user_mobilelogo
O ano 2018 ainda agora começou e a agitação normal da vida de um piloto profissional não tem descanso. Depois de mais de 160 voos ao longo do ano 2017, António Félix da Costa não descansa e inicia amanhã um mês "non stop", com três dias de testes de preparação para as 24 Horas de Daytona, seguindo depois directamente para a corrida de Marraqueche da Formula E, voltando depois a passar o Atlântico para participar nas míticas 24 Horas de Daytona.
Num convite de última hora, a Jackie Chan DC Racing desafiou Félix da Costa para ser um dos titulares de um dos Oreca 07 LMP2 da equipa de Jackie Chan, que competirá na categoria principal - Protoype, tendo como companheiros de equipa o Chinês Ho-Pin Tung, o Inglês Alex Brundle e o Austríaco Ferdinand Hatsburg. Conforme sucede todos os anos, amanhã, Sábado e Domingo tem lugar os três dias oficiais de testes, que servem como o ensaio final antes das grande corrida "Rolex 24 at Daytona" no fim-de-semana de 27 e 28 de Janeiro. Para António Félix da Costa trata-se de uma estreia absoluta nesta carismática prova, num ano onde o nível de pilotos e de competitividade subiu ainda mais em relação ao que já é normal. Na lista de inscritos constam grandes nomes tais como Fernando Alonso, Christian Fittipaldi (que faz equipa com os lusos João Barbosa e Filipe Albuquerque), Juan Pablo Montoya, Lance Stroll, Paul di Resta, Lando Norris, Felix Rosenqvist, Daniel Juncadella, Rene Rast, entre tantos outros nomes fortes do automobilismo Internacional. 
 
Antes de partir para terras do Tio Sam, AFC afirmou estar "muito motivado com este desafio, talvez um dos maiores da minha carreira. Carro novo, pista desconhecida e uma realidade totalmente diferente para mim. Estes três dias de testes são muito importantes para me adaptar ao Oreca LMP2 e também à pista, que é também uma novidade para mim. O nível competitivo das 24 Horas de Daytona é fortíssimo, é um sonho para mim estar presente nesta corrida que tem um carisma único no automobilismo Mundial. Nestes testes como equipa temos de fazer um bom trabalho e preparar da melhor forma o grande embate dos dias 27 e 28", referiu o piloto de 26 anos que estará ao volante de um dos 20 carros da categoria Prototype, além dos 9 da categoria GTLM e 21 da GTD, num total de 50 carros inscritos.
 
Estes três dias de testes estão organizados por curtas sessões 15 a 40 minutos cada, onde todos os pilotos das equipas terão a oportunidade de rodar no circuito de Daytona International Speedway, um combinado de 5.73 km, que utiliza partes do tri-oval da Nascar e um traçado misto interno.
As 24 Horas de Daytona são realizadas desde 1962 e disputadas entre o final de Janeiro e o início de Fevereiro. Desde 2006 a prova foi antecipada em uma semana devido ao adiamento do Super Bowl também por uma semana, que tinha acontecido alguns anos antes. 
 
Mais informações:

www.daytonainternationalspeedway.com

AFC pre Daytona