iniciou a sua saga como piloto em 2014 e, claro, na “sua” Rampa de Santa Marta. A carreira pode ser ainda curta, mas já foi mais do que suficiente para lhe granjear um lugar entre os pilotos carismáticos do CPM JC Group, mercê da sua forma de estar dentro e fora do carro. Também não é alheiro ao seu “lugar ao sol” a paixão que o seu Mazda MX5 provoca no público, a cada passagem nas rampas, inebriados com o “roncar” do motor e as linhas agressivas do carro nipónico.

O amor aos automóveis apareceu cedo, até porque as influências vieram dos laços de amizade.

Nuno Pinto recorda que “a minha amizade com os irmãos Nuno e João Guimarães vem desde os seis anos de idade e, obviamente, em conjunto fomos desenvolvendo uma enorme paixão pelos automóveis. Também desde os meus 15 anos, fui colaborando na organização de provas, tendo começado no Targa Clube, como fiscal de pista, comissário e membro das direções de prova, tendo mesmo sido diretor adjunto de um evento”.

Daí, deu o salto para a condição de “patrocinador do Nuno e do João e não tardou muito até eles me desafiarem a saltar para trás do volante e aqui estou!”.

Depois de uma época de 2019 que considera ter sido “positiva e com bons resultados, mas afetada por uma lesão que me afastou mesmo de algumas corridas”. Pela positiva, destaca a maior adaptação ao Mazda, sentindo-se “mais confortável com o carro. Destaco o meu duelo com um adversário muito especial, o meu colega de equipa e amigo João Guimarães. Estivemos sempre taco a taco na discussão dos lugares e isso é o que de melhor pode acontecer nas corridas”.

Quanto a objetivos para 2020, o piloto quer “continuar a evoluir e conseguir superar os meus resultados da época transata. Mas o principal é estar com a minha equipa, família, com os meus amigos e divertir-me em cada fim de semana de competição.”

Nuno Pinto e o Maxda MX5. Uma dupla inseparável desde o primeiro quilómetro de competição do piloto-arquiteto. E assim vai continuar a ser no Campeonato de Portugal de Montanha JC Group 2020, defendendo as cores da NJ Racing. Vamos voltar a ouvir soar o “rugido” do motor feito no país do sol nascente.

O Campeonato de Portugal de Montanha JC Group arranca já a 7 e 8 de março, com a Rampa Porca de Murça, organizada pelo CAMI.

049 l