user_mobilelogo

Serão 8 os guerreiros que a Vettra Motorsport vai ter a competir este fim-de-semana na mítica Rampa da Falperra.

Além dos habituais Augusto Vasconcelos, em Ford Escort, José Correia, em Nissan GT-R GT3 e Mário Mesquita, em Datsun SSS, juntam-se Manuel Pereira, em Mitsubishi Lancer EVO VI, Rui Dinis, em Seat Leon MK3, Sónia Pereira, em Mitsubishi Lancer EVO VII, Valter Dinis, em Alfa Romeo 156 e Victor Ramos, em Ford Escort.

Em 2016, o Jornal de Notícias apelidou Luís Borges como o “O rei das assistências”, dado o número de pilotos e automóveis que compunham a Vettra Motorsport. Para 2017 esse número foi reduzido para “apenas” 8 automóveis e Luís Borges explica que “ toda a gente quer vir à Falperra, é a prova mais desafiante do campeonato e, por isso, temos pilotos que só fazem esta prova” e conta que a redução se deve a “querermos dar mais atenção e condições a cada um deles. Poderíamos ter mais carros mas isso não vai ao encontro do serviço de qualidade que pretendemos para os nossos pilotos”.

A Rampa da Falperra é das provas de aumobilismo com mais mística a nível nacional e das que atrai mais público. É, igualmente, uma prova de sonho para as gentes do Minho que, em romaria, se deslocam ao Santuário.

O Tempo Record Rampa Falperra é de 1m49.364, obtido por Simone Faggioli em 2015. Muitos pilotos vão tentar bater este tempo e o público está sedento de espectáculo.

IMG 0800