user_mobilelogo

Fábio Mota iniciará em 2018 um novo capítulo da sua carreira, ao disputar a Peugeot 308 Racing Cup, competição que tem o seu raio de acção predominante em França, mas que visitará igualmente a Espanha e a Bélgica.

O português tem vindo a construir um currículo sólido nas corridas de carros de Turismo ao nível europeu desde 2014, com o seu ingresso na Clio Cup Espãna, para nos dois últimos anos ter sido um dos protagonistas da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo – ETCC, onde obteve pódios no extraordinário circuito de Nurburgring – Nordschleife.

Depois do desaparecimento do campeonato de índole europeu onde militou em 2016 e 2017, Fábio Mota, face as opções que detinha, acabou por aceitar a proposta para disputar a Peugeot 308 Racing Cup esta temporada, uma competição que nos últimos anos tem mostrado um pelotão aguerrido e extremamente competitivo com a chancela de um grande construtor, o que seduziu o piloto de Vila Nova de Gaia. “2018 será um grande desafio para mim, não só por marcar o meu regresso a uma prestigiada competição europeia de um fabricante automóvel, como a 308 Racing Cup, mas também pela descoberta da marca Peugeot no desporto automóvel. Ao longo destes anos tive a oportunidade de correr com vários construtores, mas nunca com o do Leão, o que irá representar uma motivação extra”, começou por dizer o português.

Para além de um ambiente diferente, com circuito desconhecidos para si, o vencedor da Iberian Supercars Trophy na Categoria GT4 de 2012 terá também equipa e carro novos, estando consciente de que a sua tarefa para a sua estreia na Peugeot 308 Racing Cup não será fácil. “Tenho como objetivo evoluir ao máximo nas primeiras provas. Irei correr em alguns circuitos novos para mim, mas conto com a ajuda da equipa para me ambientar rapidamente ao carro e à Peugeot 308 Racing Cup. A grelha estará recheada de pilotos muito fortes, alguns que estiveram no ano passado nesta competição, outros que como eu, após a extinção de alguns campeonatos, encontraram neste certame, a ferramenta para manterem as suas carreiras internacionais”, afirmou o português, que acrescentou: “A escolha da JSB Compétition acabou por surgir com naturalidade. Uma equipa jovem, trabalhadora e ao mesmo tempo com muitos sucessos, sendo a atual detentora do título de pilotos”.

Apesar de todas as novidades, Fábio Mota está determinado em, uma vez mais, cimentar o seu valor num palco europeu. “Estou motivado e consciente que este será um ano de muito empenho desportivo e pessoal para conseguir cimentar a minha posição no automobilismo europeu. Espera-se uma grelha entre vinte a vinte e cinco carros, o que me deixa contente, pois as diferenças serão mínimas e teremos muito equilíbrio e espectáculo à mistura", concluiu entusiasmado o piloto de Vila Nova de Gaia.

A temporada da Peugeot 308 Racing Cup inicia-se no início de Abril em Nogaro, terminado a 14 de Outubro em Paul Ricard, após cinco etapas em que visitará Spa-Francorchamps e o Circuit de Barcelona – Catalunya.

NOGARO 30 de Março – 02 de Abril

SPA-FRANCORCHAMPS 01 - 03 de Junho

DIJON 13 – 15 de Julho

MAGNY-COURS 07 – 09 de Setembro

BARCELONA 28 – 30 de Setembro

PAUL RICARD 12 – 14 de Outubro

FMota FT 18001