user_mobilelogo

Depois de uma temporada bem-sucedida no Troféu Ibérico reservado aos Renault Clio R3T, que culminou com o título de vice-campeão, Aloísio Monteiro vai, em 2018, dar mais um salto na carreira participando no FIA European Rally Championship (ERC).

Mantendo a parceria com a ARC Sport, o portuense volta a apostar forte na internacionalização da sua carreira garantindo desde já a participação em seis das oito provas do Campeonato Europeu de Ralis. Esta decisão tem como principal fundamento a vontade do piloto de melhorar as suas capacidades e dar um retorno mais efetivo aos seus parceiros. “O progresso e evolução a que temos assistido dos pilotos que apostam no ERC é incrível, prova disso são os recentes sucessos do Diogo Gago e do Bruno Magalhães. Essa aprendizagem fascina-me e o meu objetivo é sempre o de melhorar enquanto piloto de Ralis. Em Portugal tal aprendizagem não é possível, uma vez que não há um regulamento adequado nem um controlo rigoroso de algumas regras que só beneficiariam os ralis”, destaca Aloísio Monteiro, acrescentando que “o facto de realizar provas em diferentes países trará um melhor retorno aos meus patrocinadores que possuem negócios em todo o mundo e não apenas focados na Península Ibérica.”

Depois de na temporada anterior ter sido navegado por Sancho Eiró, Aloísio Monteiro passará a ser navegado por André Couceiro, atual Campeão Nacional de Ralis RC5 – Navegadores. “O Sancho Eiró é um dos melhores navegadores portugueses da atualidade e a vontade da equipa era a de manter a fórmula de sucesso. Contudo, em 2018, o Sancho já tinha aceitado dois projetos que lhe vão ocupar muito tempo e tivemos de compreender a sua decisão que se prendeu por motivos familiares e profissionais”, começou por clarificar o portuense, antes de explicar as decisões que o levaram a escolher André Couceiro: “A escolha do André para meu navegador vai ao encontro do trabalho que tem de ser feito para se chegar ao nível que pretendo em provas internacionais. Quero um navegador que entenda que o processo de apenas duas passagens por PEC obriga a alguma dedicação e a uma metodologia de trabalho diferente. Tenho a certeza que o André tem essas caraterísticas, o que me ajudará a ser mais rápido em prova. Este ano partimos para este projeto sem nada a provar e estou certo que vamos trabalhar e aprender muitas coisas que permitirão que esta parceria dure muitos e longos anos.”

Aloísio Monteiro iniciará a sua temporada na primeira prova do campeonato, o Azores Airlines Rallye, que terá lugar entre os dias 22 e 24 de março. Garantida desde já está ainda a participação no Rally Islas Canarias entre os dias 3 e 5 de maio. A viatura com que competirá no European Rally Championship, bem como as restantes provas em que irá participar, serão reveladas brevemente.

CI 01 2018 AloisioMonteiro2 driverphoto