user_mobilelogo
A penúltima prova da temporada do Campeonato de Portugal de Ralis, Armindo Araújo não conseguiu alcançar os objectivos a que se propôs para Rali Vidreiro, mas apesar da quinta posição conquistada, parte para a derradeira prova do calendário com hipóteses de lutar pela revalidação do título.
.
Num rali onde começou por colocar o seu Hyundai i20 R5 como o mais rápido na prova de qualificação, o piloto de Santo Tirso acabou por não conseguir impor-se durante os oito especiais da prova organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande. “Tivemos um bom início de rali e estávamos muito confiantes, mas a verdade é que as condições entre a qualificação e as primeiras especiais alteraram-se significativamente e aí não conseguimos ser competitivos. Tentamos encontrar o melhor compromisso ao longo da prova, mas isso não teve efeitos em termos de resultado final”, começou por dizer Armindo Araújo.
Para a derradeira prova da temporada, o Rali Casinos do Algarve, o piloto do Team Hyundai Portugal ainda parte com possibilidades de revalidar o título de Campeão Nacional, fazendo parte do lote de quatro pilotos que irão discutir entre si as contas finais. “Sabemos que após este resultado partimos com uma tarefa muito difícil e não dependemos apenas de nós para conseguir o grande objectivo de conquistar o título. Penso que o campeão de 2019 só será encontrado na última especial do rali e vamos lutar até ao último quilómetro”, prometeu o pentacampeão,
O Rali Casinos do Algarve, a última prova do Campeonato de Portugal de Ralis será disputada entre os dias 31 de Outubro e 2 de Novembro.
71489910 10162431373145597 8550140023490478080 n