user_mobilelogo

Terminou em Sever do Vouga, no Circuito do Alto do Roçário, a temporada de Ralicross 2017. Terminou com a Taça de Portugal e com mais uma vitória de Sérgio Dias.

O piloto de Lousada, venceu duas das três corridas de qualificação e, dessa forma, conquistou a pole-position para a final.

Depois, até parecia fácil. Dominou a última corrida, a que dava a vitória na Taça, pois nem na sua passagem pela Joker lap, perdeu a liderança. Venceu, conquistou a Taça de Portugal na sua categoria, a Super A1.6. Junta ao Campeonato, mais este troféu.

De realçar que foi o primeiro ano da Taça nesta categoria, tal como aconteceu com o Campeonato. Foram, por isso, duas vitórias em ano de estreia das competições, o que certamente ficará para a história da modalidade. Um pouco como aconteceu na temporada passada, com a vitória na Taça da Super Nacional.

Esta vitória é o culminar de uma temporada de sonho, pois conquistou tudo o que havia para conquistar.

“Estou muito feliz, muito satisfeito, com mais esta vitória. Não foi fácil, pois a concorrência é muita e forte. Tenho de agradecer à minha equipa, à minha família que sempre me apoiou, pois sem eles não teria conseguido nada”, palavras bem sentidas, de Sérgio Dias, em Sever do Vouga, pouco depois de descer do lugar mais alto do pódio.

s dias2