user_mobilelogo

Valongo é uma espécie de oásis na Área Metropolitana do Porto e assume-se como a capital do desporto outdoor. Dispõe de um Centro de BTT, Centro de Trail Running e percurso equestres.   Também ao nível do desporto motorizado, como o trial e o enduro, estão criadas as condições para uma prática segura nestas belíssimas serras.

É por isso natural que, ano após ano, o concelho seja escolhido para o arranque do Campeonato Portugal de Trial 4x4.

Cláudio Ferreira chega campeão e sai na frente

Depois de 3 horas verdadeiramente duras levou a melhor o campeão absoluto da modalidade. Cláudio Ferreira (auto Higino) chegou a Valongo com a vantagem do seu lado e confirmou o favoritismo. Liderou desde cedo e com 11 voltas venceu na classe Super Proto e em termos Absolutos. Naturalmente Cláudio Ferreira e João Lucas são os líderes da classe Absoluto e da Super Proto com 25 pontos.

Na segunda posição da Super Proto, a 1 volta do líder, ficou Laurindo Mendonça (Sem Stress) Foi a primeira vez do madeirense na dura pista de Valongo e para a posteridade ficam boas recordações. Uma pista muito dura e 2 pódios: foi 2.º na classe Super Proto e 3.º em termos Absolutos.

Outro madeirense completa o pódio da classe Super Proto. Depois de muitas modificações este foi o primeiro teste para o Crawler Jimny 4x4 de Sérgio Ferreira (Full Stress), que vai fazer todo o CPT4x4 2019.

De navegador a piloto

Na classe Proto, Marcelo Lopes (Team Lucrofusão) chegou, viu e venceu. Depois de um ano de ausência do campeonato, o ex-navegador chegou a Valongo acompanhado pelo experiente Miguel Costa e deu muita luta ao campeão, somando ao ouro da Proto a prata termos Absolutos. Saem de Valongo com os 25 pontos da vitória e 1 ponto extra pela vitória no prólogo. Lideram por isso a classe Proto com 26 pontos.

Rui Rocha (Team RJ69) também está de regresso à competição. O piloto de Arouca teve um dia muito agitado com um capotanço no prólogo e vários problemas mecânicos durante a resistência. Mesmo assim completou 9 voltas à pista e conseguiu o segundo lugar da classe Proto.

Bruno Fernandes (Team JMF) completa o pódio em Proto. Depois de ter sido operado a um joelho há apenas 6 semanas o piloto correu algo condicionado. Ainda assim terminou com as mesmas voltas do segundo classificado, mas gastou mais 4 minutos e 33 segundos.

Classe Extreme dominada por famílias

Carlos Gomes (Team Rafael e Gomes) estreou-se no Campeonato Portugal de Trial 4x4 e não podia pedir melhor para o arranque. Em dia de aniversário, e acompanhado pelo filho, venceu a classe Extreme.

Na segunda posição ficou Miguel Abreu (MCP Team), também acompanhado pelo filho. A equipa completou 4 voltas com o Jeep Wrangler.

Destaque para a participação da equipa 169, com Lígia Romão (GSTeam) aos comandos de um BMW e navegada pelo companheiro Luís Silva.

Promoção anima espetáculo

 A presença de veículos menos preparados também já habitual na competição... no total foram 9 as equipas presentes do Campeonato Portugal Promoção Trial 4x4.

Na Promoção o bicampeão de 2016 e 2017, João Fernandes (Jovi Team), voltou à competição e mostrou que ainda não perdeu o jeito. Venceu com uma enorme vantagem e mostrou já à partida deste campeonato que veio para ganhar.

Destaque ainda para as vitórias de Carlos Martins e João Pinto (Reciclopeças Team) na classe UTV/Buggy e da dupla Tiago Costa e Rodrigo Pinto (Super Print) em FUN.

A segunda prova do Campeonato Portugal de Trial 4x4 é já no fim de semana de 6 e 7 de abril, no Crato.

Créditos da fotografia: GoAgency

vencedor valongo