user_mobilelogo

Vitima de um acidente no decorrer da sétima etapa do Dakar 2020 - que se está a realizar na Arábia Saudita - Paulo Gonçalves não resistiu aos ferimentos resultantes da mesma e faleceu depois de transportado para o hospital de Layla.

Campeão do mundo Cross-Country e Rallyes em 2013 Paulo Gonçalves foi também segundo no Dakar em 2015, uma das quatro vezes em que terminou o Dakar entre os dez primeiros, ele que se estreou na prova em 2006 e era dos poucos a competir na prova num terceiro continente distinto. 

'Infelizmente perdemos hoje um dos nossos melhores pilotos e, acima de tudo, um excelente Homem.
Apresento as minhas sentidas condolências e solidariedade à mulher, filhos, restante família e amigos do Paulo.
O Paulo deixa-nos uma profunda saudade mas também o maior exemplo de um piloto de excelência, com o maior número de títulos de campeão nacional e internacional, em várias modalidades do motociclismo, e com o respeito e admiração de todos que tiveram o privilégio de o conhecer.
Até sempre Paulo, e muito obrigado pela tua amizade e pela tua paixão pelo motociclismo!'

Palavras de Manuel Marinheiro, Presidente da Federação de Motociclismo de Portugal acerca daquele que é o piloto português com mais títulos nacionais e internacionais, numa carreira iniciada no motocross e que passou também pelo enduro e TT.

pg