user_mobilelogo

A dupla portuguesa do Cadillac DPi-V.R da Mustang Sampling Racing, João Barbosa e Filipe Albuquerque de tudo fizeram para conseguir no circuito citadino de Detroit um resultado de destaque. No entanto, tiveram de se contentar com o sexto lugar depois de uma série de contratempos ao longo da corrida.

A sair da quinta posição da grelha, coube a João Barbosa efectuar o arranque: “O nosso primeiro ‘stint’ correu bem. No início não tínhamos a aderência necessária mas foi melhorando com o decorrer da prova. Tentei recuperar alguns lugares durante o tempo que estive ao volante mas, a situação de bandeiras amarelas, colocou-nos a todos em circunstâncias de igualdade e retirou-nos a margem que tínhamos ganho”, começou por referir João Barbosa que entregou de seguida o carro a Filipe.

Albuquerque assumiu a liderança da prova à 34ª volta quando todos os seus adversários pararam nas boxes em situação de bandeira verde. No entanto, quando o piloto português fez a sua paragem, as coisas não correram como esperado: "Estava tão ansioso por conseguir passar os meus adversários nas boxes que acabei por deixar o carro ir abaixo e perdemos muito tempo. Não foi definitivamente o meu dia. Cometi um erro e pagámos caro”, disse.

O regresso à pista aconteceu na nona posição e Filipe de tudo fez para recuperar lugares, mas numa corrida tão curta só foi possível chegar a sexto: “Lamento o que aconteceu pois todos na equipa deram o seu melhor. Não há nada que possa fazer agora a não ser fazer melhor na próxima corrida”, concluiu.

E a próxima jornada acontece e 30 de Junho em Watkings Glen.

barbosa