user_mobilelogo
  • Percurso vai ser desvendado no dia em que abrem as inscrições

Ponto de partida para a grande aventura de 2019, a apresentação oficial do 21.º Portugal de Lés-a-Lés terá lugar no Grande Hotel da Figueira da Foz (Hotel Mercure) no dia 24 de fevereiro, domingo, a partir das 15 horas. Momento para descobrir as cidades que acolherão a partida e chegada de cada uma das três etapas, bem como boa parte do percurso de edição que será marcada pelo regresso ao litoral. Oportunidade também para garantir, desde logo, um lugar na enorme caravana com a inscrição no evento organizado pela Federação de Motociclismo de Portugal, que, de 9 a 12 de junho, vai atravessar o País, com partida de Felgueiras rumo ao Algarve.

Pelotão que, para garantir a elevada qualidade e segurança do evento, estará limitado a dois mil participantes pelo que será importante a inscrição atempada, seja no dia da apresentação, na Figueira da Foz, assegurando aí um lugar na dianteira do animado pelotão, como a partir do dia 1 de março no site da FMP (www.fmp.pt) ou presencialmente na sede da federação, sita no Largo Vitorino Damásio 3C Pavilhão 1, 1200-871 LISBOA, entre as 10 e as 17 horas de segunda a sexta-feira. Inscrições abertas até 26 de maio e cujo valor será idêntico ao da edição de 2018, de 200 euros já incluindo uma anuidade (25 €) do Cartão de Motociclista, indispensável para a participação, enquanto os sócios dos motoclubes federados pagarão 195 € e para aqueles que tiverem o cartão válido à data do evento o custo de inscrição é de 175 €. Cartão que, sublinhe-se, entre muitas outras vantagens, garante descontos em combustíveis e um seguro com diversos benefícios, feito bem à medida das necessidades dos motociclistas.

Do percurso costeiro do 21.º Portugal de Lés-a-Lés, além da confirmação de Felgueiras como ponto de partida, depois de em 2018 ter acolhido a chegada com grande festa, e da passagem pelos concelhos de Vila Verde e Esposende, fica a notícia, em primeira mão, do final da 1.ª etapa na Figueira da Foz. Será a primeira vez que o Lés-a-Lés tem um final de etapa junto à foz do Mondego, com passagem pela belíssima praia de Quiaios e vistas sobre a serra da Boa Viagem. Oportunidade ímpar para descobrir a belíssima costa portuguesa, com garantia de muitas surpresas pelas mais pitorescas estradas nacionais e municipais e sempre afastados das autoestradas, SCUT’s, IP´s ou IC’s.

Aroma a maresia vai acompanhar aventureiros no Lés a Lés 2019